Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

INTERNACIONAL - Facebook apaga fake news e contas de extrema-direita

22 de maio de 2019

2201_1

Estudo da organização não governamental (ONG) Avaaz identificou mais de 500 contas do Facebook usadas para disseminar notícias falsas. A rede de contas de extrema-direita publicava discursos de ódio e pretendia “espalhar mensagens de supremacia branca”, segundo a edição online do jornal britânico The Guardian.

Apesar dos esforços constantes do Facebook, a rede social tem sido invadida por publicações de desinformação e redes de contas falsas que pretendem tornar virais as chamadas fake news.

Nos últimos três meses, a ONG descobriu páginas suspeitas na rede social na França, Alemanha, Itália, no Reino Unido, na Polónia e Espanha.

A rede social eliminou contas que tinham cerca de 6 milhões de seguidores e em que proliferavam notícias falsas e discursos de ódio.

A maioria foi descoberta por publicar e partilhar, por meio de perfis falsos, conteúdo desinformativo e de incitamento ao ódio. A Avaaz está investigando ainda, no entanto, centenas de outras contas, com mais de 26 milhões de seguidores, que podem ser expostos a conteúdos suspeitos.

Essas redes eram muito mais populares do que as páginas oficiais dos grupos populistas de extrema-direita e anti-União Europeia (UE) naqueles países, de acordo com o The Guardian.

“As páginas têm altos níveis de interação. Não importa quantos seguidores tem, se não houver interações”, disse Christoph Schott, diretor de campanha do grupo Avaaz. "Eles têm mais de 500 milhões de visualizações apenas nas páginas apagadas, o que é mais do que o número de eleitores na UE", acrescentou.

Armas de destruição em massa

A Avaaz encontrou, até agora, mais de 550 páginas e grupos, assim como 328 perfis que partilhavam notícias falsas. Embora o Facebook as tenha apagado, a maioria dessas páginas foi visualizada cerca de 533 milhões de vezes, em apenas três meses

 

0007 Volte sorrir 710

 

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
17/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260117/09/2019 - “Precisamos desjudicializar e os Cartórios são a solução para isso”, defende senadora Soraya Thronicke.17/09/2019 - POLÍTICA - Governo reduz tarifa de importação de equipamentos médicos17/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260017/09/2019 - Estado - Incêndio em Refúgio Caiman começa a diminuir após seis dias17/09/2019 - Estado - Delcídio está pronto para disputar, diz Roberto Jeferson sobre candidatura em Campo Grande17/09/2019 - Estado - Campo Grande adia licitação e vai prorrogar contratos de R$ 44 milhões do tapa-buraco17/09/2019 - Estado - BID quer firmar novas parcerias com Mato Grosso do Sul17/09/2019 - Estado - Semana Nacional de Trânsito terá simuladores de embriaguez e impacto no Estado17/09/2019 - Estado - Atendimento aos migrantes fica mais ágil com sistema desenvolvido por servidores16/09/2019 - INTERNACIONAL - Ataques na Arábia Saudita provocam alta nos preços do petróleo16/09/2019 - Deputado João Henrique participa de Caminhada da Inclusão16/09/2019 - ECONOMIA - Caixa tem horário estendido hoje e amanhã para saque do FGTS16/09/2019 - POLÍTICA - Termina hoje prazo para apresentar emendas de mérito à Previdência16/09/2019 - Paranaíba - Abandonada em gestão passada, Miziara entrega pracinha que custou R$417 mil16/09/2019 - Paranaíba - Abandonada em gestão passada, Miziara entrega pracinha que custou R$417 mil16/09/2019 - INTERNACIONAL - População de idosos no Japão é a mais alta já registrada16/09/2019 - Estado - Alerta do Cemtec: população deve tomar cuidado com riscos de queimadas16/09/2019 - Estado - Perdão da prefeitura fez emissão de Habite-se aumentar 211% em um ano em Campo Grande16/09/2019 - Estado - Com apoio do Estado, Caiman combate a queimada com uma ‘operação de guerra’