Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

Lula pode definir a qualquer momento sobre futuro de Battisti

31 de dezembro de 2010

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode decidir a qualquer momento de hoje (31) entre conceder asilo ou autorizar a extradição do ex-ativista italiano Cesare Battisti. A expectativa, de acordo com assessores, é que Lula mantenha o italiano no Brasil seguindo recomendação da Advocacia-Geral da União (AGU). O tema divide opiniões entre especialistas no Brasil e na Itália. Mas Lula negou o temor por uma eventual ameaça nas relações bilaterais.

Ontem (30), durante evento de entrega de casas do programa Minha Casa, Minha Vida, em Salvador, o presidente prometeu que nesta sexta-feira, último dia de seu mandato, definirá a questão. O assunto aguarda definição há sete meses, desde que o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a extradição. No entanto, a decisão ainda será determinada pela Suprema Corte, depois do período de recesso no Judiciário.

Para a defesa de Battisti, a tendência é de Lula manter a “tradição humanista” adotada no país. Segundo a defesa do ex-ativista, é fundamental relembrar que os fatos ocorreram há mais de 30 anos e Battisti sempre negou participação. “A defesa de Cesare Battisti continua a aguardar, com confiança e serenidade, a decisão do presidente Lula”, afirmou o advogado Luís Roberto Barroso, que defende o ativista italiano.

“Nunca é demais lembrar que, além da reiterada afirmação de inocência por parte de Cesare Battisti já se passaram mais de 30 anos dos fatos relevantes.”

Para o presidente Lula, não há riscos de mal-estar entre Brasil e Itália ou ações de represália do governo e da Justiça italianos em decorrência de uma eventual decisão brasileira. “O Brasil é soberano. Não temo represália da Itália. Quem vai fazer represália ao Brasil? Não existe represália. Cada um [país] faz o que quiser, e sempre respeitaremos uma decisão soberana de outro país”, afirmou ele.

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a extradição de Battisti, que responde a processos na Itália – envolvendo quatro homicídios atribuídos ao grupo terrorista que integrava – e está preso no Brasil desde 2007. Porém, o caso foi remetido pela Corte Suprema para o presidente da República. Na Itália, Battisti foi condenado à prisão perpétua. O país defende a extradição de Battisti para que ele cumpra a pena na Itália.

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
16/10/2019 - Senadora Soraya Thronicke é considerada a melhor parlamentar de MS16/10/2019 - GERAL - Santuário de Elefantes de MT se prepara para receber nova hóspede16/10/2019 - POLÍTICA - Indenização por desastre com barragens não é renda, define projeto16/10/2019 - GERAL - Petrobras retira mais de 200 toneladas de resíduo oleoso de praias16/10/2019 - Estado - Bancada federal de MS define onde serão aplicados os R$ 247,6 milhões em emendas para 202016/10/2019 - GERAL - Operação aplicou quase R$ 100 milhões em multas na Amazônia16/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261416/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261216/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261016/10/2019 - Estado - Concurso da UEMS: Inscrições vão até 25 de outubro16/10/2019 - Estado - Projetos de alunos de escolas estaduais conquistam prêmios em feiras de ciência e tecnologia16/10/2019 - Estado - Emprego: Funtrab oferta 169 vagas para diversos níveis de escolaridade na Capital16/10/2019 - Estado - Outubro Rosa 2019 tem foco na prevenção15/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261115/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260715/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261315/10/2019 - Estado - Primavera é estação com maior incidência de tempestades; Confira dicas da Defesa Civil para ocorrências15/10/2019 - Estado - Iagro define calendário de vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso do Sul15/10/2019 - Estado - Produtores rurais devem atualizar cadastro da agropecuária e de estoque de animais15/10/2019 - Estado - Dia começa fresco, mas calor chega aos 38°C durante a tarde