Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

JUSTIÇA - Filho é condenado a mais de 10 anos de prisão por tentar matar a própria mãe Júri Popular

05 de dezembro de 2018

0512201804

Foi condenado pelo crime de tentativa de homicídio qualificado, nesta terça-feira (4/12), o réu Renato Rosa Gomes, de 27 anos, acusado de atear fogo na própria mãe Eliete Albuquerque Rosa, de 47 anos, no ano de 2015, na casa onde moravam, em Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande.

Durante o Tribunal do Júri, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, representado pelo Promotor de Justiça Estéfano Rocha Rodrigues da Silva, titular da Comarca de Maracaju, postulou a condenação dos réus.

Na época, Renato foi preso por tentativa de homicídio qualificado por motivo torpe, mediante paga, devido o emprego de fogo, mediante recurso dificultou a defesa da vítima e por feminicídio.

A ré Aparecida Farias de Souza, é acusada tentativa de homicídio qualificado pela promessa de recompensa, uso de fogo e pelas circunstâncias que dificultaram a defesa da vítima. A ré foi condenada em 7 anos e 6 meses de prisão, em regime inicial fechado.

Conforme consta nos autos, Eliete Albuquerque Rosa era constantemente ameaçada de morte. O autor teria ficado com raiva, pelo fato de Eliete chamar a Polícia, por conta do som alto que o filho escutava. No entanto, Renato deu duas “paradinhas” de droga para Aparecida Farias de Souza, de 31 anos, atear fogo em sua mãe. Depois de Aparecida atear fogo em Eliete, Renato ainda teria ficado vendo a mãe se agonizando, por trinta minutos, sem chamar por socorro.

Por unanimidade, o Conselho de Sentença reconheceu a materialidade do crime e não absolveu nenhum dos acusados. O juiz condenou Renato Rosa Gomes em 10 anos e 6 meses de reclusão.

Fonte: MP - MS


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
01/06/2020 - POLÍTICA - Bolsonaro pede que apoiadores não saiam às ruas no próximo domingo01/06/2020 - SAÚDE - Brasil ainda não chegou ao pico da pandemia, revela OMS01/06/2020 - POLÍTICA - Deputado da base de Bolsonaro xinga e ameaça atirar em manifestantes01/06/2020 - ESTADO - MS tem 880 casos suspeitos de coronavírus ‘enrolados’ nas secretarias municipais de saúde01/06/2020 - ECONOMIA - Com pandemia, lojistas apostam em promoções para tentar ‘salvar’ Dia dos Namorados01/06/2020 - ESTADO - Dengue já matou 37 em MS durante 2020, e Saúde investiga mais 6 óbitos01/06/2020 - ESTADO - Em MS, fila do INSS tem 24,4 mil esperando e prazo para benefício chega a 65 dias01/06/2020 - ESTADO - Psicologa de MS usa recurso do Facebook e atende de graça durante pandemia de covid-1901/06/2020 - ESTADO - Começa junho com 79 novos casos de coronavírus e total de 1.568 infectados01/06/2020 - COTIDIANO - Está com sobrepeso? Aprenda 5 passos para a sua rotina e reduzir riscos do coronavírus 01/06/2020 - POLICIAL - Mãe é denunciada por maus-tratos após levar bebê de 1 ano a festa com som alto01/06/2020 - POLICIAL - Esposa ‘arrebenta’ cadeira na cabeça do marido durante briga em festa01/06/2020 - POLICIAL - Fazendeiro é multado em R$ 10 mil por erosões causando assoreamento de córregos01/06/2020 - POLICIAL - Homem tenta matar ex com garrafa quebrada e foge antes da polícia chegar01/06/2020 - POLICIAL - Dois são detidos após denúncia de som alto e tentativa de agredir policiais01/06/2020 - NACIONAL - Bolsonaro vai a manifestação e cumprimenta apoiadores que fazem críticas a STF01/06/2020 - POLICIAL - Mulher é esfaqueada e tem celular destruído durante discussão31/05/2020 - ESTADO - Costa Rica tem primeiro caso confirmado do novo coronavírus31/05/2020 - ESTADO - Projeções se confirmam e MS entra em ciclo de aumento nos casos de coronavírus31/05/2020 - POLICIAL - Agricultor é preso em flagrante com espingarda de caça