Notícias

0 2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 

ESTADO - Casa alvo de operação da PF abrigava alto escalão do PCC, segundo a PF

11 de agosto de 2017

Além de abrigar chefões da facção quando vinham à fronteira, residência onde quatro foram presos era base para planejar crimes

ASSESSORIA DA PF

1014_1

Munições e armamento pesado encontrados na casa 

Campo Grande News

A Polícia Federal informou que os quatro homens presos hoje (11) em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, com fuzis e pistolas automáticas, grande quantidade de munição e dinheiro, são membros do PCC (Primeiro Comando da Capital) e a casa onde estava era uma espécie de sede regional da facção criminosa.
Os quatro suspeitos, que não tiveram os nomes divulgados, foram presos em flagrante tráfico por transnacional de drogas e armas, além de organização criminosa, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa localizada em bairro São João.
De acordo com a PF, o imóvel era utilizado por integrantes do PCC para reuniões e encontros para tomar decisões e ações sobre o tráfico de drogas na região de fronteira e sobre a disputa pelo domínio do território.
Além disso, o local servia de acomodação a membros do alto escalão da facção criminosa paulista. A PF não informou, no entanto, se entre os quatro presos estava algum dos líderes do PCC.

ASSESSORIA DA PF

1015_1

Policiais federais em frente à residência onde funcionava base regional do PCC em Ponta Porã


Durante as buscas foram encontradas duas armas longas, três pistolas, grande quantidade de munições e carregadores, além de coletes balísticos, dinheiro e maconha.
A PF também apreendeu outros objetos relacionados aos crimes e dois veículos utilizados pelos criminosos, entre eles uma caminhonete blindada.

 

0011supergasbras710

Fonte: Campo Grande News


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
20/07/2018 - CORRUPÇÃO - Puccinelli e filho foram presos por suspeita de voltarem a lavar dinheiro mesmo após prisão19/07/2018 - APARECIDA DO TABOADO - Prefeitura segue com pavimentação de avenidas19/07/2018 - APARECIDA DO TABOADO - Coordenadora do trânsito recebe moção da Câmara19/07/2018 - EMPREGO - Prefeitura da Capital abre 32 vagas para profissionais da saúde19/07/2018 - JUSTIÇA - CNJ intima Favreto, Moro e Gebran para esclarecer conflitos sobre Lula19/07/2018 - ESTADO - Tempo seco favorece a estiagem no MS19/07/2018 - SAÚDE - Campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo começa dia 6 de agosto19/07/2018 - SAÚDE - SBP pede que autoridades brasileiras adotem ações estratégicas para reduzir mortalidade infantil19/07/2018 - SAÚDE - Anasps mostra explosão dos planos de previdência com 13,3 mi de participantes19/07/2018 - PARANAÍBA-Três foragidos da justiça são presos pela Polícia Militar19/07/2018 - PARANAÍBA-Polícia Militar prende mais um homem por tráfico de drogas18/07/2018 - PARANAÍBA - Cidade terá Festival de Música em agosto18/07/2018 - SAÚDE - Suplementos alimentares ganham regulamentação inédita18/07/2018 - BRASIL - Pacientes do SUS vão receber notificações de consulta pelo celular18/07/2018 - ESTADO - Recomendação do MPMS visa garantir a proteção do idoso no momento da internação18/07/2018 - JUSTIÇA - Juiz de Dourados é promovido a desembargador do TJMS18/07/2018 - ESTADO - Veterinários do PNCEBT tem mais prazo para recadastramento18/07/2018 - LEGISLAÇÃO - Ipê-Amarelo torna árvore símbolo do Estado de Mato Grosso do Sul18/07/2018 - LEGISLAÇÃO - Inseridos Dia do Batista e Semana da Farroupilha no Calendário de MS18/07/2018 - ARTIGO DE PAIVA NETO - Renascimento do Espírito Divino