Notícias

0 2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 

ESTADO - Testemunha filma estupro de criança 'para provar' e imagens viralizam em MS

11 de agosto de 2017

Agora, todos que compartilharam podem ter problemas com a Justiça

FOTO ILUSTRATIVA

1017_1

Midiamax

Um crime grave e a falta de noção das pessoas revoltaram Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande, e podem colocar boa parte dos moradores da cidade em apuros com a Justiça. Uma pessoa flagrou um homem de 57 anos estuprando uma criança, ele já foi preso e confessou. Mas, para 'ter provas', a testemunha resolveu gravar as cenas do estupro e o vídeo acabou vazando em redes sociais como o WhatsApp.
Rapidamente o vídeo viralizou e acabou identificando a vítima. Agora, todo mundo que repassou o vídeo, ou o recebeu e manteve no celular, pode responder na Justiça. O caso do estupro causou grande revolta entre os moradores, mas a exposição da vítima, que infringe o ECA (Estatuto da Criança e Adolescente), só foi 'percebida' depois que as autoridades começaram a alertar.
O vídeo começou a ser gravado depois que a testemunha flagrou o homem colocando a menina apoiada em uma mureta sem o short, enquanto o autor sem camisa passou a tocar a vítima. Ele já era suspeito porque, segundo os depoimentos, vinha apresentando comportamento estranho em relação à garota.
Quando soube do flagrante, o autor fugiu, mas rapidamente foi interceptado por moradores que já tinham recebido o vídeo e foi preso pelos policiais quando era agredido por populares.
Na delegacia, o homem confessou o crime e disse já ter cometido o ato contra a criança pelo menos outras três vezes.
Segundo a delegada que cuida do caso, Daniella de Oliveira Nunes, as medidas cabíveis estão sendo tomadas para punir também os responsáveis pela distribuição do vídeo.
Tentamos entrar em contato com a delegada que cuida do caso, mas não conseguimos contato por telefone.

 

0009 posto america 710

Fonte: Midiamax


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
20/07/2018 - CORRUPÇÃO - Puccinelli e filho foram presos por suspeita de voltarem a lavar dinheiro mesmo após prisão19/07/2018 - APARECIDA DO TABOADO - Prefeitura segue com pavimentação de avenidas19/07/2018 - APARECIDA DO TABOADO - Coordenadora do trânsito recebe moção da Câmara19/07/2018 - EMPREGO - Prefeitura da Capital abre 32 vagas para profissionais da saúde19/07/2018 - JUSTIÇA - CNJ intima Favreto, Moro e Gebran para esclarecer conflitos sobre Lula19/07/2018 - ESTADO - Tempo seco favorece a estiagem no MS19/07/2018 - SAÚDE - Campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo começa dia 6 de agosto19/07/2018 - SAÚDE - SBP pede que autoridades brasileiras adotem ações estratégicas para reduzir mortalidade infantil19/07/2018 - SAÚDE - Anasps mostra explosão dos planos de previdência com 13,3 mi de participantes19/07/2018 - PARANAÍBA-Três foragidos da justiça são presos pela Polícia Militar19/07/2018 - PARANAÍBA-Polícia Militar prende mais um homem por tráfico de drogas18/07/2018 - PARANAÍBA - Cidade terá Festival de Música em agosto18/07/2018 - SAÚDE - Suplementos alimentares ganham regulamentação inédita18/07/2018 - BRASIL - Pacientes do SUS vão receber notificações de consulta pelo celular18/07/2018 - ESTADO - Recomendação do MPMS visa garantir a proteção do idoso no momento da internação18/07/2018 - JUSTIÇA - Juiz de Dourados é promovido a desembargador do TJMS18/07/2018 - ESTADO - Veterinários do PNCEBT tem mais prazo para recadastramento18/07/2018 - LEGISLAÇÃO - Ipê-Amarelo torna árvore símbolo do Estado de Mato Grosso do Sul18/07/2018 - LEGISLAÇÃO - Inseridos Dia do Batista e Semana da Farroupilha no Calendário de MS18/07/2018 - ARTIGO DE PAIVA NETO - Renascimento do Espírito Divino