Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ESTADO - Comarca de Três Lagoas supera países europeus na resolução de homicídios

14 de janeiro de 2019

1401201902

De acordo com o último Atlas da Violência, produzido pelo IPEA e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o Brasil atingiu a marca histórica de 62.517 homicídios somente no ano de 2016. Não bastasse o número de mortes similar ao de países em guerra, a taxa de resolução de homicídios pela força policial brasileira, segundo dados oficiais da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública, estima-se, encontra-se na irrisoriedade dos 5% a 8%, favorecendo, assim, o sentimento de impunidade e, por consequência, o aumento da criminalidade.

Na contramão, porém, do crescimento nacional da violência, a comarca de Três Lagoas, no interior de MS, apresentou em 2018 uma queda de 16% nos crimes de homicídio doloso consumado, quando comparado com o ano de 2017, ocupando, assim, o primeiro lugar no ranking dos municípios de MS que mais reduziram os índices de criminalidade, ao lado de Dourados e de Nova Andradina.

De acordo com dados da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, Mato Grosso do Sul teve no ano passado o índice de 62% de resolução dos homicídios, sendo o Estado com o maior percentual de êxito nas investigações de crimes dolosos contra a vida do país.

Três Lagoas, contudo, segundo os dados levantados pelo Núcleo Regional de Inteligência da Polícia Militar, além de diminuir os casos de homicídios consumados no ano de 2018, conseguiu outro feito, qual seja, o de atingir a surpreendente taxa de 96% de esclarecimento desses mesmos delitos, superando o já considerável percentual de 90% de elucidação obtido nos anos de 2016 e de 2017. Isso quer dizer que apenas 1 caso de homicídio no município ficou sem elucidação durante todo o ano passado.

Referida comarca, deste modo, supera a taxa de resolução de crimes de países tidos como desenvolvidos, entre eles, Estados Unidos (65%), França (80%) e Reino Unido (90%). Além deste feito histórico a se celebrar, é digno de menção que a comarca encontra-se há mais de 2 meses sem o registro de qualquer crime de homicídio, seja tentado ou consumado.

Para o juiz da 1ª Vara Criminal de Três Lagoas e corregedor dos presídios da comarca, Rodrigo Pedrini Marcos, “os números apresentados pela cidade são fruto da integração das forças de segurança, e do investimento feito no setor de inteligência da polícia militar, o que já está em consonância com as novas políticas nacionais de segurança pública do governo federal pelo Ministério da Justiça”.

Ressalta o magistrado que no ano de 2018 houve três grandes operações policiais conjuntas, que elucidaram crimes de homicídios e correlatos cometidos por integrantes de facções criminosas (Katagogís, Hidra de Lerna e Nêmesis) e contribuíram sobremaneira para o efetivo combate à criminalidade.

Pedrini destaca, igualmente, que “a diminuição da criminalidade possui relação direta com o crescimento da taxa de resolução de crimes. À medida que há a devida resposta das polícias, do Ministério Público e do Poder Judiciário aos crimes cometidos na comarca, enfraquece-se o sentimento de impunidade e, por consequência, diminuem-se os casos de infração à lei penal”.

Fonte: Portal do MS


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
23/08/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 259723/08/2019 - Nessa sexta-feira (23/08), em comemoração ao “Dia do Soldado”23/08/2019 - Polícia Militar prende homem por receptação de celular furtado em Paranaíba23/08/2019 - ESTADO - Governo de MS muda lei estadual e ‘recebe’ trecho de rodovia que vai privatizar23/08/2019 - ESTADO - Governo de MS altera lei e órgãos essenciais devem prestar atendimento em Libras23/08/2019 - INTERNACIONAL - Rússia envia seu primeiro robô humanoide ao espaço23/08/2019 - GERAL - Imigrantes investiram R$ 1,5 bi no Brasil em sete anos23/08/2019 - POLÍTICA - Países usam incêndios para tentar prejudicar o Brasil, diz Bolsonaro22/08/2019 - EDITAL DA ESCOLA ESTADUAL MANOEL GARCIA LEAL22/08/2019 - INTERNACIONAL - EUA querem saída de Maduro e Juan Guaidó diz que regime se contradiz22/08/2019 - ECONOMIA - Privatização da Eletrobras não prevê "ação de ouro", diz ministro22/08/2019 - LICENÇA AMBIENTAL DIESELBRAS 22/08/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 259422/08/2019 - ESTADO - Projetos do MS serão apresentados no Fórum Nacional de Habitação em Foz do Iguaçu22/08/2019 - GERAL - Traficante tenta esconder droga em tanque de combustível de caminhão, mas acaba preso22/08/2019 - PARANAÍBA - Vacina BCG passa por adequação em Paranaíba22/08/2019 - GERAL - Vereadores de BH aprovam pedido de indiciamento da Vale em CPI22/08/2019 - POLÍTICA - Câmara aprova projeto que amplia posse de arma em propriedade rural21/08/2019 - Paranaíba - “Operação Bairro Seguro”21/08/2019 - Polícia Militar e profissionais integrantes da “Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica” realizam blitz alusiva à campanha “Agosto Lilás” em Paranaíba