Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

POLÍTICA - Tereza Cristina diz que fusão de ministérios deve ser discutida

08 de novembro de 2018

A deputada e presidente da FPA (Frente Parlamentar da Agropecuária), Tereza Cristina (DEM) foi nomeada nesta quarta-feira (7) pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro como a nova ministra da Agricultura. Pouco depois do anúncio ser feito, a parlamentar concedeu entrevista coletiva.

Agora ministra, Tereza falou sobre a possibilidade de fusão dos ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente, proposta que foi idealizada pela equipe de transição de Jair Bolsonaro.

“Esses assuntos mais polêmicos eu acho que é a oportunidade de se discutir e de se achar o melhor modelo é agora, na transição. A vontade dele é soberana, se a vontade for de fazer a fusão, a gente tem que propor ideias e modelos para que essa fusão seja feita da melhor maneira possível”, apontou.

Criticado pela ideia da fusão, o presidente eleito cedeu à pressão de seus aliados e voltou atrás na hipótese de realizar a junção dos ministérios.

Referente as prioridades da nova ministra, ela lembrou que o tabelamento de frente “é um assunto que preocupa muito”, disse. Tereza ainda afirmou que isso pode ser tornar uma bomba relógio para o próximo governo.

“Nós devemos discutir esse assunto agora e levar isso ao governo atual, porque isso é uma bomba relógio que vai ficar no colo do presidente Jair Bolsonaro, ele assume no dia 1° e já tem o aumento do óleo diesel dos R$0,30 centavos. Então essa bomba precisa ser desarmada ainda agora, conversando com a equipe e o governo atual e com a equipe de transição para definir como a gente pode caminhar para que esse assunto não seja um assunto que logo no início do governo dê problemas”, explicou.

Em relação aos nomes para ajudar em suas atividades, a deputada não quis dar mais detalhes e apenas indicou dois nomes para a equipe de transição que ficou acordado na última semana. Segundo Tereza, “as coisas estão caminhando” e espera resolver as questões sensíveis.

“A gente espera colocar todos os pontos sensíveis para a agropecuária que a frente tem aqui como tema, às vezes até recorrente de muito tempo que são muito importantes, que sejam mudados, modernizados pelo próximo governo”.

Por fim, Tereza Cristina ressaltou que há bastante gente querendo participar, mas que não tem nada definido até o momento.

“Tem muita gente querendo participar e nós temos deputados que entendem das mais diversas áreas, enfim, temos os mais variados temas da agropecuária. Vai ser de um parlamentar”, finalizou.

A deputada terá encontro com o presidente eleito, Jair Bolsonaro na manhã desta quinta-feira (8), no CCBB (Centro Cultural do Banco do Brasil).

Fonte: Midiamax


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
18/09/2019 - GERAL - Funcionários dos Correios suspendem greve18/09/2019 - ECONOMIA - ANP diz que está atenta a cobranças abusivas de combustíveis18/09/2019 - EDUCAÇÃO - Parceria com Suécia estimula participação de meninas na área de exatas18/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260218/09/2019 - Estado - Detran-MS explica sobre as novas regras para obter a Autorização para Conduzir Ciclomotor18/09/2019 - Estado - Depois de calor recorde, estiagem pode bater média histórica dos últimos dez anos em MS18/09/2019 - Estado - Governo Presente desembarca na região Norte nesta quinta18/09/2019 - Estado - Bancada federal de MS quer destravar investimentos para implantação da Rota Bioceânica 17/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260117/09/2019 - “Precisamos desjudicializar e os Cartórios são a solução para isso”, defende senadora Soraya Thronicke.17/09/2019 - POLÍTICA - Governo reduz tarifa de importação de equipamentos médicos17/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260017/09/2019 - Estado - Incêndio em Refúgio Caiman começa a diminuir após seis dias17/09/2019 - Estado - Delcídio está pronto para disputar, diz Roberto Jeferson sobre candidatura em Campo Grande17/09/2019 - Estado - Campo Grande adia licitação e vai prorrogar contratos de R$ 44 milhões do tapa-buraco17/09/2019 - Estado - BID quer firmar novas parcerias com Mato Grosso do Sul17/09/2019 - Estado - Semana Nacional de Trânsito terá simuladores de embriaguez e impacto no Estado17/09/2019 - Estado - Atendimento aos migrantes fica mais ágil com sistema desenvolvido por servidores16/09/2019 - INTERNACIONAL - Ataques na Arábia Saudita provocam alta nos preços do petróleo16/09/2019 - Deputado João Henrique participa de Caminhada da Inclusão