Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

POLÍTICA - Governo não vai revogar decreto de armas, diz porta-voz da presidência

25 de junho de 2019

2508_1

Senado aprovou revogação; matéria está em tramitação na Câmara

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, disse hoje (25) que o presidente Jair Bolsonaro não vai revogar o decreto que muda regras para aquisição, cadastro, registro, posse, porte e comercialização de munições e armas de fogo no país. “O governo não revogará, não colocará nenhum empecilho para que a votação ocorra no Congresso”, disse o porta-voz sobre a matéria em tramitação na Câmara.

No último dia 18, o plenário do Senado aprovou a revogação do decreto presidencial. Por 47 votos a 28, os senadores aprovaram um Projeto de Decreto Legislativo, do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e de outros senadores, que susta os efeitos da flexibilização. A maioria dos senadores argumentou que a alteração das regras para o acesso às armas por meio de decreto era inconstitucional e deveria ser feita por projeto de lei.

A expectativa era de que o governo revogasse a medida anterior e editasse novo decreto para colecionadores e novo projeto de lei para as outras alterações.

Rêgo Barros reforçou hoje que o governo federal não vai interferir nas decisões do Congresso, mas que “tem buscado o diálogo e o consenso para aprovação das medidas que atendam as aspirações da maioria dos brasileiros que querem segurança, paz e prosperidade”. Segundo ele, Bolsonaro defende que é um direito do cidadão possuir armas de fogo para defesa pessoal e de seus bens.

Na semana passada, em sua conta pessoal no Twitter, o presidente disse que espera que a Câmara não siga o Senado, mantendo a validade do decreto.

 

0009 posto america 710

 

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
06/12/2019 - EDITAL DE RENOVAÇÃO LICENÇA AMBIENTAL PARANAÍBA SERVIÇO ADMINISTRATIVO I LTDA06/12/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 262805/12/2019 - EDITAL DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL HANNE MACHADO HANS & CIA LTDA05/12/2019 - POLÍTICA - Deputados suspensos do PSL se reúnem com Maia para tentar manter Eduardo líder05/12/2019 - POLÍTICA - Em CPI, Joice diz que País é governado por filhos do presidente05/12/2019 - POLÍTICA - Justiça absolve Lula, Dilma, Palocci e Mantega no ‘quadrilhão do PT’05/12/2019 - ESPORTE - Fluminense empata com Fortaleza e fica em vantagem por vaga na Sul-Americana05/12/2019 - ESPORTE - São Paulo supera o Inter e garante vaga na fase de grupos da Libertadores05/12/2019 - POLÍTICA - ‘Tratados de forma adequada’: Coronel David comemora morte de membros de facção baiana em MS05/12/2019 - POLÍCIA - Fazendeiro de MS herdou rotas de narcotráfico do PCC após morte do sogro05/12/2019 - POLÍTICA - Deputados liberam Governo de MS para cassar aposentadoria de servidores punidos05/12/2019 - POLÍTICA - Simone Tebet reage e pede reunião da CCJ para analisar projeto da 2ª instância05/12/2019 - POLÍTICA - CPI da Energisa ouvirá engenheiro que comprovou falha em relógio e decreta sigilo05/12/2019 - POLÍTICA - ‘Carona’ na Pec de Reinaldo quer reajuste automático para servidores de MS com altos salários05/12/2019 - ESTADO - Com medo de conflito fundiário, fazendeiro de Dourados fabrica trator blindado para plantar05/12/2019 - ESTADO - Saúde do homem é destaque em ações realizadas com reeducandos durante o mês de novembro05/12/2019 - ESTADO - Detran-MS registra aumento de 8% na frota de veículos do Estado nos últimos 3 anos05/12/2019 - ESTADO - Campo Grande sedia reunião ampliada do Conselho Estadual de Assistência Social05/12/2019 - ESTADO - Leilão da MS-306 acontece nesta quinta-feira (5) na Bolsa de Valores de São Paulo04/12/2019 - ESTADO - Pontes de alvenaria: Vaz intercede por assentados