Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

JUSTIÇA - Juíza da Capital é a primeira desembargadora eleita por merecimento

12 de dezembro de 2018

1212201801

Sexta mulher a compor a mais alta Corte de Justiça do Poder Judiciário sul-mato-grossense, Elizabete Anache é a primeira juíza a alcançar a função de desembargadora pelo critério merecimento.

A votação no concurso de promoção para o cargo de desembargador, que a levou ao mais alto posto da justiça sul-mato-grossense, foi realizada na sessão desta quarta-feira (12) do Tribunal Pleno.

Ao final de uma votação rápida, o Des. Divoncir Schreiner Maran proclamou a juíza como promovida e anunciou os outros dois nomes que compuseram a lista tríplice: Fernando Paes da Campos e Luiz Antonio Cavassa de Almeida. A solenidade de posse da agora Desa Elizabete Anache será em janeiro de 2019.

Elizabete Anache, que assume a vaga resultante do falecimento do Des. Manoel Mendes Carli, nasceu em Campo Grande e ingressou na magistratura em fevereiro de 1994, na 1ª circunscrição, depois de ser aprovada no XVI concurso de provas e títulos. Uma promoção em novembro do mesmo ano, levou a juíza para a comarca de Bataguassu.

Em novembro de 1996, foi promovida para Bela Vista, comarca de segunda entrância. Por remoção, em julho de 2000, passou a judicar em Aquidauana. Em novembro do ano seguinte, a juíza foi promovida para Campo Grande e titularizou a 1ª Vara de Família e Sucessões da Capital, que é comarca de entrância especial.

Em junho de 2009, por remoção, deixou a 1ª Vara de Família para titularizar a 17ª Vara Cível Virtual, onde permaneceu até a promoção para desembargadora. Integrou a Turma Recursal por dois anos.

Foi juíza auxiliar da presidência do TJMS nas gestões 2009/2010 e 2011/2012. Em 2014, ocupou a função de juíza auxiliar da presidência do TJMS novamente e juiz auxiliar da Corregedoria Geral de Justiça, onde permaneceu até janeiro de 2017. Atualmente integra o Tribunal Regional Eleitoral de MS (TRE/MS) na classe juiz de direito e é também a ouvidora eleitoral do Estado.

Ao ser questionada sobre a responsabilidade de ser a sexta mulher a ocupar uma vaga de desembargadora e a primeira por merecimento, Elizabete afirmou estar muito feliz por ser a promoção o coroamento da carreira.

“Espero corresponder às expectativas do jurisdicionado diante da grande responsabilidade que terá ao atuar em segundo grau, além de representar o aumento da participação feminina na composição do Tribunal de Justiça de MS. Não posso deixar de salientar minha admiração ao trabalho e à personalidade do Des. Manoel Carli, assim, não medirei esforços para honrar seu nome ao sucedê-lo tão precocemente”, afirmou.

Fonte: TJ - MS


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
23/07/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 258023/07/2019 - PARANAÍBA - Paranaíba recebe R$500 mil para investimentos na saúde23/07/2019 - ECONOMIA - Abono do PIS/Pasep começa a ser pago nesta quinta23/07/2019 - ECONOMIA - Governo trabalha para evitar paralisação de serviços, diz secretário23/07/2019 - GERAL - Celular do ministro Paulo Guedes é hackeado22/07/2019 - POLÍTICA - Bolsonaro diz que apoia suspensão da tabela do frete22/07/2019 - GERAL - Ministro pede que ANTT suspenda novas regras para frete mínimo22/07/2019 - ECONOMIA - Com crise econômica, previdência privada vive momento de estagnação22/07/2019 - ESTADO - Reinaldo veta lei que criava site para registrar maus-tratos a animais22/07/2019 - INTERNACIONAL - Ataque violento contra manifestantes gera revolta em Hong Kong22/07/2019 - SAÚDE - Número de pacientes com hepatite cresce 20% em 10 anos no Brasil19/07/2019 - CHAMADA - ALTERAÇÃO DE TITULARIDADE AQUA GRANDE19/07/2019 - CHAMADA PÚBLICA DA ESCOLA ESTADUAL WLADISLAU GARCIA GOMES19/07/2019 - ESPORTE - Barcelona vai oferecer R$ 420 milhões mais dois jogadores por Neymar19/07/2019 - GERAL - Operação da Receita Federal identifica grupo que sonegava impostos19/07/2019 - POLÍTICA - Governo lista 47 ações realizadas em 200 dias de gestão 19/07/2019 - GERAL - Distribuidoras poderão vender gás de cozinha diretamente ao consumidor19/07/2019 - INTERNACIONAL - Pedidos de refúgio aumentam 6% na Alemanha19/07/2019 - EDUCAÇÃO - Canditados na lista de espera do ProUni devem comprovar informações19/07/2019 - ESTADO - Justiça concederá danos morais a paciente que aguardar mais de 60 dias por radioterapia