Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

CAPITAL: Assédio sexual, ciúme e ganância permeiam morte de ex-vereador

30 de dezembro de 2016

O ex-vereador de Campo Grande Alceu Bueno foi morto por ciúmes após assediar Kátia de Almeida Rocha, dona de casa de 24 anos, em um grupo do WhatsApp, aponta investigação do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), cujos detalhes do crime foram apresentados em coletiva na tarde desta quinta-feira (29).

De acordo com o delegado Edilson dos Santos, que liderou as investigações do homicídio, tudo teve início quando Alceu Bueno foi adicionado em um grupo do WhatsApp em que estava Kátia Rocha. Ele teria começado a assediá-la constantemente.

Incomodada com a situação, Kátia relatou a situação para seu namorado, Elpídio Cesar Macena do Amaral, 26 anos. Com ciúmes, Elpídio planejou matar o ex-vereador. "O motivo principal era matar, não roubar", afirma o delegado.

No dia 19 de setembro deste ano, véspera do crime, Elpídio Cesar Macena do Amaral e seu sobrinho, o pedreiro Josian Edson Cuando Macena, 21 anos, aguardavam a chegada de Alceu e Kátia, na casa dela, no bairro Jardim Seminário.

Antes de chegar em casa, no encontro com Bueno, Kátia percebeu que a vítima carregava um maço de dinheiro e informou os comparsas sobre isso.

Ao deixá-la em casa, o ex-parlamentar não entrou na residência, frustrando os planos de Elpídio. Que manteve a ideia para o dia seguinte.

Em 20 de setembro, a situação se repetiu: tio e sobrinho esperavam em casa, enquanto Alceu e Kátia estavam em um encontro. Desta vez, ao deixá-la em casa, Bueno entrou na residência.

Como não havia sofá na sala, os dois foram diretamente para o quarto. Dizendo que precisava fechar a porta da sala, a dona de casa deixou Alceu no cômodo e chamou a dupla que aguardava em outro quarto.

Quando os dois entraram no quarto, Josian, com um martelo, e Elpídio, com uma tábua de carne, deram diversos golpes na cabeça de Alceu Bueno, que não morreu prontamente e agonizava bastante. Para finalizar o serviço, os assassinos usaram a alça da bolsa de Kátia e estrangularam a vítima.

Constatada a morte, os três colocaram o corpo no porta malas e seguiram para o bairro Jardim Noroeste, onde morava Josian Macena, que seguiu em uma moto atrás da Land Rover Freenlander 2, dirigida por Kátia com Elpídio no carona.

Na residência no Noroeste, Elpídio retirou a gasolina da moto e colocou em um recipiente. Após isso, foram até ao bairro Jardim Veraneio, próximo ao Parque dos Poderes, onde incendiaram o corpo de Alceu, junto com seus pertences e a tábua de carne usada no homicídio.

A escolha do local da incineração do corpo foi ideia de Josian, que conhecia a região, pois havia prestado seus serviços de pedreiro na construção do condomínio próximo, cujas as câmeras de segurança filmaram a ação.

Livres do corpo, o casal Kátia e Elpídio seguiram para Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, onde pretendiam vender a Land Rover de Alceu. A tentativa de vender o veículo, de acordo com o delegado, foi a brecha do casal para a polícia.

 

Logo siterádio_1

Fonte: Campo Grande News


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
17/07/2019 - INTERNACIONAL - Governo do Uruguai assumirá setor de gás após saída da Petrobras17/07/2019 - PARANAÍBA - Miziara assina convênio de R$36 mil com a Apae17/07/2019 - PARANAÍBA - Em uma semana, 62 pessoas vão receber implantes dentários gratuitos17/07/2019 - ESTADO - Programa Ponto de Vista aborda Reforma da Previdência17/07/2019 - PARANAÍBA - Prefeitura repassa R$112 mil para pagamento dos estagiários do CIEE17/07/2019 - ESTADO - Decreto permite financiamento de casas para famílias com renda de até R$ 4,6 mil17/07/2019 - POLÍTICA - Bolsonaro anuncia venda de aeronaves da Embraer para Portugal17/07/2019 - ECONOMIA - Queda de comércio com EUA afeta exportações brasileiras16/07/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 257916/07/2019 - POLÍTICA - Bolsonaro participa de reunião do Conselho de Governo16/07/2019 - ESTADO - Terça deve ter queda de temperatura e chuvas isoladas na maior parte de MS16/07/2019 - ESTADO - Trabalhador foge de carvoaria em MS onde foi mantido como escravo16/07/2019 - POLÍTICA - Governo vai instalar 1 mil radares em rodovias federais, diz ministro16/07/2019 - PARANAÍBA - Prefeitura e UFMS oferecem assessoria para pequenos produtores16/07/2019 - ECONOMIA - União pagou R$ 4,25 bilhões de dívidas de estados no primeiro semestre16/07/2019 - GERAL - Governo libera verba para casas atingidas por rachaduras em Maceió16/07/2019 - JUSTIÇA - Acordo entre Vale e MPT indenizará famílias de vítimas de Brumadinho16/07/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 257815/07/2019 - ESTADO - Instituída Frente em Defesa da Saúde Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio15/07/2019 - ESTADO - Flagrado pedindo propina a paciente de MS, ginecologista foi denunciado por abuso sexual em 2016