Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ESTADO - Federal deflagra nova operação contra cigarreiros e cumpre mandados em MS

11 de junho de 2019

1103

37 mandados são cumpridos em dois estados brasileiros

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (11), a Operação Contorno Norte, com cumprimento de 37 mandados sendo 17 de busca e apreensão e 20 mandados de prisão preventiva. São cumpridos mandados no Paraná e em Mato Grosso do Sul.

A operação deflagrada é para prender líderes de organização criminosa especializada no contrabando de cigarros de origem paraguaia. Foram feitos pedidos de bloqueio de contas bancárias, o sequestro de bens imóveis e a apreensão de veículos vinculados aos investigados. As investigações tiveram início em maio de 2016, depois de uma carreta carregada com cigarros contrabandeados colidir com um veículo onde estavam um casal e uma criança no Contorno Norte de Maringá (Paraná), levando à morte da mulher.

Durante as investigações foi descoberto que os cigarros contrabandeados entravam no país por Salto Del Guairá, no Paraguai, utilizando uma rede de funcionários, olheiros, barqueiros, carregadores e motoristas. Foram três anos de investigações onde foram presas 204 pessoas envolvidas na organização. São cumpridos mandados no estado do Paraná, nas cidades de Nova Esperança, Guaíra, Umuarama, Alto Paraíso e em Mundo Novo, Mato Grosso do Sul. Ainda não se sabe quantos mandados são cumpridos aqui no Estado e nem se alguém já foi preso.

Foram apreendidos durante as investigações 156 caminhões e outros 60 veículos utilizados nos crimes. Também foram apreendidas aproximadamente 105 mil caixas de cigarros, o equivalente a 52 milhões de maços. As mercadorias foram avaliadas em R$ 250 milhões pela Receita Federal, gerando aproximadamente R$ 360 milhões em tributos e multas

A organização chegou a utilizar 6.700 linhas telefônicas cadastradas em nome de terceiros para a prática do crime. Cerca de 80 policiais federais participam da operação.

Apreensões de cigarros
Em 2018, foram quase cinco milhões de maços de cigarros contrabandeados apreendidos pela PMRV (Polícia Militar Rodoviária), nas rodovias de Mato Grosso do Sul, segundo balanço da corporação, divulgado na manhã desta quinta-feira (3).

Durante o ano passado foram apreendidos um total de 4.803.660 maços de cigarros, em carretas e veículos. Em 2017, o número de apreensões foi de 1.314.470 maços, o que resulta em 365% na comparação dos períodos.

Além disso, a polícia também fez apreensões de armas de fogo e munições, sendo que em 2018 foram apreendidas 44 armas entre fuzis e pistolas, e mais de 8 mil munições. Em 2017, o número de armas apreendidas foi bem menor, um total de 13.

No começo de 2018 várias apreensões de cigarros contrabandeados ocorreram no Estado, resultando na descoberta da ‘Máfia dos Cigarreiros’, que tinha no esquema policiais, que davam ‘cobertura’ para que o crime fosse executado. Ao todo 29 policias foram presos.

Em junho, 11 carretas foram apreendidas, em Ivinhema, carregadas com aproximadamente 11 milhões de maços de cigarros– 1 milhão em cada carreta- que foi resultado de um cerco feito pela Polícia Federal no município. Foi a segunda maior apreensão de cigarros contrabandeados feito pela polícia.

A primeira foi em agosto de 2009, quando a PF de Naviraí apreendeu 15 carretas que transportavam caixas de cigarros, em uma rodovia do município de Bataguassu. A apreensão de 2009 foi a maior do país.

 

0012 A Construtora

 

Fonte: Mídia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
19/06/2019 - POLÍTICA - Moro espera que reportagens de site não afetem projeto anticrime19/06/2019 - ESTADO - Três câmaras em MS terão que devolver R$ 480 mil por uso indevido19/06/2019 - POLÍTICA - Bolsonaro sanciona lei de combate a fraudes no INSS19/06/2019 - POLÍTICA - CCJ do Senado ouve Moro sobre conversas vazadas com Dallagnol19/06/2019 - INTERNACIONAL - Trump inicia oficialmente campanha de reeleição19/06/2019 - ESTADO - De MS, Nelsinho e Soraya tentaram salvar decreto das armas de Bolsonaro no Senado19/06/2019 - ESTADO - Piloto sequestrado com avião já foi preso pela PF por tráfico de drogas19/06/2019 - ESTADO - Governo de MS publica decreto que diminui ICMS do combustível para empresas aéreas18/06/2019 - PARANAÍBA - Após sequestrar piloto e roubar avião, ladrões levantam vôo18/06/2019 - DIREITOS HUMANOS - Mais de 3,7 mil comunidades vão receber cisternas a partir de julho18/06/2019 - GERAL - Plano Safra manterá R$ 10 bi de subsídios para crédito rural, diz Tereza Cristina18/06/2019 - GERAL - Bolsonaro ainda não decidiu sobre mudança nos Correios, diz porta-voz18/06/2019 - INTERNACIONAL- Boris Johnson é favorito para primeiro-ministro do Reino Unido18/06/2019 - SAÚDE - Imunoterapia será principal droga contra câncer, diz Nobel de Medicina18/06/2019 - EDUCAÇÃO - ProUni deve divulgar hoje resultado de primeira chamada18/06/2019 - POLÍTICA - Previdência: parecer deve começar a ser discutido hoje na Câmara17/06/2019 - ESTADO - Governo prorroga até 2022 autonomia do Detran-MS para contratar obras17/06/2019 - ESTADO - Cartaz em locais públicos informando direitos de pessoas com câncer vira lei em MS17/06/2019 - INTERNACIONAL - Quênia investiga paciente com suspeita de contaminação por ebola17/06/2019 - GERAL - Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce