Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

GERAL - Os políticos são nossos empregados”, diz o cantor Jorge Vercillo

25 de junho de 2019

2504_2

Novo álbum do artista tem música crítica gravada com Ronaldinho Gaúcho

O cantor Jorge Vercillo, que está em turnê nacional com o espetáculo “Nas Minhas Mãos”, tem aproveitado as apresentações para estimular o debate sobre cidadania e a importância da participação popular na vida política do país. “Cidadania é você entender que não é o dono da verdade”, afirma. Para ele, a população também precisa ter ciência de que os políticos são seus empregados.

Vercillo conversou com a jornalista Roseann Kennedy, no programa Impressões, da TV Brasil, que vai ao ar nesta terça-feira (25), às 23h. Ele deixou claro que, muito além da carreira artística, queria falar sobre o clima hostil nas redes sociais, a polarização partidária e os processos de mudança no país. “Eu tô falando muito nisso, nas entrevistas e nos shows, porque é onde eu posso ajudar”.

No novo álbum, o artista gravou a música Garra, em parceria com ojogador de futebol Ronaldinho Gaúcho. A letra fala de corrupção, do jogo sujo de quem governa em causa própria e diz que isso tem de acabar. A dobradinha repercutiu nas redes sociais. “Nas minhas redes eu aprendo muito, mas sem agressividade. Vamos trocar informação. Senão, tanta gente inteligente fica sendo mais burra do que um animal, que é muito mais inteligente”, comparou.

Jorge Vercillo ressaltou que o brasileiro é um povo maravilhoso, generoso e não é corrupto. É um povo sobrevivente de uma chuva de meteoros. Mas existe toda uma artimanha, um sistema de poder, montado para emburrecer as pessoas. E é isso que a gente tem mudado”, disse.

O cantor acrescentou que só o povo pode melhorar o Brasil e não os políticos. “Porque são pessoas que entram pra política na boa intenção, mas que se veem dentro de um sistema podre. O modus operandi, a maneira de fazer política é muito arcaica no Brasil”. E concluiu: para melhorar “é só a população deixar dessa coisa infantil, inútil, dessa briga entre esquerda e direita”.

 

0008 el guapo 710

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
25/05/2020 - PARANAÍBA - Adolescente foge após ser flagrado invadindo residência no jardim Primavera25/05/2020 - PARANAÍBA – Jovem de 20 anos faz festa com som alto e convidados e é levada para delegacia25/05/2020 - PARANAÍBA – Mulher volta de viagem e descobre que casa foi invadida e que a TV foi levada25/05/2020 - PARANAÍBA - PARANAÍBA – Mulher se nega a praticar relações sexuais com namorado e acaba sendo agredida25/05/2020 - POLICIAL - Mulher é submetida a quase uma hora de agressões e ameaças de morte pelo ex-marido25/05/2020 - POLICIAL - Mulher é presa por matar o sobrinho com tiro na cabeça após ele ameaçar a avó25/05/2020 - ESTADO - Em novo recorde, MS tem mais 99 doentes em 24 horas e atinge 1023 casos de coronavírus25/05/2020 - ESTADO - Com 5ª maior incidência de coronavírus do Brasil, MS terá lockdown severo em cidades ‘teimosas’25/05/2020 - EDITAL DE PROCLAMAS N°268125/05/2020 - EDITAL DE PROCLAMAS N°267825/05/2020 - PARANAÍBA – Homem baleado por “Boi” apresenta melhora e já respira sem ajuda de aparelhos25/05/2020 - PARANAÍBA - Secretário de finanças destaca queda na arrecadação no Município25/05/2020 - POLICIAL - Rapaz denuncia namorada por agressão com mordidas25/05/2020 - POLICIAL - Amigo vai fazer visita e encontra homem morto em cima da cama25/05/2020 - ESTADO - Cidades registram geada e sensação térmica chega a -2ºC em MS24/05/2020 - PARANAÍBA - Homem é baleado por empresário ao lado do Raffa's24/05/2020 - Semagro viabiliza a produção de 2.400 EPIs para profissionais na linha de frente de combate ao coronavírus24/05/2020 - POLÍTICA - Brasilândia e Fátima do Sul querem decretar estado de calamidade24/05/2020 - CIDADES - Coronavírus já chegou a mais da metade dos municípios de MS24/05/2020 - POLÍTICA - Projeto prevê multa para quem divulgar fake news sobre pandemia