Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ESTADO - Professores prometem protesto contra projeto de Reinaldo que diminui piso salarial

10 de julho de 2019

1006_1

Pontos polêmicos foram apresentados na sessão de ontem e Fetems mobiliza profissionais

Os deputados estaduais devem apreciar em 1º discussão projeto de lei encaminhado pelo governo estadual em regime de urgência em sessão desta quarta-feira (10), mudanças nas regras de professores convocados, como por exemplo, alteração no piso salarial. Mas a proposta não será votada tão facilmente, já que está prevista manifestação por parte dos profissionais, na Casa de Leis.

A Fetems (Federação de Trabalhadores da Educação) mobilizou manifestação a partir das 9h no plenário da Assembleia Legislativa. O projeto chegou na Casa de Leis na última sexta-feira (5), com alguns pontos que não foram discutidos entre o governo e a Fetems.

A federação se reuniu ontem (9) com os parlamentares para pedir que a proposta fosse votada na próxima semana. Com esse tempo, os pontos mais polêmicos seriam debatidos pelo presidente da Fetems, Jaime Teixeira.

Um dos assuntos mais polêmicos é a redução do salário dos convocados. Apesar do projeto enviado pelo governo não ter o índice de diminuição salarial, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) acredita que se aprovado, o salário dos profissionais deve cair até 30%.

A retração salarial será enviada por decreto pelo governo. Outro ponto polêmico é a prorrogação da discussão salarial para chegar a 100% do piso nacional da categoria. Está prevista para 2022 o cumprimento total e a ideia é fazer com que as negociações só terminem em 2025 – a cada ano, um percentual é aplicado na remuneração do professor, para se chegar aos 100%.

Líder do governo na Casa de Leis, o deputado Barbosinha (DEM), defende que as mudanças fará com que o governo economize até R$ 130 milhões por ano e estimule concurso para profissionais da área.

 

0008 el guapo 710

Fonte: Mídia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
16/07/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 257916/07/2019 - POLÍTICA - Bolsonaro participa de reunião do Conselho de Governo16/07/2019 - ESTADO - Terça deve ter queda de temperatura e chuvas isoladas na maior parte de MS16/07/2019 - ESTADO - Trabalhador foge de carvoaria em MS onde foi mantido como escravo16/07/2019 - POLÍTICA - Governo vai instalar 1 mil radares em rodovias federais, diz ministro16/07/2019 - PARANAÍBA - Prefeitura e UFMS oferecem assessoria para pequenos produtores16/07/2019 - ECONOMIA - União pagou R$ 4,25 bilhões de dívidas de estados no primeiro semestre16/07/2019 - GERAL - Governo libera verba para casas atingidas por rachaduras em Maceió16/07/2019 - JUSTIÇA - Acordo entre Vale e MPT indenizará famílias de vítimas de Brumadinho16/07/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 257815/07/2019 - ESTADO - Instituída Frente em Defesa da Saúde Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio15/07/2019 - ESTADO - Flagrado pedindo propina a paciente de MS, ginecologista foi denunciado por abuso sexual em 201615/07/2019 - ECONOMIA - Inadimplência do consumidor cresce 0,9% no primeiro semestre de 201915/07/2019 - INTERNACIONAL - Irã se diz disposto a negociar se EUA retirarem sanções15/07/2019 - POLÍTICA- Câmara pode votar destaques à nova Lei de Licitações15/07/2019 - SAÚDE - Composto de planta da Mata Atlântica combate leishmaniose e Chagas15/07/2019 - ECONOMIA - Receita paga hoje restituições do 2º lote do Imposto de Renda15/07/2019 - EDUCAÇÃO - Prazo para participar da lista de espera do ProUni começa hoje15/07/2019 - PARANAÍBA - Com investimento de 2,2 milhões ponte do rio Barreiro está sendo finalizada12/07/2019 - EDUCAÇÃO - Termina hoje prazo para complementar inscrição no Fies