Notícias

0 2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 

COTIDIANO - Juíza recebe moção em reconhecimento a prêmio de Direitos Humanos

06 de dezembro de 2018

A juíza coordenadora da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar de MS, Jacqueline Machado, recebeu da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul uma Moção de Congratulação, após ser laureada, pelo Governo Federal, com o Prêmio Direitos Humanos 2018, na categoria Mulher, concedido em 21 de novembro, em Brasília.

A homenagem da Casa de Leis sul-mato-grossense partiu do presidente, o deputado estadual Junior Mochi, que apresentou para seus pares o pedido para homenagear a juíza que, de forma atuante, criou projetos para proteger as mulheres vítimas de violência praticadas por maridos, companheiros e namorados.

A homenagem destaca que, dos mais de 70 trabalhos inscritos, de todas as regiões do Brasil, na categoria Mulher, destacou-se o programa Mãos EmPENHAdas contra a Violência, que busca capacitar profissionais da área da beleza para orientar as clientes sobre seus direitos, previstos em lei.

“Diante dos excelentes resultados do projeto, com mais de 3.500 pessoas beneficiadas, resta claro que o aludido prêmio é mais do que merecido. Trata-se do reconhecimento por todo o empenho e dedicação demonstrados pela magistrada, na defesa dos direitos da Mulher”.

A juíza se diz orgulhosa de receber o reconhecimento pelo trabalho em prol das mulheres em situação de violência doméstica de MS. “O reconhecimento indica que esse projeto e todos os demais da Coordenadoria da Mulher estão fazendo a diferença na vida dessas mulheres. E, com certeza, podem fazer muito mais ainda”, disse.

Saiba mais – O programa Mãos emPENHAdas Contra a Violência é uma iniciativa inédita no país ao propor que profissionais da beleza sejam agentes no combate à violência doméstica e familiar contra a mulher.

Manicures, cabeleireiras e depiladoras são multiplicadoras de informações sobre todas as formas de violência doméstica e familiar contra as mulheres, como combater e denunciar os abusos. Os estabelecimentos parceiros têm um Selo de Parceria para identificar a participação na campanha.

Fonte: Secretaria de Comunicação - TJMS


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
10/12/2018 - EDITAL DE PROCLAMAS Nº 233808/12/2018 - PARANAÍBA - Secretário de Obras faz balanço das ações em 2018 07/12/2018 - PARANAÍBA - Prefeitura anuncia programação natalina na Praça da República07/12/2018 - POLÍTICA - Lider rural de Aparecida do Taboado vai integrar Ministério da Agricultura07/12/2018 - EDITAL - AUTO POSTO TREVÃO07/12/2018 - PARANAÍBA - Miziara reconduzido à presidência do Cidecol06/12/2018 - PARANAÍBA - Pedrinho destaca realizações no Esporte e Lazer em 201806/12/2018 - PARANAÍBA - Lixeiras adquiridas com recursos do ICMS Ecológico06/12/2018 - CRIME ORGANIZADO - Petrobras demite funcionários com prisão decretada na Lava Jato06/12/2018 - JUSTIÇA - Energisa tem 72 horas para realizar ligação de energia elétrica na região de Ivinhema06/12/2018 - CRIME ORGANIZADO - Justiça aceita denúncia contra 26 integrantes de organização criminosa especializada em contrabando de cigarro06/12/2018 - ESTADO - MS tem a 4ª menor desigualdade social do Brasil06/12/2018 - ESTADO - Aumento de frequência e novos voos conectam MS a principais destinos do país06/12/2018 - PLENARIO - Senado aprova livre acesso de advogados a atos de processos não sigilosos06/12/2018 - COTIDIANO - Juíza recebe moção em reconhecimento a prêmio de Direitos Humanos05/12/2018 - COMBATE À CORRUPÇÃO - Três vereadores são presos em ação da polícia e Ministério Público05/12/2018 - POLÍTICA - Paulo Corrêa é o representante tucano que disputa a vaga de presidente da Assembleia Legislativa05/12/2018 - POLÍTICA - Repasse de 1% do Fundo de Participação dos Municípios renderá mais de R$ 4,2 bilhões05/12/2018 - JUSTIÇA - Justiça aceita denúncia contra 26 integrantes de organização criminosa especializada em contrabando de cigarro05/12/2018 - JUSTIÇA - Filho é condenado a mais de 10 anos de prisão por tentar matar a própria mãe Júri Popular