Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

POLÍTICA - PSL tenta mudanças para categorias da segurança pública

02 de julho de 2019

0202_3

Mudanças pedem para beneficiar policiais legislativos da Câmara e do Senado, como, Policiais Federal, Rodoviário e Ferroviário, não há menção a agentes penitenciários e agentes socioeducativos

Até a noite da última segunda-feira, 1º, o PSL não havia chegado a um acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e com o relator da reforma, Samuel Moreira (PSDB-SP), sobre as alterações nas regras para categorias da segurança pública no texto da reforma da Previdência.

Com muitos deputados ligados à área, o partido de Jair Bolsonaro pedia que o relator incluísse mudanças em seu voto complementar para que o partido não apresentasse destaques (sugestões de mudanças) na Comissão Especial. Para Moreira, “tem setores que estão bem preservados. Não há necessidade nesse assunto (segurança) de qualquer concessão”.

Entre as mudanças pedidas para beneficiar policiais legislativos da Câmara e do Senado, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Ferroviária Federal, por exemplo, está a alteração na idade mínima de 55 anos para homens e 52 anos para mulheres, em vez de 55 para ambos os sexos como está no texto do relatório. Não há menção a agentes penitenciários e agentes socioeducativos.

Depois de reunião na residência de Maia, o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo, disse que os diálogos vão continuar e as reuniões deveriam se estender por toda a noite. “A reunião foi muito boa. Conseguimos perceber a abertura para o diálogo e os deputados do PSL ligados à segurança pública apresentaram suas demandas”, disse. “Ainda estamos formulando o acordo. Não queremos embaralhar a negociação.”

Vitor Hugo não deixou claro se o partido ainda deve apresentar destaques e não quis dar detalhes sobre quais pontos específicos estão sendo negociados.

“Se houver desidratação (na economia) vai ser algo pequeno”, disse Vitor Hugo. A emenda do PSL reduziria a economia esperada com as mudanças para as categorias de R$ 5,65 bilhões para cerca de R$ 3,02 bilhões, segundo cálculos de técnicos da Câmara.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

0004 Instituto Farmacêutico710

Fonte: Mídia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
06/07/2020 - PARANAIBA - Prefeitura anuncia contratação de empresas para variados produtos e serviços06/07/2020 - PARANAÍBA - Homem abastece e foge sem pagar por combustível06/07/2020 - PARANAÍBA - Polícia atende caso de agressão entre mãe e filha no Santo Antônio06/07/2020 - POLÍCIA - Na primeira metade do ano, 22 mulheres foram mortas de forma violenta em MS06/07/2020 - POLÍCIA - Após se afogar em piscina, criança de 3 anos morre06/07/2020 - POLÍCIA - Após agredir namorada, homem parte para cima de PM e é contido a tiros de borracha06/07/2020 - CORONAVÍRUS - MS registra mais 179 casos e 4 quatro mortes por coronavírus; maior parte das notificações continua em Campo Grande05/07/2020 - Sertanejo Davi, da dupla com Durval, morre aos 63 anos em hospital de Campinas05/07/2020 - DOURADOS - Funcionário matou secretário após ser demitido por não usar máscara, diz irmã04/07/2020 - CORONAVÍRUS - Urgente Lacen confirma terceira morte por Covid-1904/07/2020 - POLÍCIA - Com transmissão ao vivo, policial mata filhos, sogros e cunhadas na fronteira04/07/2020 - POLÍTICA - Nascidos em novembro e dezembro recebem parcela do auxílio emergencial neste sábado04/07/2020 - POLÍCIA - Preso sobe em telhado para pegar ‘encomenda’ de drogas, cai e se machuca04/07/2020 - POLÍCIA - Mãe é denunciada por maus-tratos e criança é encontrada sem roupas em casa03/07/2020 - Chef Gabriela Isidro ensina a fazer um SPAGHETTI ALLA MATRICIANA03/07/2020 - POLÍTICA - Não podemos continuar por muito tempo com auxílio emergencial, diz Bolsonaro03/07/2020 - POLÍCIA - Mulher é encontrada na rua com roupas rasgadas após ser agredida por 3 homens03/07/2020 - POLÍCIA - Farmácias de MS são flagradas vendendo vacinas do SUS por R$ 100 03/07/2020 - CORONAVÍRUS - Recorde: Com 16 mortes em um dia, MS registra 105 óbitos por coronavírus03/07/2020 - POLÍCIA - Sequestrada na terça-feira, Carla é deixada morta na esquina de casa