Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

PARANAÍBA - Prédio de medicina veterinária começa a ser construído na UFMS de Paranaíba

16 de maio de 2019

1610
Obra terá investimento de mais de R$ 4 milhões

Após uma longa espera de cerca de dez anos, o curso de medicina veterinária em Paranaíba está se tornando realidade, com o início da construção do prédio que abrigará as aulas teóricas no Campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).
A obra, que está em estágio de aterramento, começou na segunda-feira (13), e terá um investimento total de R$4.316.906,07 (Quatro milhões trezentos e dezesseis mil novecentos e seis reais e sete centavos), a verba foi alocada pela união no ano de 2018. A empresa responsável pelo projeto tem o prazo de 18 meses para concluir o prédio.
A diretora do Campus de Paranaíba, Profª Drª Andreia Cristina Ribeiro, afirmou que essa é a realização de um sonho que vem de longa data, e enfatizou ainda que a construção além de atender a veterinária poderá ajudar para que novos cursos possam ser instalados no município. “Esse novo prédio é a realização de um projeto que se estende há vários anos e que agora começa a tomar forma, e além da veterinária poderá atender a futuros cursos aqui em Paranaíba” afirmou Andreia.
O prefeito Ronaldo Miziara, disse que ver o início da construção é um sonho da população paranaibense, que há tantos anos luta para conseguir viabilização da medicina veterinária na cidade. “Hoje estamos começando a realizar um sonho paranaibense, que é ver o curso de veterinária instalado aqui na UFMS, essas maquinas aqui são muitos mais que apenas o começo de uma construção, é uma garantia do futuro promissor que estamos garantindo para a população”, concluiu Miziara.

 

0009 posto america 710

Fonte: Prefeitura Municipal de Paranaíba MS


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
19/06/2019 - POLÍTICA - Moro espera que reportagens de site não afetem projeto anticrime19/06/2019 - ESTADO - Três câmaras em MS terão que devolver R$ 480 mil por uso indevido19/06/2019 - POLÍTICA - Bolsonaro sanciona lei de combate a fraudes no INSS19/06/2019 - POLÍTICA - CCJ do Senado ouve Moro sobre conversas vazadas com Dallagnol19/06/2019 - INTERNACIONAL - Trump inicia oficialmente campanha de reeleição19/06/2019 - ESTADO - De MS, Nelsinho e Soraya tentaram salvar decreto das armas de Bolsonaro no Senado19/06/2019 - ESTADO - Piloto sequestrado com avião já foi preso pela PF por tráfico de drogas19/06/2019 - ESTADO - Governo de MS publica decreto que diminui ICMS do combustível para empresas aéreas18/06/2019 - PARANAÍBA - Após sequestrar piloto e roubar avião, ladrões levantam vôo18/06/2019 - DIREITOS HUMANOS - Mais de 3,7 mil comunidades vão receber cisternas a partir de julho18/06/2019 - GERAL - Plano Safra manterá R$ 10 bi de subsídios para crédito rural, diz Tereza Cristina18/06/2019 - GERAL - Bolsonaro ainda não decidiu sobre mudança nos Correios, diz porta-voz18/06/2019 - INTERNACIONAL- Boris Johnson é favorito para primeiro-ministro do Reino Unido18/06/2019 - SAÚDE - Imunoterapia será principal droga contra câncer, diz Nobel de Medicina18/06/2019 - EDUCAÇÃO - ProUni deve divulgar hoje resultado de primeira chamada18/06/2019 - POLÍTICA - Previdência: parecer deve começar a ser discutido hoje na Câmara17/06/2019 - ESTADO - Governo prorroga até 2022 autonomia do Detran-MS para contratar obras17/06/2019 - ESTADO - Cartaz em locais públicos informando direitos de pessoas com câncer vira lei em MS17/06/2019 - INTERNACIONAL - Quênia investiga paciente com suspeita de contaminação por ebola17/06/2019 - GERAL - Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce