Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

ESTADO: Traficantes tomam conta de bairro na Capital e polícia diz que 'falta tempo' para agir

19 de dezembro de 2014

1914

As esquinas da Rua dos Topógrafos, no Jardim Centro Oeste, identificado pelos moradores como parte do Bairro Mário Covas, na região sul de Campo Grande, são cada vez mais procuradas por traficantes que fazem de cada cruzamento um ponto de comercialização de drogas. Sem a presença de policiais, as vendas acontecem à luz do dia. Conforme o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Valter Godoy Rojas, “falta tempo” para o policiamento preventivo na área.

A situação foi denunciada por leitores do Jornal Midiamax. Nas esquinas, onde os grupos ficam à espera de um novo cliente, é possível identificar adolescentes e crianças. Os comerciantes afirmam que os mais novos são aliciados pelos traficantes e induzidos a aceitar o jeito “fácil” de ganhar dinheiro. “É complicado porque a gente vê que é gurizada que está vendendo droga”, disse o proprietário de um estabelecimento comercial.

No cruzamento com a Rua Catiguá a câmera de videomonitoramento não é suficiente para inibir o tráfico de entorpecentes. “A cada esquina é um grupo diferente. A câmera não funciona, é só de enfeite. Se funcionasse eles não agiriam dessa forma”, ressaltou.

A proprietária de uma loja no bairro afirmou que a situação é alarmante. Vários comércios foram depredados e segundo ela, açougues, mercados e até mesmo igrejas fecharam as portas por conta da ação dos traficantes. “Eles estão aterrorizando a todos. Quebram tudo. Fecho as portas do meu estabelecimento às 19 horas porque não dá pra ficar depois disso”, relatou.

A comerciante disse que a situação prejudica inclusive as vendas. “Eles ficam na frente das lojas e os clientes ficam com medo de entrar”, declarou. Embora o problema seja confirmado, ainda há quem considere viável permanecer no local. “Comercialmente falando compensa”. disse o dono de uma loja.

Os moradores também consideram a situação preocupante. “É desesperador. Eles ficam fumando maconha e vendendo drogas em todas as esquinas. Quebram as luzes dos postes para deixar a rua escura e poderem agir. Denunciamos e a polícia não faz nada”, lamentou.

Em contato com o comandante-geral da PM, ele alegou que não tinha conhecimento sobre a situação e afirmou que não é possível atender a todas as ocorrências. “A demanda é muito grande e muitas vezes não sobra espaço para fazer o policiamento preventivo. Nos tornamos polícia reativa, atendemos a ocorrência, mas a polícia não fica empenhada para o efetivo. Vou determinar que o posicionamento seja intensificado a partir de hoje”, assegurou.

Fonte: Midia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
21/02/2020 - ESTADO - Heleno sugere a Bolsonaro colocar povo na rua para enfrentar “chantagem” do Congresso21/02/2020 - ESTADO - Laudo da Sesau confirma água contaminada e Detran-MS responde a processo sanitário21/02/2020 - ESTADO - O Democratas Estadual de MS e o Diretório Municipal de Dourados realizam encontro de lideranças21/02/2020 - ESTADO - PRF apreende R$ 300 mil em mercadorias contrabandeadas na BR-16321/02/2020 - ESTADO - AGENDONA: Confira o que vai rolar em Campo Grande no Carnaval 202021/02/2020 - ESTADO - Sexta-feira de calor e chuva de verão em Mato Grosso do Sul21/02/2020 - ESTADO - Que tal uma prainha neste Carnaval? Descubra a beleza das praias de água doce de MS21/02/2020 - ESTADO - Carnaval: saiba como ficam os serviços públicos no feriado21/02/2020 - ESTADO - Dicas para aproveitar o carnaval de maneira saudável21/02/2020 - ESTADO - Milagres do Carnaval é tema de campanha deste ano do Detran-MS21/02/2020 - ESTADO - Operação Carnaval: evite voltar para casa a pé; DOF dá dicas de segurança20/02/2020 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 265420/02/2020 - NACIONAL - Maia rebate ministro Augusto Heleno sobre críticas ao Congresso20/02/2020 - ESTADO - Contra ICMS de Reinaldo, MBL prepara carreata para sexta em Campo Grande20/02/2020 - ESTADO - MPMS proíbe associação de municípios de gastar com parentes de prefeitos 20/02/2020 - ESTADO - Após impasse, Detran-MS contrata empresa de segurança por R$ 3,2 milhões20/02/2020 - ESTADO - Reinaldo Azambuja tira R$ 7,8 milhões de hospitais em Três Lagoas e Dourados para o HRMS20/02/2020 - ESTADO - G11 indica deputados e CCJR é formada 15 dias após volta da Assembleia20/02/2020 - ESTADO - Fora da CCJR, Catan cita ‘quebra de compromisso’ e deixa G11 da Assembleia20/02/2020 - ESTADO - Marun discute segurança na fronteira de MS com autoridades e administração de Itaipu