Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ESTADO - Governo estadual suspende benefícios fiscais concedidos ao Marfrig em MS

19 de dezembro de 2018

1912201801

O governo do Estado suspendeu o benefício fiscal concedido ao frigorífico Marfrig Global Foods, companhia de alimentos a base de proteína animal com unidade em dois municípios de Mato Grosso do Sul. Em novembro, a empresa foi citada por possível envolvimento em esquema de pagamento de propinas em troca de incentivos tributários, investigada pela Polícia Federal na Lama Asfáltica. A empresa tem unidades em Bataguassu e Paranaíba.

O decreto foi publicado hoje, no Diário Oficial, assinado pelo secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck. Pelo texto, consta que o benefício fiscal suspenso por meio do termo de acordo 118/2007 foi suspenso com base no Artigo 21 da Lei Complementar 93, que considera a punição por descumprimento de projeto básico do empreendimento econômico, combinado com decreto 10.0634/2001, relacionado “a matéria de natureza ambiental”.

No dia 29 de novembro deste ano, a Polícia Federal deflagrou Operação Computadores de Lama, desdobramento da Lama Asfáltica, que investiga desvio de recursos públicos, superfaturamento de contratos e concessão de benefícios fiscais em troca de propina.

Na 6ª fase, o grupo JBS e Marfrig figuram como pagadores de propinas em troca de incentivos fiscais, mas as empresas são investigadas pela Polícia Federal em fases anteriores. Na Papiros de Lama, os frigoríficos foram citados pelo pecuarista Ivanildo Miranda, delator da Lama Asfáltica, que disse operar como elo entre as empresas e o então governador André Puccinelli para repasse da propina.

O Campo Grande News entrou em contato com a secretaria de Meio Ambiente e a empresa Marfrig no início da manhã, mas não recebeu retorno.

Fonte: Campo Grande News


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
20/08/2019 - Parceria deve tornar Paranaíba ‘centro’ de microrregião para exames de ressonância20/08/2019 - ESTADO -João Henrique conquista novas vitórias na Assembleia Legislativa de MS20/08/2019 - ESTADO - Ministério da Saúde encaminha 20 mil doses de vacina contra sarampo para MS20/08/2019 - INTERNACIONAL - Argentina: novo ministro das Finanças prevê estabilidade do dólar20/08/2019 - POLÍTICA - Marinho: reforma da Previdência pode recuperar confiança na economia20/08/2019 - ECONOMIA - Presidente da Petrobras defende mudança na legislação do pré-sal20/08/2019 - GERAL - Nova carteira de identidade começa a ser emitida hoje em São Paulo20/08/2019 - Ministro vem a MS para reunião sobre Corredor Bioceânico na quinta-feira19/08/2019 - ESTADO - Frente fria avança em MS e Inmet faz alerta sobre queda brusca de temperatura19/08/2019 - GERAL - Paraguai destrói 9 hectares com 27 toneladas de maconha na fronteira19/08/2019 - ECONOMIA - Agropecuária nordestina ganha plano de ação para o desenvolvimento19/08/2019 - INTERNACIONAL - Hong Kong permanece sob tensão contra projeto de lei sobre extradição19/08/2019 - EDUCAÇÃO - ProUni: não matriculados têm até hoje para pedir bolsas remanescentes19/08/2019 - GERAL - Cinemas têm até janeiro para garantir acessibilidade a cegos e surdos19/08/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 259319/08/2019 - Em Paranaíba - Femuspar encerra inscrições amanhã19/08/2019 - Paranaíba - Prefeitura repassa mais de R$ 630 mil a Santa Casa19/08/2019 - Paranaíba - Rose Modesto anuncia R$1 milhão em emenda19/08/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 259217/08/2019 - Modernidade: Vários pontos da cidade devem ganhar iluminação de led