Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ESTADO - MS tem a 4ª menor desigualdade social do Brasil

06 de dezembro de 2018

Mato Grosso do Sul está entre os estados brasileiros com menor desigualdade social e percentual de pessoas na linha de pobreza, de acordo com a Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgada nessa quarta-feira (5.12) pelo IBGE.

O Estado obteve o quarto menor Índice Gini em 2017, na frente apenas de Santa Catarina (0,421), Rondônia (0,455) e Mato Grosso (0,481). É um dado para se comemorar, já que o Gini funciona como um termômetro da desigualdade. Quanto menor o índice, menor a desigualdade.

Criado pelo matemático italiano Conrado Gini, o índice é um instrumento para medir o grau de concentração de renda em determinado grupo. Ele aponta a diferença entre os rendimentos dos mais pobres e dos mais ricos, variando de zero a um.

O valor zero representa a situação de igualdade, ou seja, todos têm a mesma renda. O valor um está no extremo oposto, isto é, uma só pessoa detém toda a riqueza.

Mato Grosso do Sul também figura com o 8º menor percentual de pessoas na linha de pobreza. Em 2017, 18,9% da população do Estado recebia até US$ 5,5 por dia, valor considerado como linha da pobreza para o Brasil.

A diminuição da pobreza passa pela geração de oportunidades, muitas vezes proporcionada pelo poder público. O Governo do Estado tem vários programas para possibilitar formação profissional e fomento de renda como o Rede Solidária, com duas unidades em bairros carentes de Campo Grande.

Panificação é um dos cursos oferecidos pelo programa Rede Solidária.

As unidades Ruth Cardoso, no bairro Dom Antônio Barbosa, e Íria Leite Vieira, no Jardim Noroeste, promoveram o desenvolvimento de mais de 100 mil pessoas através de educação, cultura, esporte, lazer e serviços de proteção social e formação profissional.

Entre os programas sociais do Governo estadual estão ainda o Vale Universidade e o Vale Universidade Indígena, que dão mais oportunidade de acesso ao ensino superior beneficiando cerca de dois mil jovens todos os anos.

Por meio do programa, o Estado paga até 70% do valor da mensalidade na universidade privada e a instituição oferece dedução de mais 20%, ficando apenas 10% para o aluno pagar.

Fonte: Paulo Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 próximo »
20/02/2019 - ESTADO - Secretários de Agricultura do Codesul discutem vigilância sanitária, aftosa e leite com ministra18/02/2019 - CRIME - Agrônomo de Paranaíba é assassinado no Mato Grosso13/02/2019 - POLITICA - Deputado João Henrique fala na AL sobre alagamento da chuva em Paranaíba12/02/2019 - POLÍTICA - MS tem 2 ministros, de 22; e 3 presidentes de comissões no Senado, de 1312/02/2019 - POLÍTICA - Simone Tebet confirmada para a presidência da CCJ12/02/2019 - PREGÃO PRESENCIAL - ESCOLA ESTADUAL MANOEL GARCIA LEAL12/02/2019 - ESTADO - Assembleia recebe diretoria da Energisa para esclarecer aumento na conta12/02/2019 - ESTADO - Assembleia aprova Moção de Congratulação ao ministro Sergio Moro12/02/2019 - PARANAÍBA - Primeira chuva forte do ano mostra precariedade da infraestrutura da cidade11/02/2019 - RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO - INDÚSTRIA E COMERCIO DE CAFÉ MERIDIONAL LTDA11/02/2019 - ESTADO - TRE fará cadastramento biométrico obrigatório em 18 cidades de MS em 201911/02/2019 - PARANAÍBA - Através de parcerias, Santa Casa reinaugura e moderniza sala de retaguarda11/02/2019 - PARANAÍBA - Segundo ‘Verão Ativo’ tem início com disputa em várias modalidades e desafio saudável11/02/2019 - GERAL-Planalto finaliza decreto que abre caminho para documento único11/02/2019 - ESTADO-Paulo Corrêa comemora utilização de Fundo Estadual para Pagamento de Serviços Ambientais08/02/2019 - ESTADO - CCJR da Assembleia Legislativa terá reunião com a Energisa08/02/2019 - RENOVAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL - J. A. COSTA JUNIOR & CIA LTDA - FILIAL07/02/2019 - ESTADO - João Henrique Catan faz seu primeiro pronunciamento na ALMS06/02/2019 - ESTADO - Em uma semana PM apreende mais de três toneladas de drogas e recupera 46 veículos05/02/2019 - GERAL - Beto discute saúde indígena com secretários do Estado e de Campo Grande