Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ESTADO - Governo estadual suspende benefícios fiscais concedidos ao Marfrig em MS

19 de dezembro de 2018

1912201801

O governo do Estado suspendeu o benefício fiscal concedido ao frigorífico Marfrig Global Foods, companhia de alimentos a base de proteína animal com unidade em dois municípios de Mato Grosso do Sul. Em novembro, a empresa foi citada por possível envolvimento em esquema de pagamento de propinas em troca de incentivos tributários, investigada pela Polícia Federal na Lama Asfáltica. A empresa tem unidades em Bataguassu e Paranaíba.

O decreto foi publicado hoje, no Diário Oficial, assinado pelo secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck. Pelo texto, consta que o benefício fiscal suspenso por meio do termo de acordo 118/2007 foi suspenso com base no Artigo 21 da Lei Complementar 93, que considera a punição por descumprimento de projeto básico do empreendimento econômico, combinado com decreto 10.0634/2001, relacionado “a matéria de natureza ambiental”.

No dia 29 de novembro deste ano, a Polícia Federal deflagrou Operação Computadores de Lama, desdobramento da Lama Asfáltica, que investiga desvio de recursos públicos, superfaturamento de contratos e concessão de benefícios fiscais em troca de propina.

Na 6ª fase, o grupo JBS e Marfrig figuram como pagadores de propinas em troca de incentivos fiscais, mas as empresas são investigadas pela Polícia Federal em fases anteriores. Na Papiros de Lama, os frigoríficos foram citados pelo pecuarista Ivanildo Miranda, delator da Lama Asfáltica, que disse operar como elo entre as empresas e o então governador André Puccinelli para repasse da propina.

O Campo Grande News entrou em contato com a secretaria de Meio Ambiente e a empresa Marfrig no início da manhã, mas não recebeu retorno.

Fonte: Campo Grande News


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 próximo »
19/03/2019 - PARANAÍBA - Unidades de saúde funcionarão em horário especial nesta quarta-feira19/03/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 253319/03/2019 - ECONOMIA - Paulo Guedes pede que empresários dos EUA invistam no Brasil19/03/2019 - INTERNACIONAL- Bolsonaro e Trump se reúnem hoje na Casa Branca19/03/2019 - GERAL - Polícia apreende menor de idade suspeito de organizar ataque em Suzano19/03/2019 - ESTADO - UFMS lança novo edital para contratação de professores substitutos em processo seletivo19/03/2019 - ESTADO - Beneficiários do BPC têm direito a desconto na conta de energia elétrica18/03/2019 - ESTADO - Comitê que enfrenta violência sexual trabalha na prevenção e mobilização contra o crime em MS18/03/2019 - INTERNACIONAL - Maduro pede renúncia de ministros, após apagão 18/03/2019 - GERAL - Prisão de Livânia Farias: Virgolino enaltece trabalho do Gaeco e Ministério Público 18/03/2019 - ESTADO - Semana começa com quatro concursos públicos e salários de até R$ 9,8 mil em MS15/03/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 253015/03/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N°253415/03/2019 - PARANAÍBA - ‘Minha vida melhorou muito’, diz grávida que participou de curso de gestantes15/03/2019 - PARANAÍBA - Jovens participam de oficina de esportes e lutas no Cras Maria Félix da Silva15/03/2019 - PARANAÍBA - ‘Mais conforto e comodidade’, afirma paciente que viajou em van nova da Saúde15/03/2019 - PARANAÍBA - Paranaíba propõe união de cidades da região para fortalecer turismo do ‘Vale do Aporé’15/03/2019 - GERAL - Após tragédia, polícia tenta descobrir motivação e detalhes do crime15/03/2019 - INTERNACIONAL - Venezuela anuncia restabelecimento total do serviço elétrico15/03/2019 - ESTADO - Alerta de tempestade: 70 cidades de MS recebem aviso para esta sexta-feira