Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

CRIME ORGANIZADO - Petrobras demite funcionários com prisão decretada na Lava Jato

06 de dezembro de 2018

A Petrobras divulgou na noite de ontem (5) que demitiu por justa causa os funcionários "contra quem existem fortes evidências de envolvimento em irregularidades apuradas no âmbito da 57ª Fase da Operação Lava Jato". Batizada de Sem Limites, a etapa da operação deflagrada ontem contava com dois mandados de prisão contra funcionários que continuavam atuando na companhia.

Segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, funcionários da estatal receberam propina para alterar valores na compra e venda de petróleo e derivados com empresas estrangeiras. Os suspeitos também teriam realizado negócios irregulares de locação de tanques de armazenagens e, com alterações de centavos na negociação de cada barril, o esquema envolvia milhões de dólares devido à grande quantidade de combustível movimentada diariamente.

Foram decretados ao todo 11 mandados de prisão preventiva. Um dos funcionários que continuava na companhia atuava em Houston, nos Estados Unidos, em uma das representações da Petrobras no Exterior. Foi emitido um alerta para Interpol contra ele. O outro suspeito trabalhava em uma das sedes da empresa no Rio de Janeiro, mas não foi preso porque está hospitalizado.

As negociações no exterior eram com grandes empresas chamadas do setor, entre elas a Vitol, a Glencore e a Trafigura. Segundo a Petrobras, será feita uma "nova avaliação para revisão do Grau de Risco de Integridade (GRI) das empresas implicadas e, onde se fizer necessário, e de acordo com seu processo de Due Diligence de Integridade, reclassificá-las".

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
25/04/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 255325/04/2019 - POLÍTICA - MP sobre empréstimos a santas casas é aprovada também no Senado25/04/2019 - INTERNACIONAL - Atentados causam fechamento de igrejas no Sri Lanka25/04/2019 - ESTADO - Deputados devem votar cinco projetos na sessão ordinária desta quinta-feira25/04/2019 - ESTADO - Paulo Corrêa participa de posse do presidente do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais25/04/2019 - ECONOMIA - Bancos compartilharão dados de clientes com integração de plataformas25/04/2019 - ESTADO - Procon realiza pesquisa de produtos de higiene e limpeza e registra diferença de até 259% nos preços25/04/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N°255124/04/2019 - GERAL - Bolsonaro tem pior avaliação entre presidentes eleitos em começo de 1º mandato24/04/2019 - ESTADO - Deputado vai à Brasília discutir com Tereza prazo de financiamento agrícola24/04/2019 - ESTADO - ALMS participa de audiência pública sobre Maio Laranja em Três Lagoas24/04/2019 - GERAL - Morador sem água em Mariana pode ter indenização de R$ 10 mil, diz MP24/04/2019 - ECONOMIA - Etanol deve alcançar recorde de produção com 33,14 bilhões de litros24/04/2019 - INTERNACIONAL - Putin quer retomar negociações de programa nuclear com Coreia do Norte24/04/2019 - POLÍTICA - CCJ aprova parecer a favor da reforma da Previdência24/04/2019 - SAÚDE - Saúde é tema de ações realizadas hoje em quatro câmpus da UFMS, incluindo Paranaíba24/04/2019 - ESTADO - Penitenciária Feminina de Rio Brilhante ganha novos espaços para reforçar segurança e ressocialização23/04/2019 - ESTADO - Morre Rubens Catenacci, pecuarista de MS referência na produção de bezerros de qualidade23/04/2019 - POLÍTICA - Sérgio de Paula é o nome de consenso para assumir a presidência do PSDB em Mato Grosso do Sul22/04/2019 - ESTADO - Rodovias federais em MS não registram mortes no feriadão