Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

POLÍTICA - Thompson Flores assina exoneração de Sergio Moro

16 de novembro de 2018

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador Thompson Flores, assinou hoje (16) a exoneração do juiz federal Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em 1º grau. O pedido foi encaminhado por Moro, convidado para assumir o Ministério da Justiça no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Thompson Flores recebeu na manhã desta sexta-feira (16) o pedido de exoneração. O prazo de vigência da medida é a partir de segunda-feira (19).

Moro argumentou que pretende “organizar a transição e as futuras ações do Ministério da Justiça”. “Houve quem reclamasse que eu, mesmo em férias, afastado da jurisdição e sem assumir cargo executivo, não poderia sequer participar do planejamento de ações do futuro governo”, diz o juiz no pedido.

O futuro ministro da Justiça, juiz federal Sérgio Moro, durante coletiva de imprensa após reunião com o atual ministro da pasta, Torquato Jardim.

1611201801Juiz federal Sergio Moro pediu exoneração do cargo nesta sexta-feira - Arquivo/Agência Brasil


O juiz federal citou seu orgulho por ter exercido a magistratura por mais de duas décadas. “Destaco meu orgulho pessoal de ter exercido durante 22 anos o cargo de juiz federal e de ter integrado os quadros da Justiça Federal brasileira, verdadeira instituição republicana.”

Sergio Moro foi convidado pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, para assumir o Ministério da Justiça, cujo foco será concentrado em duas frentes: o combate à corrupção e ao crime organizado. A pasta deverá agregar o Ministério da Segurança Pública e parte do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Substituição

Após a publicação do ato de exoneração do magistrado federal no Diário Oficial da União (DOU), o edital para concurso de remoção deve ser publicado. A remoção é um concurso interno entre magistrados da Justiça Federal da 4ª Região, para preenchimento de vagas.

Depois da publicação do edital, os juízes federais que desejarem concorrer à vaga de remoção têm o prazo de 10 dias para manifestação de interesse e três dias para desistência. Depois o processo é instruído e deve ter a duração de cerca de um mês.

O candidato deve ser escolhido de acordo com o critério da antiguidade. Primeiro leva-se em conta o tempo no cargo de juiz federal na 4ª Região. Depois, a antiguidade no exercício no cargo de juiz federal substituto na 4ª Região e, por fim, o critério de classificação no concurso público.

Até o preenchimento da vaga de juiz federal na vara em que houve pedido de exoneração do magistrado, a substituição até o exercício do novo juiz titular fica a cargo do juiz federal substituto da própria vara. Não há redistribuição de processos, eles continuam atribuídos ao Juízo Federal, ou seja, a 13ª Vara Federal de Curitiba.

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 próximo »
20/02/2019 - ESTADO - Secretários de Agricultura do Codesul discutem vigilância sanitária, aftosa e leite com ministra18/02/2019 - CRIME - Agrônomo de Paranaíba é assassinado no Mato Grosso13/02/2019 - POLITICA - Deputado João Henrique fala na AL sobre alagamento da chuva em Paranaíba12/02/2019 - POLÍTICA - MS tem 2 ministros, de 22; e 3 presidentes de comissões no Senado, de 1312/02/2019 - POLÍTICA - Simone Tebet confirmada para a presidência da CCJ12/02/2019 - PREGÃO PRESENCIAL - ESCOLA ESTADUAL MANOEL GARCIA LEAL12/02/2019 - ESTADO - Assembleia recebe diretoria da Energisa para esclarecer aumento na conta12/02/2019 - ESTADO - Assembleia aprova Moção de Congratulação ao ministro Sergio Moro12/02/2019 - PARANAÍBA - Primeira chuva forte do ano mostra precariedade da infraestrutura da cidade11/02/2019 - RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO - INDÚSTRIA E COMERCIO DE CAFÉ MERIDIONAL LTDA11/02/2019 - ESTADO - TRE fará cadastramento biométrico obrigatório em 18 cidades de MS em 201911/02/2019 - PARANAÍBA - Através de parcerias, Santa Casa reinaugura e moderniza sala de retaguarda11/02/2019 - PARANAÍBA - Segundo ‘Verão Ativo’ tem início com disputa em várias modalidades e desafio saudável11/02/2019 - GERAL-Planalto finaliza decreto que abre caminho para documento único11/02/2019 - ESTADO-Paulo Corrêa comemora utilização de Fundo Estadual para Pagamento de Serviços Ambientais08/02/2019 - ESTADO - CCJR da Assembleia Legislativa terá reunião com a Energisa08/02/2019 - RENOVAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL - J. A. COSTA JUNIOR & CIA LTDA - FILIAL07/02/2019 - ESTADO - João Henrique Catan faz seu primeiro pronunciamento na ALMS06/02/2019 - ESTADO - Em uma semana PM apreende mais de três toneladas de drogas e recupera 46 veículos05/02/2019 - GERAL - Beto discute saúde indígena com secretários do Estado e de Campo Grande