Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ECONOMIA - Caminhão da Serasa ajuda consumidores a renegociar dívidas

13 de junho de 2019

1302_3

Um caminhão itinerante está atendendo a consumidores do Distrito Federal desde terça-feira (11) até o próximo dia 15, das 8h às 18h. O caminhão está estacionado na Praça Lúcio Costa, próximo ao Conjunto Nacional.

O serviço ajuda a população a consultar gratuitamente o CPF, a pontuação de crédito Serasa Score, a simular e consultar empréstimos online. Este ano os consumidores também podem renegociar contas atrasadas pela internet, com empresas parceiras da Serasa Limpa Nome.

Em seu primeiro caminhão, no ano passado, cerca de 100 mil pessoas foram atendidas. Atualmente todos esses serviços estão disponibilizados no site da Serasa e são feitos gratuitamente.

Segundo o gerente da Serasa Consumidor, Giresse Contini, o projeto tem o objetivo de facilitar o atendimento às pessoas sem acesso à internet. ‘’O objetivo desse projeto é possibilitar o acesso à informação e aos serviços gratuitos que a Serasa oferece, principalmente para pessoas que não têm fácil acesso à internet. Aproveitamos o relançamento da Serasa Limpa Nome e levamos essa nova experiência de negociação e descontos para dentro da Serasa Itinerante “.

Para Contini, isso é uma forma de se aproximar do consumidor “atendendo-o presencialmente e sem custos, e levar informação, que é o primeiro e mais importante passo para o início de uma vida financeira saudável”.

Além de Brasília, o caminhão itinerante atenderá Palmas (TO), Belém (PA), São Luís (MA), Teresina (PI), Fortaleza (CE), Natal (RN), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Salvador (BA), Vitória (ES), Belo Horizonte (MG), São Gonçalo (RJ), Rio de Janeiro, Nova Iguaçu (RJ), Santos e São Paulo (SP).

*Estagiária sob supervisão da editora Graça Adjuto

 

0009 posto america 710

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
19/06/2019 - POLÍTICA - Moro espera que reportagens de site não afetem projeto anticrime19/06/2019 - ESTADO - Três câmaras em MS terão que devolver R$ 480 mil por uso indevido19/06/2019 - POLÍTICA - Bolsonaro sanciona lei de combate a fraudes no INSS19/06/2019 - POLÍTICA - CCJ do Senado ouve Moro sobre conversas vazadas com Dallagnol19/06/2019 - INTERNACIONAL - Trump inicia oficialmente campanha de reeleição19/06/2019 - ESTADO - De MS, Nelsinho e Soraya tentaram salvar decreto das armas de Bolsonaro no Senado19/06/2019 - ESTADO - Piloto sequestrado com avião já foi preso pela PF por tráfico de drogas19/06/2019 - ESTADO - Governo de MS publica decreto que diminui ICMS do combustível para empresas aéreas18/06/2019 - PARANAÍBA - Após sequestrar piloto e roubar avião, ladrões levantam vôo18/06/2019 - DIREITOS HUMANOS - Mais de 3,7 mil comunidades vão receber cisternas a partir de julho18/06/2019 - GERAL - Plano Safra manterá R$ 10 bi de subsídios para crédito rural, diz Tereza Cristina18/06/2019 - GERAL - Bolsonaro ainda não decidiu sobre mudança nos Correios, diz porta-voz18/06/2019 - INTERNACIONAL- Boris Johnson é favorito para primeiro-ministro do Reino Unido18/06/2019 - SAÚDE - Imunoterapia será principal droga contra câncer, diz Nobel de Medicina18/06/2019 - EDUCAÇÃO - ProUni deve divulgar hoje resultado de primeira chamada18/06/2019 - POLÍTICA - Previdência: parecer deve começar a ser discutido hoje na Câmara17/06/2019 - ESTADO - Governo prorroga até 2022 autonomia do Detran-MS para contratar obras17/06/2019 - ESTADO - Cartaz em locais públicos informando direitos de pessoas com câncer vira lei em MS17/06/2019 - INTERNACIONAL - Quênia investiga paciente com suspeita de contaminação por ebola17/06/2019 - GERAL - Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce