Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

GERAL - Policiais apreendem armas e mais de R$ 400 mil em casa de João de Deus

19 de dezembro de 2018

1912201806

Policiais civis de Goiás apreenderam pouco mais de R$ 400 mil e cinco armas de fogo em uma das residências do médium goiano João Teixeira de Faria, o João de Deus. Parte do dinheiro e o armamento estavam guardados no fundo falso de um guarda-roupa, em um quarto de uma das casas que o médium mantém em Abadiânia (GO).

Segundo o delegado-geral da Polícia Civil de Goiás, André Fernandes, um dos revólveres tinha a numeração raspada. Junto com as cinco armas, havia também uma pistola de brinquedo. O dinheiro apreendido reúne notas de dólares, euros, pesos argentinos, francos suíços e reais cuja origem ainda será investigada.

Hoje (19), ao falar com jornalistas sobre o resultado do cumprimento de mandados de busca e apreensão executados ontem(18), em três endereços ligados ao médium, o delegado-geral classificou a operação como “exitosa”.

Entre os locais onde a Justiça autorizou a realização de buscas e apreensões está o centro espírita Casa Dom Inácio de Loyola, onde, desde 1976, João de Deus oferece consultas, aconselhamento e cirurgias espirituais, além de vender produtos que ele próprio prescreve a seus seguidores. No local, os policiais revistaram os setores administrativos, os locais de oração e áreas reservadas do imóvel. Além disso, peritos buscaram vestígios de sêmen e sangue. O laudo técnico deve ser divulgado em breve.

“Estes objetos [apreendidos] são importantes para a elucidação da nossa investigação”, comentou Fernandes, acrescentando que os policiais também apreenderam documentos, aparelhos celulares e outros objetos cuja relevância investigativa ainda vai ser analisada.

“Ainda não sabemos o motivo para ele manter este armamento e esta quantidade considerável de dinheiro em sua residência”, declarou o delegado-geral, assegurando que toda a ação policial foi acompanhada por membros do Ministério Público de Goiás e por advogados de defesa de João de Deus.

João de Deus está preso em caráter preventivo desde o último domingo (16), quando ele se entregou às autoridades policiais. Ele está em uma cela de 16 metros quadrados do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (GO). Ontem à tarde, a Justiça goiana negou o pedido de liminar apresentado pela defesa do médium, que tenta transformar a prisão preventiva em prisão domiciliar com uso tornozeleira. O advogado Alberto Toron já antecipou à imprensa que vai recorrer da decisão ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele alega que seu cliente tem idade avançada e problemas de saúde

Denunciado por crimes sexuais, João de Deus diz que é inocente. Na semana passada, ao fazer sua primeira aparição pública desde que as primeiras denúncias começaram a vir à público, o médium disse que estava nas mãos da Justiça. Segundo o Ministério Público de Goiás (MP-GO), até a noite da última segunda-feira (17), 506 mulheres já tinham entrado em contato com o MP estadual a fim de denunciar o médium ou obter orientações sobre como agir.

O MP goiano, no entanto, destaca que ainda não é possível afirmar se todos os contatos serão convertidos em inquéritos

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 próximo »
19/03/2019 - PARANAÍBA - Unidades de saúde funcionarão em horário especial nesta quarta-feira19/03/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 253319/03/2019 - ECONOMIA - Paulo Guedes pede que empresários dos EUA invistam no Brasil19/03/2019 - INTERNACIONAL- Bolsonaro e Trump se reúnem hoje na Casa Branca19/03/2019 - GERAL - Polícia apreende menor de idade suspeito de organizar ataque em Suzano19/03/2019 - ESTADO - UFMS lança novo edital para contratação de professores substitutos em processo seletivo19/03/2019 - ESTADO - Beneficiários do BPC têm direito a desconto na conta de energia elétrica18/03/2019 - ESTADO - Comitê que enfrenta violência sexual trabalha na prevenção e mobilização contra o crime em MS18/03/2019 - INTERNACIONAL - Maduro pede renúncia de ministros, após apagão 18/03/2019 - GERAL - Prisão de Livânia Farias: Virgolino enaltece trabalho do Gaeco e Ministério Público 18/03/2019 - ESTADO - Semana começa com quatro concursos públicos e salários de até R$ 9,8 mil em MS15/03/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 253015/03/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N°253415/03/2019 - PARANAÍBA - ‘Minha vida melhorou muito’, diz grávida que participou de curso de gestantes15/03/2019 - PARANAÍBA - Jovens participam de oficina de esportes e lutas no Cras Maria Félix da Silva15/03/2019 - PARANAÍBA - ‘Mais conforto e comodidade’, afirma paciente que viajou em van nova da Saúde15/03/2019 - PARANAÍBA - Paranaíba propõe união de cidades da região para fortalecer turismo do ‘Vale do Aporé’15/03/2019 - GERAL - Após tragédia, polícia tenta descobrir motivação e detalhes do crime15/03/2019 - INTERNACIONAL - Venezuela anuncia restabelecimento total do serviço elétrico15/03/2019 - ESTADO - Alerta de tempestade: 70 cidades de MS recebem aviso para esta sexta-feira