Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ESTADO - Índices de esclarecimentos de crimes no MS equivalem a resultados de países de 1º mundo

03 de janeiro de 2019

0301201904

A Polícia Civil apresentou nesta quarta-feira (2.01) o balanço das ações desenvolvidas no ano de 2018, em Mato Grosso do Sul. Embora o ideal seria que os crimes não ocorressem, os dados divulgados mostram a atuação repressiva dos policiais civis com o registro de 238.274 ocorrências, que resultaram na conclusão de 74.539 investigações, recuperação 2.551 veículos roubados ou furtados, 20.992 pessoas presas, apreensão de mais de 24 mil armas de fogo e munições, além de 335,7 toneladas de entorpecentes. A instituição está presente nos 79 municípios do Estado.

Um dos grandes destaques do trabalho desenvolvido pela instituição no Estado, está relacionado ao quesito elucidação dos crimes, entre eles os feminicídios, com 100% dos casos esclarecidos. Na sequência estão os latrocínios, que chega à casa dos 75% e os homicídios com 62%. Os índices são equivalentes a resultados de países de primeiro mundo.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Marcelo Vargas, a resolutividade de crimes reflete números positivos e decorrem dos investimentos que o Governo têm feito na melhoria da segurança pública, com investimentos que ultrapassam a ordem de R$ 120 milhões, por meio do programa MS Mais Seguro, em recursos humanos, equipamentos e viaturas, dando suporte ao desenvolvimento dos trabalhos da Polícia Judiciária.

“O Estado possui uma das maiores médias quando se trata da resolução de crimes contra a vida, superando números de países de primeiro mundo. O que coloca a Polícia Civil do Mato Grosso do Sul como uma das mais efetivas instituições do País. Atuamos de forma incansável quando nos deparamos com este tipo de ação criminosa, pois o principal foco da instituição é a preservação da vida, que não é algo que possa ser recuperado depois do crime ocorrido”, concluiu.

Fonte: Portal MS


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
25/06/2019 - ESPORTE - Brasil pega o Paraguai nas quartas de final da Copa América25/06/2019 - ESTADO - Atuação das polícias e investimentos públicos reduzem criminalidade em 16,78% no Estado25/06/2019 - PARANAÍBA - Concurso público deve ser lançado nos próximos dias25/06/2019 - GERAL - Os políticos são nossos empregados”, diz o cantor Jorge Vercillo25/06/2019 - INTERNACIONAL - Papa Francisco vai visitar o Japão em novembro25/06/2019 - ECONOMIA - Guedes diz que preço do gás pode cair 40% e PIB industrial crescer 8,46%25/06/2019 - GERAL - Cartórios devem informar óbitos em até 24 horas, diz Bolsonaro24/06/2019 - POLÍTICA - Sergio Moro adia ida à Câmara para falar sobre troca de mensagens24/06/2019 - POLÍTICA - Governo deve apresentar mudanças na reforma da Previdência24/06/2019 - JUSTIÇA - Segunda Turma do STF adia julgamento de habeas corpus de Lula24/06/2019 - ECONOMIA - Brasileiros esperam inflação de 5,4% nos próximos 12 meses, diz FGV24/06/2019 - PARANAÍBA - ‘Eu dependo e garanto que é mais conforto’, diz paciente que andou em veículo novo da saúde24/06/2019 - PARANAÍBA - Tradicional cavalgada deve reunir mais de dez mil pessoas24/06/2019 - ESTADO - Governo sanciona reajuste de 2,1% no salário dos servidores do TCE24/06/2019 - GERAL - Educação abre cadastro de vagas para cursos técnicos de nível médio24/06/2019 - INTERNACIONAL - EUA buscam coalizão global contra Irã24/06/2019 - GERAL - Jogos de hoje definem adversário do Brasil nas quartas de final24/06/2019 - SAÚDE - Mais Médicos é reforçado em mais de mil municípios21/06/2019 - GERAL - Novo presidente dos Correios fala em fortalecimento da instituição21/06/2019 - INTERNACIONAL - Brasília comemora o Dia Internacional da Ioga