Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

GERAL - Exército emite nota sobre estelionatária e garante seriedade em seleção

28 de junho de 2019

2810

Estelionatária oferecia facilidade para entrar na carreira de militar

Depois que uma estelionatária foi presa em Campo Grande por se passar por sargento e aplicar golpes, o CMO (Comando Militar do Oeste) da 9ª Região Militar emitiu nota repudiando a atitude. O Exército afirma que não tolera corrupção e luta contra qualquer ato ilícito para garantir a seriedade de qualquer processo seletivo.

O CMO afirma que todo processo seletivo é composto por equipes preparadas e especializadas. Inclusive, são montadas comissões responsáveis pelas auditorias técnicas e fiscalização de cada etapa para evitar irregularidades. “Os valores assimilados no Exército são a base do sucesso para profissionais e cidadãos de bem”, diz.

Vale lembrar que o Exército abriu processo seletivo para profissionais temporários de diversas graduações para os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e para o município de Aragarças (GO). As inscrições serão do dia 2 a 10 de julho e os salários podem chegar a quase R$ 7 mil, além dos benefícios da tabela do Ministério da Defesa.

Estelionatária cobrava até R$ 30 mil
Alzira de Jesus Araújo foi presa em flagrante nesta quarta (26) por estelionato. Ela foi acusada de aplicar golpes em várias pessoas, em Campo Grande, oferecendo facilidades para entrar na carreira militar.


Segundo informações da Polícia Civil, ela usava o nome de um suposto tenente do Exército, que não existe. Alzira dizia que havia três vagas, mas que para conseguir ingressar na carreira, era preciso o repasse de alguns valores em dinheiro para o pagamento de Guias de Recolhimento da União, que também eram falsas.

Ainda não é possível ter o valor total de prejuízo causado por Alzira, com os golpes e nem o número de vítimas, mas conforme o apurado, ela cobrava entre R$ 15 mil e R$ 30 mil de cada pessoa.

 

0004 Instituto Farmacêutico710

Fonte: Mídia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
18/09/2019 - GERAL - Funcionários dos Correios suspendem greve18/09/2019 - ECONOMIA - ANP diz que está atenta a cobranças abusivas de combustíveis18/09/2019 - EDUCAÇÃO - Parceria com Suécia estimula participação de meninas na área de exatas18/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260218/09/2019 - Estado - Detran-MS explica sobre as novas regras para obter a Autorização para Conduzir Ciclomotor18/09/2019 - Estado - Depois de calor recorde, estiagem pode bater média histórica dos últimos dez anos em MS18/09/2019 - Estado - Governo Presente desembarca na região Norte nesta quinta18/09/2019 - Estado - Bancada federal de MS quer destravar investimentos para implantação da Rota Bioceânica 17/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260117/09/2019 - “Precisamos desjudicializar e os Cartórios são a solução para isso”, defende senadora Soraya Thronicke.17/09/2019 - POLÍTICA - Governo reduz tarifa de importação de equipamentos médicos17/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260017/09/2019 - Estado - Incêndio em Refúgio Caiman começa a diminuir após seis dias17/09/2019 - Estado - Delcídio está pronto para disputar, diz Roberto Jeferson sobre candidatura em Campo Grande17/09/2019 - Estado - Campo Grande adia licitação e vai prorrogar contratos de R$ 44 milhões do tapa-buraco17/09/2019 - Estado - BID quer firmar novas parcerias com Mato Grosso do Sul17/09/2019 - Estado - Semana Nacional de Trânsito terá simuladores de embriaguez e impacto no Estado17/09/2019 - Estado - Atendimento aos migrantes fica mais ágil com sistema desenvolvido por servidores16/09/2019 - INTERNACIONAL - Ataques na Arábia Saudita provocam alta nos preços do petróleo16/09/2019 - Deputado João Henrique participa de Caminhada da Inclusão