Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

CRIME ORGANIZADO - Petrobras demite funcionários com prisão decretada na Lava Jato

06 de dezembro de 2018

A Petrobras divulgou na noite de ontem (5) que demitiu por justa causa os funcionários "contra quem existem fortes evidências de envolvimento em irregularidades apuradas no âmbito da 57ª Fase da Operação Lava Jato". Batizada de Sem Limites, a etapa da operação deflagrada ontem contava com dois mandados de prisão contra funcionários que continuavam atuando na companhia.

Segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, funcionários da estatal receberam propina para alterar valores na compra e venda de petróleo e derivados com empresas estrangeiras. Os suspeitos também teriam realizado negócios irregulares de locação de tanques de armazenagens e, com alterações de centavos na negociação de cada barril, o esquema envolvia milhões de dólares devido à grande quantidade de combustível movimentada diariamente.

Foram decretados ao todo 11 mandados de prisão preventiva. Um dos funcionários que continuava na companhia atuava em Houston, nos Estados Unidos, em uma das representações da Petrobras no Exterior. Foi emitido um alerta para Interpol contra ele. O outro suspeito trabalhava em uma das sedes da empresa no Rio de Janeiro, mas não foi preso porque está hospitalizado.

As negociações no exterior eram com grandes empresas chamadas do setor, entre elas a Vitol, a Glencore e a Trafigura. Segundo a Petrobras, será feita uma "nova avaliação para revisão do Grau de Risco de Integridade (GRI) das empresas implicadas e, onde se fizer necessário, e de acordo com seu processo de Due Diligence de Integridade, reclassificá-las".

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
01/06/2020 - POLÍTICA - Bolsonaro pede que apoiadores não saiam às ruas no próximo domingo01/06/2020 - SAÚDE - Brasil ainda não chegou ao pico da pandemia, revela OMS01/06/2020 - POLÍTICA - Deputado da base de Bolsonaro xinga e ameaça atirar em manifestantes01/06/2020 - ESTADO - MS tem 880 casos suspeitos de coronavírus ‘enrolados’ nas secretarias municipais de saúde01/06/2020 - ECONOMIA - Com pandemia, lojistas apostam em promoções para tentar ‘salvar’ Dia dos Namorados01/06/2020 - ESTADO - Dengue já matou 37 em MS durante 2020, e Saúde investiga mais 6 óbitos01/06/2020 - ESTADO - Em MS, fila do INSS tem 24,4 mil esperando e prazo para benefício chega a 65 dias01/06/2020 - ESTADO - Psicologa de MS usa recurso do Facebook e atende de graça durante pandemia de covid-1901/06/2020 - ESTADO - Começa junho com 79 novos casos de coronavírus e total de 1.568 infectados01/06/2020 - COTIDIANO - Está com sobrepeso? Aprenda 5 passos para a sua rotina e reduzir riscos do coronavírus 01/06/2020 - POLICIAL - Mãe é denunciada por maus-tratos após levar bebê de 1 ano a festa com som alto01/06/2020 - POLICIAL - Esposa ‘arrebenta’ cadeira na cabeça do marido durante briga em festa01/06/2020 - POLICIAL - Fazendeiro é multado em R$ 10 mil por erosões causando assoreamento de córregos01/06/2020 - POLICIAL - Homem tenta matar ex com garrafa quebrada e foge antes da polícia chegar01/06/2020 - POLICIAL - Dois são detidos após denúncia de som alto e tentativa de agredir policiais01/06/2020 - NACIONAL - Bolsonaro vai a manifestação e cumprimenta apoiadores que fazem críticas a STF01/06/2020 - POLICIAL - Mulher é esfaqueada e tem celular destruído durante discussão31/05/2020 - ESTADO - Costa Rica tem primeiro caso confirmado do novo coronavírus31/05/2020 - ESTADO - Projeções se confirmam e MS entra em ciclo de aumento nos casos de coronavírus31/05/2020 - POLICIAL - Agricultor é preso em flagrante com espingarda de caça