Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

JUSTIÇA - Justiça bloqueia bens de Alckmin e de executivos ligados a Odebrecht

16 de abril de 2019

1603

A Justiça de São Paulo bloqueou hoje (15) bens, contas bancárias e veículos em nome do ex-governador Geraldo Alckmin, e de quatro executivos ligados a empreiteira Odebrecht. Na decisão, do juiz da 13ª Vara de Fazenda Pública do Tribunal de Justiça de São Paulo, Alberto Alonso Munoz, é requerido o bloqueio até o limite de R$ 39,7 milhões.

“[Determino] o bloqueio de todos os veículos licenciados em nome dos demandados, por intermédio do Sistema Renajud; o bloqueio de todas as contas-correntes e aplicações financeiras dos demandados, por intermédio do sistema Bacenjud, até o total de R$ 39.749.874,00”, diz trecho da decisão.

Na ação do Ministério Público de São Paulo que pediu o bloqueio dos bens, Alckmin é acusado do recebimento de R$ 7,8 milhões da Construtora Odebrecht em doações não declaradas à Justiça Eleitoral para a campanha ao governo estadual em 2014. O valor não está corrigido.

A própria Odebrecht também é acusada na ação de praticar atos de corrupção. De acordo com a ação, foram feitos nove pagamentos em dinheiro vivo de abril a outubro de 2014. Os recursos eram repassados em um hotel a um emissário do responsável pelas finanças da campanha de Alckmin.

Geraldo Alckmin participa de reunião da Executiva Nacional do PSDB, para avaliação do resultado das eleições e definição da posição partidária frente ao segundo turno na eleição presidencial e nos estados.

A ação, segundo o MP, foi baseada nas provas colhidas pela Operação Lava Jato na Justiça Federal. “Da análise dessa prova compartilhada pelo juízo da 9ª Vara Criminal da Justiça Federal em São Paulo também se percebe, com absoluta facilidade, que este esquema ilícito perdurou por quase uma década, tendo como destinatários das vantagens indevidas agentes públicos e candidatos a cargos nas administrações municipais, estaduais e federal”, disse o promotor e autor da ação, Ricardo Manuel Castro, em setembro do ano passado, quando a ação foi proposta.

A Odebrecht foi procurada, mas ainda não respondeu. A reportagem não conseguiu contato com a assessoria do ex-governador. Quando a ação foi proposta pelo Ministério Público, em setembro de 2018, a defesa de Alckmin contestou o embasamento da ação. “Não há fato novo, apenas uma conclusão equivocada e um comportamento inusual. O promotor, inexplicavelmente, sugere algo que não existe e que jamais alguém tenha sequer cogitado”.

 

0007 Volte sorrir 710

Fonte: Mídia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
22/05/2019 - PARANAÍBA - Com recorde de público, ‘Brincar’ agrada pais e filhos em Paranaíba22/05/2019 - POLÍTICA - Câmara aprova MP que amplia capital estrangeiro na aviação22/05/2019 - ESTADO - Seis projetos estão previstos para serem votados na sessão desta quarta-feira22/05/2019 - ECONOMIA - Consumidores acreditam em inflação de 5,4% nos próximos 12 meses22/05/2019 - ESTADO - Ciclista é atingido por moto em rodovia e morre quatro horas depois em hospital22/05/2019 - ESTADO - Motorista de aplicativo é feito refém e fica em poder de bandidos por 13 horas22/05/2019 - INTERNACIONAL - Facebook apaga fake news e contas de extrema-direita21/05/2019 - ESTADO - A 10 dias do fim da campanha, 530 mil pessoas se vacinaram contra gripe em MS21/05/2019 - ESTADO - Com indicativo de reajuste zero, deputado defende aumento para quem ganha menos21/05/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 256121/05/2019 - GERAL - Subida do nível do mar preocupa cientistas21/05/2019 - POLÍTICA - Bolsonaro preside hoje reunião de ministros no Palácio da Alvorada21/05/2019 - ESTADO - Inscrições abertas para exame de proficiência em Língua Estrangeira da UEMS21/05/2019 - ESTADO -Termina hoje prazo para cadastro e concorrência de moradias da Agehab20/05/2019 - ESTADO - Confira os finalistas da Etapa de Três Lagoas dos Jogos Escolares da Juventude de MS20/05/2019 - ESTADO - UEMS abre inscrições para vagas destinadas a portadores de diploma20/05/2019 - ESTADO - Gerson ressalta importância e revela proximidade do prazo de vigência do Fundeb17/05/2019 - GERAL - PF faz ação contra distribuição de vídeos de abuso sexual infantil17/05/2019 - INTERNACIONAL - Coreia do Norte: seca poderá agravar escassez de alimentos17/05/2019 - POLÍTICA - Guimarães: financiamento para baixa renda na habitação está garantido