Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

PARANAÍBA - Senar e Sindicato Rural organizam Dia de Campo e Ciclo de Palestras

28 de novembro de 2018

Senar/MS: Em parceria com sindicatos rurais, Dia de Campo e Ciclo de Palestras serão realizados em Ribas do Rio Pardo e Paranaíba

2811201811

Em parceria com os sindicatos rurais de Ribas do Rio Pardo e Paranaíba, o Senar/MS - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso do Sul promove, nos dias 1º e 8 de dezembro, respectivamente, um Dia de Campo e um Ciclo de Palestras, por intermédio dos programas de ATeG (Assistência Técnica e Gerencial), das vertentes: Mais Inovação, Mais Floresta e ABC Cerrado.

Na primeira ação, realizada pelos programas Mais Inovação e ABC Cerrado, no dia 1º de dezembro, em Ribas do Rio Pardo, será apresentado um caso de sucesso da Fazenda Santa Lúcia, local do evento. Em seguida, será detalhado o consórcio de gramínea com leguminosa na integração lavoura e pecuária. Por fim, ainda durante o Dia de Campo, resultados serão apontados como forma de potencializar o ganho da recria a pasto.

No dia 8 de dezembro, em Paranaíba, um Ciclo de Palestras sobre heveicultura será oferecido aos produtores inscritos. O evento será pelo programa ATeG Mais Floresta e ABC Cerrado.

Abrindo o evento, Fernando do Val Guerra, da Abrabor (Associação Brasileira de Produtores e Beneficiadores de Borracha Natural), vai ministrar uma palestra sobre o “Mercado Futuro da Borracha”. Em seguida, Eduardo Sanchez, da Aprobat (Associação dos Produtores de Borracha de Aparecida do Taboado e Região), vai falar em sua palestra sobre “Estratégia de Comercialização de Borracha no MS”.

Após um intervalo, está prevista palestra de Marcos Cerqueira, sobre “Inovação e Tecnologia na Atividade de Seringueira”. Finalizando o evento, representantes do Banco do Brasil e do Sicredi devem apresentar linhas de crédito para Floresta.

Para maiores informações, os interessados poderão entrar em contato com os Sindicatos Rurais de Ribas do Rio Pardo e Paranaíba ou com o Departamento de Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS através do telefone 3320-9700.

Fonte: Famasul


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
13/12/2019 - ESTADO - Indígena é preso após polícia flagrar plantação de maconha em aldeia13/12/2019 - ESTADO - Justiça Federal vai decidir destino de empresário ligado a esquema de milícia13/12/2019 - ESTADO - Aprovada: confira o que muda na aposentadoria dos servidores com a PEC de Reinaldo13/12/2019 - ESTADO - IFMS oferece 670 vagas em cursos gratuitos de Inglês, Espanhol e Libras13/12/2019 - NACIONAL - Filha de Lula é nomeada em gabinete no Senado13/12/2019 - NACIONAL - Bolsonaro: coloco no ‘pau de arara’ ministros que se envolverem em corrupção12/12/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 263311/12/2019 - ESTADO - LOA de 2020 é aprovada pelos deputados de MS com 136 emendas11/12/2019 - ESTADO - Operação Vila Brasil: Gaeco cumpre mandados para investigar peculato e fraude em MS11/12/2019 - FAMOSOS - Claudia Rodrigues manda recado para fãs e desmente boatos de morte11/12/2019 - ESTADO - Confira mudanças na previdência de MS após PEC aprovada com nova emenda11/12/2019 - NACIONAL - Com abertura do mercado, algum efeito colateral acontece no Brasil, diz Bolsonaro11/12/2019 - NACIONAL - MEC amplia carga horária EAD de cursos superiores presenciais para até 40%10/12/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 263510/12/2019 - ESTADO - Com máxima de 32°C chuvas continuam nesta terça-feira em MS10/12/2019 - ESTADO - Leilão da MS-306 mostra confiança do capital privado no Estado, destaca Reinaldo Azambuja10/12/2019 - ESTADO - Alerta de tempestade é emitido para 58 cidades de Mato Grosso do Sul09/12/2019 - ESTADO - R$ 152 milhões: Justiça mantém investigação da Polícia Federal sobre propina no Detran-MS09/12/2019 - ESTADO - Muitas serão acatadas, adianta Reinaldo sobre emendas à PEC da Previdência09/12/2019 - ESTADO - Médica que não comparecia a plantões no HU de Dourados terá que devolver R$ 77,5 mil