Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

SAÚDE- Projeto de combate a suicídio deve ter resultado este ano, diz Damares

14 de maio de 2019

1403_1

Expectativa é que campanha chegue a metade dos municípios em 2020

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse hoje (13) que o projeto de combate ao suicídio e a automutilação deverá alcançar, até o fim de 2020, metade dos municípios brasileiros. De acordo com a ministra, a expectativa é de que os números já apresentem diminuição até o final do ano.

“Nós vamos começar no Brasil inteiro treinando os conselheiros tutelares, que estão mais ligados ao nosso ministério. E, a partir do próximo ano, a gente quer alcançar metade dos municípios também na área da saúde, da educação”, disse Damares em Suzano, onde articula projeto-piloto de prevenção à automutilação e ao suicídio.

Ações intensificadas
Desde abril, quando lançou a campanha Acolha a Vida, o governo federal tem intensificado as ações relacionadas ao tema na expectativa de alertar famílias, profissionais da educação, da saúde e conselheiros tutelares sobre os sinais que podem indicar tendências à violência autoprovocada.

“Nós vamos trabalhar primeiro treinando os professores, os educadores, os conselheiros tutelares, e profissionais que lidam diretamente com vidas, com pessoas”, disse a ministra.

Automutilação
A ministra disse que cerca de 20% dos jovens brasileiros estão se mutilando, o que representa 14 milhões de pessoas. A maior incidência ocorre em adolescentes de 12 a 18 anos. “Os motivos são os mais variados, eles alegam dor na alma, eles alegam o bullying, nós temos a questão do abuso sexual, nós temos a questão do envolvimento com as drogas. As crianças hoje, os nossos adolescentes, não estão sabendo lidar com os seus conflitos”, disse Damares.

Damares aconselhou que, se você identificar um jovem ou adolescente se “autoferindo, não faça disso uma grande tragédia”. “Abrace, não ignore, abrace, não repreenda, abrace. Esses jovens e adolescentes estão em profundo sofrimento. Busque tratamento imediato, isso não pode ser ignorado, nós vamos ter de buscar tratamento médico, psicólogo, psiquiatra, para o atendimento dessa criança”, disse.

De acordo com o ministério, a pasta planeja implementar um observatório estatístico que permita entender o fenômeno da autoviolência e saber onde ocorre com maior intensidade.

Armas
Questionada sobre o decreto do governo federal que flexibilizou o acesso de jovens a escolas de tiro, a ministra disse que os pais devem ser muito responsáveis para saber se os filhos estão preparados ou não para frequentarem as aulas. Segundo ela, o caso de Suzano , em dois jovens disparam em uma escola e mataram dez pessoas e que os atiradores treinaram disparos com armas de airsoft, ocorreu em uma situação muito isolada.

“Essa é uma situação muito isolada de Suzano. Países em que os pais levam os filhos para fazer tiro, a pesquisa não indica que crianças que fazem tiro, os pais estão levando para essas crianças saírem matando”, disse.

 

0014 Drogaria Super Popular 710 300

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
03/06/2020 - POLICIAL - Mulher dá entrada em hospital com facada no pescoço e jovem é preso em flagrante03/06/2020 - POLICIAL - Professor é acusado de pedofilia em grupo de WhatsApp após colega ter número clonado03/06/2020 - POLICIAL - Mulher é agredida a socos e puxões de cabelo na frente de filho de 4 anos após de cobrar pensão03/06/2020 - POLICIAL - Mãe corre do filho armado com faca após discussão 03/06/2020 - POLICIAL - Trapalhão derruba parceiro da garupa e depois cai ao tentar fugir da PM03/06/2020 - ESTADO - Coronavírus se espalha: MS tem recorde com 156 novos casos em 24 horas e 1.802 positivos03/06/2020 - NACIONAL - Em dia de conscientização, médicos alertam sobre obesidade infantil03/06/2020 - POLICIAL - Trauma: Crianças que estavam em casa onde mãe foi morta não conseguem dormir03/06/2020 - POLICIAL - Mãe é suspeita de forçar menina de 6 anos a participar de sessões de estupro com padrasto03/06/2020 - POLICIAL - MPMS ingressa com ação contra volta às aulas de rede particular em cidade de MS03/06/2020 - POLICIAL - 4 anos atrás, procurador aposentado do MPMS condenado por homicídio era preso por estupro03/06/2020 - POLÍTICA - Caixa libera hoje saque da 2ª parcela dos R$ 600 para nascidos em abril03/06/2020 - ESTADO - MS tem 1.646 casos confirmados de coronavírus e Dourados assume como foco da pandemia02/06/2020 - ESTADO - Sancionada lei que proíbe limitação de tratamentos pelos planos de saúde02/06/2020 - ESTADO - Ampasul doa mil litros de leite para entidades do MS02/06/2020 - ESTADO - Suinocultores de MS doam para campanha contra o Covid-1902/06/2020 - PARANAÍBA - Usuário de drogas é preso após agredir homem com mordidas em avenida02/06/2020 - PARANAÍBA - Homem ameaça policiais com facão e acaba baleado na mão02/06/2020 - PARANAÍBA – Câmara aprova abertura de crédito de quase R$ 2 mi para prefeitura02/06/2020 - POLICIAL - Preso por estupro é flagrado ao mandar vídeos pornográficos a crianças