Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

POLÍTICA - Sérgio de Paula é o nome de consenso para assumir a presidência do PSDB em Mato Grosso do Sul

23 de abril de 2019

psdb

Eleição que contará com chapa única está marcada para 04 de maio, entre 8h e 11h, na sede do partido, na Capital 

 

O secretário especial de Articulação Política, Sérgio de Paula, foi oficializado no fim da tarde desta segunda-feira (22) como candidato único na disputa pelo comando do diretório regional do PSDB. Ele era o principal nome caso não houvesse consenso entre os deputados federais Rose Modesto e Beto Pereira, que também postulavam o cargo.

O anúncio foi oficializado com Sérgio de Paula ao lado de Rose e de Beto Pereira. Pela manhã, houve uma reunião com o governador Reinaldo Azambuja. O partido e o chefe do Executivo estadual entendem que a melhor alternativa é ter chapa única para evitar disputas internas, o que poderia prejudicar o partido às vésperas das eleições municipais de 2020. O combinado era que, caso não houvesse consenso entre os parlamentares, o partido optasse por uma terceira via.

Após o anúncio, Sérgio de Paula disse que só responderá pelo partido a partir do dia 5, mas deixou claro algumas intenções dos tucanos para os próximos meses, como aumentar o número de prefeitos eleitos em 2020 e atingir um maior número de filiados.

Um dos questionamentos foi o compromisso que o governador assumiu em relação à reeleição do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). “Vou respeitar a palavra do governador”, disse. Reinaldo e outras lideranças tucanas já apontaram a intenção de caminhar com o atual prefeito no ano que vem, como meio de retribuir o apoio prestado em 2018, quando o tucano se reelegeu.

Beto Pereira disse preferir deixar o pleito na Capital para um segundo momento. “Há um gesto do governador em resposta ao apoio que recebeu do Marquinhos. Agora, cabe ao partido avaliar o melhor projeto para Campo Grande e saber o que a população pensa”, pontuou o deputado.

Já Rose, que ainda tem esperança de disputar o cargo, mostrou certo descontentamento com a possibilidade de o PSDB não ter candidato na Capital, principalmente pelo fato de ter disputado a eleição passada – sendo derrotada pelo próprio Marquinhos, como ela lembrou, após obter 42% dos votos válidos no segundo turno.

“O governador e o prefeito têm um entendimento, mas ele não chegou oficialmente ao partido. Eu vou seguir com meu nome à disposição, mas vamos seguir o sentimento das pessoas”, declarou Rose, que, embora tenha considerado não ser este o momento de tratar do tema e de que pretende focar no mandato de deputada federal, defendeu a realização de pesquisas a fim de que seja apontado o melhor rumo para o partido.

Composição – De Paula, a todo o instante, fez menções à disposição de Rose e Beto caminharem por um entendimento evitando a disputa interna –tema de um encontro entre os três na semana passada, em Brasília.

Ele ainda disse que os dois parlamentares terão participação garantida na futura Executiva estadual tucana, que deve contar, ainda, com nomes como o deputado estadual Paulo Corrêa, presidente da Assembleia Legislativa e que é cotado para a primeira vice-presidência, e do prefeito de Bataguassu e presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul, Pedro Caravina. O futuro presidente tucano revelou a disposição de contar com todos os deputados federais e estaduais do PSDB na direção da legenda.

Sobre 2020, De Paula reiterou a disposição de fazer do PSDB o partido com o maior número de filiados do Estado, elevando o número de prefeitos (hoje em 39) e de vereadores (cerca de 160). Em relação à Capital, defendeu o uso de pesquisas qualitativas e quantitativas, porém, também assertiu que “se o governador deu sua palavra (de apoiar Marquinhos), ele vai honrar a palavra. Vou respeitar a decisão dele porque temos fidelidade”, complementou.

Fonte: Campo Grande News


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
19/09/2019 - INTERNACIONAL - Justiça do Japão absolve 3 ex-executivos da Usina Nuclear Fukushima 119/09/2019 - ECONOMIA - Pis/Pasep: pagamento aos nascidos em setembro começa hoje19/09/2019 - PARANAÍBA - Moradores da zona rural terão dia especial de saúde18/09/2019 - GERAL - Funcionários dos Correios suspendem greve18/09/2019 - ECONOMIA - ANP diz que está atenta a cobranças abusivas de combustíveis18/09/2019 - EDUCAÇÃO - Parceria com Suécia estimula participação de meninas na área de exatas18/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260218/09/2019 - Estado - Detran-MS explica sobre as novas regras para obter a Autorização para Conduzir Ciclomotor18/09/2019 - Estado - Depois de calor recorde, estiagem pode bater média histórica dos últimos dez anos em MS18/09/2019 - Estado - Governo Presente desembarca na região Norte nesta quinta18/09/2019 - Estado - Bancada federal de MS quer destravar investimentos para implantação da Rota Bioceânica 17/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260117/09/2019 - “Precisamos desjudicializar e os Cartórios são a solução para isso”, defende senadora Soraya Thronicke.17/09/2019 - POLÍTICA - Governo reduz tarifa de importação de equipamentos médicos17/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260017/09/2019 - Estado - Incêndio em Refúgio Caiman começa a diminuir após seis dias17/09/2019 - Estado - Delcídio está pronto para disputar, diz Roberto Jeferson sobre candidatura em Campo Grande17/09/2019 - Estado - Campo Grande adia licitação e vai prorrogar contratos de R$ 44 milhões do tapa-buraco17/09/2019 - Estado - BID quer firmar novas parcerias com Mato Grosso do Sul17/09/2019 - Estado - Semana Nacional de Trânsito terá simuladores de embriaguez e impacto no Estado