Notícias

0 2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 

PLENARIO - Senado aprova livre acesso de advogados a atos de processos não sigilosos

06 de dezembro de 2018

O Plenário aprovou nesta quarta-feira (5) o projeto de lei da Câmara (PLC 72/2018), que assegura aos advogados o exame e a obtenção de cópias de atos e documentos de processos e de procedimentos eletrônicos. O texto vai à sanção do presidente da República.

De acordo com a matéria, o exame dos autos por advogados, procuradores e membros do Ministério Público cadastrados poderá ocorrer em qualquer fase da tramitação. Exceção é feita apenas aos processos em sigilo ou segredo de justiça, cujo acesso é limitado aos advogados constituídos pelas partes.

O PLC 72/2018 também estabelece que é direito do advogado examinar sem procuração procedimentos em qualquer órgão dos Poderes Judiciário e Legislativo ou da Administração Pública em geral. Os profissionais podem obter cópias das peças e tomar apontamentos. A regra vale para processos eletrônicos concluídos ou em andamento.

Pelo texto, documentos digitalizados em autos eletrônicos estão disponíveis para acesso por meio de uma rede externa. O sistema de informação deve permitir que advogados, procuradores e membros do Ministério Público cadastrados acessem automaticamente todos as peças armazenadas em meio eletrônico, mesmo que não estejam vinculados ao processo específico.

A proposta eleva ao status de lei federal o conteúdo da Resolução 121, de 2010, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Para o relator, senador Hélio José (Pros-DF), o direito de ter acesso aos autos dos processos físicos ou eletrônicos não sigilosos é prerrogativa indispensável para o exercício da advocacia, que tem por objeto servir bem mais à proteção jurídica do cidadão do que aos interesses do próprio advogado.

Fonte: Senado Noticias


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
10/12/2018 - EDITAL DE PROCLAMAS Nº 233808/12/2018 - PARANAÍBA - Secretário de Obras faz balanço das ações em 2018 07/12/2018 - PARANAÍBA - Prefeitura anuncia programação natalina na Praça da República07/12/2018 - POLÍTICA - Lider rural de Aparecida do Taboado vai integrar Ministério da Agricultura07/12/2018 - EDITAL - AUTO POSTO TREVÃO07/12/2018 - PARANAÍBA - Miziara reconduzido à presidência do Cidecol06/12/2018 - PARANAÍBA - Pedrinho destaca realizações no Esporte e Lazer em 201806/12/2018 - PARANAÍBA - Lixeiras adquiridas com recursos do ICMS Ecológico06/12/2018 - CRIME ORGANIZADO - Petrobras demite funcionários com prisão decretada na Lava Jato06/12/2018 - JUSTIÇA - Energisa tem 72 horas para realizar ligação de energia elétrica na região de Ivinhema06/12/2018 - CRIME ORGANIZADO - Justiça aceita denúncia contra 26 integrantes de organização criminosa especializada em contrabando de cigarro06/12/2018 - ESTADO - MS tem a 4ª menor desigualdade social do Brasil06/12/2018 - ESTADO - Aumento de frequência e novos voos conectam MS a principais destinos do país06/12/2018 - PLENARIO - Senado aprova livre acesso de advogados a atos de processos não sigilosos06/12/2018 - COTIDIANO - Juíza recebe moção em reconhecimento a prêmio de Direitos Humanos05/12/2018 - COMBATE À CORRUPÇÃO - Três vereadores são presos em ação da polícia e Ministério Público05/12/2018 - POLÍTICA - Paulo Corrêa é o representante tucano que disputa a vaga de presidente da Assembleia Legislativa05/12/2018 - POLÍTICA - Repasse de 1% do Fundo de Participação dos Municípios renderá mais de R$ 4,2 bilhões05/12/2018 - JUSTIÇA - Justiça aceita denúncia contra 26 integrantes de organização criminosa especializada em contrabando de cigarro05/12/2018 - JUSTIÇA - Filho é condenado a mais de 10 anos de prisão por tentar matar a própria mãe Júri Popular