Notícias

0 2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 

ECONOMIA - Governo estuda transição para fim da subvenção ao diesel, diz ministro

08 de novembro de 2018

O subsídio é resultado de acordo do governo com o movimento dos caminhoneiros que paralisou o país em maio deste ano.(Foto: Arquivo)

O ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, afirmou que o governo analisa uma forma de transição para o programa de subvenção do diesel, previsto para terminar no dia 31 de dezembro. A intenção é reduzir gradualmente o subsídio, que atualmente, é de R$ 0,30. O subsídio é resultado de acordo do governo com o movimento dos caminhoneiros que paralisou o país em maio deste ano.

A redução total do preço diesel nas refinarias chegou a R$ 0,46. Desse valor, R$ 0,16 foram obtidos por meio de redução de tributos e a diferença de R$ 0,30 entrou no cálculo por via de subvenção.

“O Ministério da Fazenda está vendo, porque isso é uma questão tributária. Então, está vendo como acaba esse subsídio, porque este é o acordo, mas de uma maneira tal que não prejudique ninguém. Acho que há possibilidade, porque o preço está permitindo que se monte uma estratégia de trabalhar no sentido de que o impacto seja absorvido”, explicou.

Moreira Franco prestou a informação após participar da cerimônia da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) de segunda etapa da assinatura de contratos da 15ª rodada de licitações para exploração de petróleo, na zona sul do Rio.

Amazonas Energia

O ministro adiantou ainda que o governo prepara uma medida provisória para impedir que os serviços da Amazonas Energia sejam interrompidos depois que a Eletrobras devolver a concessão da empresa. Para ele, é preciso entender que a privatização das distribuidoras, entre elas a Amazonas, não tem nada a ver com a estratégia de resolver o problema financeiro da Eletrobras.

De acordo com o ministro, a proposta é que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) possa encontrar um mecanismo que permita escolher uma empresa para prestar o serviço da distribuidora. É preciso uma autorização legislativa para que não haja interrupção do serviço. Mas a expectativa que eu tenho é que se consiga privatizar”, indicou.

Moreira lembrou que o Conselho de Administração da Eletrobras já apontou que não quer ficar com a distribuidora. “O fato de o governo ter maioria de ações não significa que ele tenha possibilidade de usar este exercício para dizer que não aceita a opinião majoritária do conselho, então, a liquidação é uma questão inevitável por força legal”, explicou.

Ainda de acordo com o ministro, “para que não haja interrupção do serviço, vai se criar a possibilidade de a Aneel, que é o órgão regulador, fazer a escolha de uma companhia, que, em determinado período, vai prestar este serviço à população do Amazonas. Isso vai permitir ao novo governo, estudar, vender”, informou.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
19/11/2018 - ESTADO - Publicados novos valores das unidades monetária e de referência do MS19/11/2018 - ESTADO - Governo de MS abre mais de mil vagas para promoção dos servidores das carreiras da PC19/11/2018 - EDITAL DE PROCLAMAS Nº 249716/11/2018 - POLÍTICA - Bolsonaro reitera que decisão sobre médicos cubanos é humanitária16/11/2018 - POLÍTICA - Thompson Flores assina exoneração de Sergio Moro14/11/2018 - POLÍTICA - Com Bolsonaro, Reinaldo Azambuja defende fronteira e reajuste da tabela SUS14/11/2018 - POLÍTICA - FPA debate pauta da agropecuária com futura ministra da Agricultura14/11/2018 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 249614/11/2018 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 249414/11/2018 - ESTADO - PRF deflagra operação no feriadão com foco em reduzir acidentes graves14/11/2018 - INTERIOR - Estudantes de MS criam dicionário de línguas indígenas e projeto é premiado14/11/2018 - INTERIOR - Traficante abandona carro abarrotado com 820 quilos de maconha na MS-16414/11/2018 - POLÍTICA - Projeto prevê que poder público informe sobre radares eletrônicos14/11/2018 - POLÍTICA - Bolsonaro volta atrás e Ministério do Trabalho será mantido14/11/2018 - POLÍTICA - Bolsonaro recua e deve manter ensino superior integrado ao Ministério da Educação14/11/2018 - POLÍTICA - Ferrovia Malha Oeste será recuperada e concessão deve ser prorrogada, garante Reinaldo14/11/2018 - POLÍTICA - Pesca, agricultura familiar e Incra devem integrar Ministério, diz Tereza14/11/2018 - CAPITAL - Pedestre sofre risco de amputação após ter pena esmagada em atropelamento13/11/2018 - REGIÃO - Construção de casas vai acabar com 12 anos de espera em Paranaíba13/11/2018 - POLÍTICA - TJMS aceita recurso e anula ação contra Nelsinho Trad e ex-secretário