Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

INTERIOR - Piloto que traficava cocaína da Bolívia em aviões é preso em MS

07 de novembro de 2018

Piloto chegando a PF para prestar depoimento. (Foto:

Um piloto de aviões, não identificado, foi preso nesta terça-feira (6) pela PF (Polícia Federal) em Corumbá (MS), cidade que fica a 419 quilômetros de Campo Grande. O suspeito é apontado como um dos pilotes responsáveis pelo tráfico aéreo de cocaína boliviana até pistas clandestinas do Mato Grosso.

Segundo a PF, o membro da organização criminosa já esteva preso no Estabelecimento Penal de Corumbá, conforme o site Diário Corumbaense. Nesta manhã (06) ele foi escoltado até a Delegacia da PF, ouvido e é mantido detido preventivamente na sede da Polícia Federal em Corumbá.

A prisão integra a operação Escalada, deflagrada nesta terça-feira (6) e que investiga o tráfico internacional de cocaína em MS, MT, AM, SP, MG e RO. Depois de pousar nas pistas clandestinas, a droga era ocultada em fundos falsos de caminhões, a maior parte com destino a São Paulo.

Ao todo na operação, devem ser cumpridos 42 mandados judiciais, sendo 4 de prisão preventiva, 14 de prisão temporária e 24 mandados de busca e apreensão. No total foram apreendidos 3 toneladas de pasta base de cocaína, além de uma aeronave bimotor e diversos veículos utilizados no transporte.

A organização criminosa movimentava grande parte de recursos financeiros e da parte de logística para o transporte da droga com a aquisição de veículos e aeronaves em nome de pessoas que sequer existiam.

Investigações

De acordo como a Polícia Federal, as investigações começaram há aproximadamente 10 meses e estavam baseadas em Cuiabá. Ela ocorre nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Santo Antônio de Leverger, Poconé, Cáceres, Rondonópolis, Alto Araguaia em MT, além de Corumbá (MS), Manaus (AM), Paulinia (SP), Bauru (SP), Uberlândia (MG), e Vilhena (RO).

Durante a fase de investigações, foram feitos oito autos de prisão em flagrante que resultaram na prisão de nove pessoas. Ainda conforme o site G1 de Mato Grosso a 7º Vara Federal Criminal em Cuiabá determinou ainda o bloqueio de contas bancárias utilizadas pelos investigados, além do sequestro de bens.

O nome da operação é em razão de alguns dos principais investigados terem experimentado um grande aumento patrimonial em tempo reduzido, como uma cobertura em apartamento de luxo e imóvel e apartamento de luxo em Cuiabá, sem qualquer ocupação lícita que as justifique.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
23/10/2019 - Demandas da assistência social no Centro-Oeste são abordadas em encontro na Capital23/10/2019 - TRF-4 decidirá no dia 30 se mantém condenação de Lula no caso do sítio23/10/2019 - Eduardo Bolsonaro desiste de embaixada americana para continuar como líder do PSL23/10/2019 - Benefícios fiscais do Governo do Estado para JBS são alvo de nova investigação em MS23/10/2019 - Professora de MS recebe título de Embaixadora Universal da Cultura pela UNESCO23/10/2019 - Ativistas do Greenpeace são presos em protesto no Palácio do Planalto23/10/2019 - Idade mínima, tempo de contribuição e regras de transição são destaques da Nova Previdência23/10/2019 - Temperaturas voltam a subir nesta quarta-feira23/10/2019 - MS sobe no ranking de competitividade com destaque para solidez fiscal e potencial de mercado22/10/2019 - Com dificuldade para andar, Zeca deixa presidência do PT em MS22/10/2019 - MC Gui tem show cancelado em MS após rir de criança com câncer na Disney22/10/2019 - Adiantou: saques do FGTS para quem nasceu em fevereiro e março começam na sexta22/10/2019 - Presos tentavam extorquir até R$ 5 milhões de políticos e médicos de Campo Grande22/10/2019 - Estado - Com iniciativas de sucesso, Criança Feliz em MS recebe visita de consultora da Unesco22/10/2019 - Estado - Revisão de Norma Técnica dos Bombeiros Militares beneficiará cerca de 80% dos estabelecimentos em MS22/10/2019 - Estado - Educação de MS fica entre as dez melhores do País em ranking de competitividade22/10/2019 - ECONOMIA - Gás de botijão residencial aumenta para as distribuidoras22/10/2019 - POLÍTICA - Previdência segue para fase final no plenário do Senado22/10/2019 - GERAL - Vazamento de óleo pode ter partido de navio irregular, diz Marinha22/10/2019 - EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA PARA ELEIÇÕES DA DIRETORIA DA APAE