Notícias

0 2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 

GERAL - Janot defende volta do goleiro Bruno à prisão

20 de abril de 2017

2008

Por Vitor Tavares

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu na quarta-feira, 19 a revogação da liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), que permitiu a soltura do goleiro Bruno, condenado pela morte de sua ex-namorada Eliza Samudio. Bruno foi solto em 24 de fevereiro e espera o julgamento do habeas corpus na primeira turma do STF.

Além de pedir a revogação da liminar, Janot também indeferiu o pedido de habeas corpus feito pela defesa.

Para Janot, o habeas corpus apresentado pela defesa de Bruno já havia sido negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), não cabendo ao STF dar prosseguimento ao pedido. O procurador ainda refuta a tese da defesa do goleiro, sobre a demora do julgamento de um recurso no Tribunal de Justiça de Minas Gerais enquanto Bruno segue preso.

Janot afirma que a própria defesa tem contribuído para o prolongamento do prazo criminal e que "a duração razoável do processo deve ser deferida à luz da complexidade dos fatos e do procedimento, bem como a pluralidade de réus e testemunhas".

Condenado

Bruno foi condenado em 2013 pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e também pelo sequestro e cárcere privado do filho. Bruno foi solto em 24 de fevereiro, após cumprir seis anos e sete meses de detenção em regime fechado.

Volta aos gramados

Fora da prisão, Bruno fechou um contrato com o Boa Esporte, clube mineiro de Varginha, em 10 de março. O time recebeu inúmeras críticas pela contratação nas redes sociais.

A reportagem fez contato com o escritório dos advogados do goleiro Bruno. O espaço está aberto para manifestação.

0009 posto america 710

Fonte: Agência Estado


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
23/06/2017 - ESTADO - Assaltante leva mais de R$ 20 mil em joias e imagens podem ajudar polícia23/06/2017 - ESTADO - Descubra se você é isento ou quanto paga de taxa de iluminação por mês23/06/2017 - ESTADO - Mãe pede ajuda para tratar menino de quatro anos com problema nos pés23/06/2017 - ESTADO - Durante assalto, bandido passa as mãos no corpo de jovem que é socorrida pela mãe23/06/2017 - ESTADO - Corpo de homem é encontrado com pancadas na cabeça em casa abandonada23/06/2017 - ESTADO - Família faz campanha para trazer brasileiro morto na fronteira dos EUA23/06/2017 - ESTADO - Mais uma adolescente é flagrada fazendo tráfico “formiguinha” na rodoviária de Dourados23/06/2017 - ESTADO - Expulsa de casa, idosa denuncia filha por vender móveis na internet e torturar23/06/2017 - ESTADO - Ex-policial é executado na fronteira com mais de 20 tiros de pistola e fuzil22/06/2017 - PARANAÍBA - Operação Integração faz limpa de drogas em Paranaíba22/06/2017 - PARANAÍBA - Vigilância Sanitária esclarece problema de animais soltos na cidade22/06/2017 - PARANAÍBA - Lar Escola Tereza Spinelli desenvolve projeto Sementinha22/06/2017 - PARANAÍBA - Fipar realizará I Arraial Jurídico22/06/2017 - ESTADO - Justiça nega liberdade aos ex-deputados Henrique Alves e Eduardo Cunha22/06/2017 - ESTADO - Pistoleiro em moto atira contra carro de preso que seguia para o semiaberto22/06/2017 - GERAL - Acidente entre duas ambulâncias, ônibus e carreta deixa 21 mortos na BR-10122/06/2017 - ESTADO - Emissão de carteira de motorista está paralisada em Mato Grosso do Sul22/06/2017 - ESTADO - Guarda municipal prende suspeito de estuprar filha de 1 ano para 'atingir' a ex22/06/2017 - ESTADO - Estuprador atraía com anúncio de vagas no Facebook e atacava candidatas no carro22/06/2017 - ESTADO - Homem é morto a pedradas por não pagar arma de brinquedo