Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

POLÍTICA - Sérgio de Paula é o nome de consenso para assumir a presidência do PSDB em Mato Grosso do Sul

23 de abril de 2019

psdb

Eleição que contará com chapa única está marcada para 04 de maio, entre 8h e 11h, na sede do partido, na Capital 

 

O secretário especial de Articulação Política, Sérgio de Paula, foi oficializado no fim da tarde desta segunda-feira (22) como candidato único na disputa pelo comando do diretório regional do PSDB. Ele era o principal nome caso não houvesse consenso entre os deputados federais Rose Modesto e Beto Pereira, que também postulavam o cargo.

O anúncio foi oficializado com Sérgio de Paula ao lado de Rose e de Beto Pereira. Pela manhã, houve uma reunião com o governador Reinaldo Azambuja. O partido e o chefe do Executivo estadual entendem que a melhor alternativa é ter chapa única para evitar disputas internas, o que poderia prejudicar o partido às vésperas das eleições municipais de 2020. O combinado era que, caso não houvesse consenso entre os parlamentares, o partido optasse por uma terceira via.

Após o anúncio, Sérgio de Paula disse que só responderá pelo partido a partir do dia 5, mas deixou claro algumas intenções dos tucanos para os próximos meses, como aumentar o número de prefeitos eleitos em 2020 e atingir um maior número de filiados.

Um dos questionamentos foi o compromisso que o governador assumiu em relação à reeleição do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). “Vou respeitar a palavra do governador”, disse. Reinaldo e outras lideranças tucanas já apontaram a intenção de caminhar com o atual prefeito no ano que vem, como meio de retribuir o apoio prestado em 2018, quando o tucano se reelegeu.

Beto Pereira disse preferir deixar o pleito na Capital para um segundo momento. “Há um gesto do governador em resposta ao apoio que recebeu do Marquinhos. Agora, cabe ao partido avaliar o melhor projeto para Campo Grande e saber o que a população pensa”, pontuou o deputado.

Já Rose, que ainda tem esperança de disputar o cargo, mostrou certo descontentamento com a possibilidade de o PSDB não ter candidato na Capital, principalmente pelo fato de ter disputado a eleição passada – sendo derrotada pelo próprio Marquinhos, como ela lembrou, após obter 42% dos votos válidos no segundo turno.

“O governador e o prefeito têm um entendimento, mas ele não chegou oficialmente ao partido. Eu vou seguir com meu nome à disposição, mas vamos seguir o sentimento das pessoas”, declarou Rose, que, embora tenha considerado não ser este o momento de tratar do tema e de que pretende focar no mandato de deputada federal, defendeu a realização de pesquisas a fim de que seja apontado o melhor rumo para o partido.

Composição – De Paula, a todo o instante, fez menções à disposição de Rose e Beto caminharem por um entendimento evitando a disputa interna –tema de um encontro entre os três na semana passada, em Brasília.

Ele ainda disse que os dois parlamentares terão participação garantida na futura Executiva estadual tucana, que deve contar, ainda, com nomes como o deputado estadual Paulo Corrêa, presidente da Assembleia Legislativa e que é cotado para a primeira vice-presidência, e do prefeito de Bataguassu e presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul, Pedro Caravina. O futuro presidente tucano revelou a disposição de contar com todos os deputados federais e estaduais do PSDB na direção da legenda.

Sobre 2020, De Paula reiterou a disposição de fazer do PSDB o partido com o maior número de filiados do Estado, elevando o número de prefeitos (hoje em 39) e de vereadores (cerca de 160). Em relação à Capital, defendeu o uso de pesquisas qualitativas e quantitativas, porém, também assertiu que “se o governador deu sua palavra (de apoiar Marquinhos), ele vai honrar a palavra. Vou respeitar a decisão dele porque temos fidelidade”, complementou.

Fonte: Campo Grande News


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
01/06/2020 - POLÍTICA - Bolsonaro pede que apoiadores não saiam às ruas no próximo domingo01/06/2020 - SAÚDE - Brasil ainda não chegou ao pico da pandemia, revela OMS01/06/2020 - POLÍTICA - Deputado da base de Bolsonaro xinga e ameaça atirar em manifestantes01/06/2020 - ESTADO - MS tem 880 casos suspeitos de coronavírus ‘enrolados’ nas secretarias municipais de saúde01/06/2020 - ECONOMIA - Com pandemia, lojistas apostam em promoções para tentar ‘salvar’ Dia dos Namorados01/06/2020 - ESTADO - Dengue já matou 37 em MS durante 2020, e Saúde investiga mais 6 óbitos01/06/2020 - ESTADO - Em MS, fila do INSS tem 24,4 mil esperando e prazo para benefício chega a 65 dias01/06/2020 - ESTADO - Psicologa de MS usa recurso do Facebook e atende de graça durante pandemia de covid-1901/06/2020 - ESTADO - Começa junho com 79 novos casos de coronavírus e total de 1.568 infectados01/06/2020 - COTIDIANO - Está com sobrepeso? Aprenda 5 passos para a sua rotina e reduzir riscos do coronavírus 01/06/2020 - POLICIAL - Mãe é denunciada por maus-tratos após levar bebê de 1 ano a festa com som alto01/06/2020 - POLICIAL - Esposa ‘arrebenta’ cadeira na cabeça do marido durante briga em festa01/06/2020 - POLICIAL - Fazendeiro é multado em R$ 10 mil por erosões causando assoreamento de córregos01/06/2020 - POLICIAL - Homem tenta matar ex com garrafa quebrada e foge antes da polícia chegar01/06/2020 - POLICIAL - Dois são detidos após denúncia de som alto e tentativa de agredir policiais01/06/2020 - NACIONAL - Bolsonaro vai a manifestação e cumprimenta apoiadores que fazem críticas a STF01/06/2020 - POLICIAL - Mulher é esfaqueada e tem celular destruído durante discussão31/05/2020 - ESTADO - Costa Rica tem primeiro caso confirmado do novo coronavírus31/05/2020 - ESTADO - Projeções se confirmam e MS entra em ciclo de aumento nos casos de coronavírus31/05/2020 - POLICIAL - Agricultor é preso em flagrante com espingarda de caça