Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

ESTADO - Professores prometem protesto contra projeto de Reinaldo que diminui piso salarial

10 de julho de 2019

1006_1

Pontos polêmicos foram apresentados na sessão de ontem e Fetems mobiliza profissionais

Os deputados estaduais devem apreciar em 1º discussão projeto de lei encaminhado pelo governo estadual em regime de urgência em sessão desta quarta-feira (10), mudanças nas regras de professores convocados, como por exemplo, alteração no piso salarial. Mas a proposta não será votada tão facilmente, já que está prevista manifestação por parte dos profissionais, na Casa de Leis.

A Fetems (Federação de Trabalhadores da Educação) mobilizou manifestação a partir das 9h no plenário da Assembleia Legislativa. O projeto chegou na Casa de Leis na última sexta-feira (5), com alguns pontos que não foram discutidos entre o governo e a Fetems.

A federação se reuniu ontem (9) com os parlamentares para pedir que a proposta fosse votada na próxima semana. Com esse tempo, os pontos mais polêmicos seriam debatidos pelo presidente da Fetems, Jaime Teixeira.

Um dos assuntos mais polêmicos é a redução do salário dos convocados. Apesar do projeto enviado pelo governo não ter o índice de diminuição salarial, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) acredita que se aprovado, o salário dos profissionais deve cair até 30%.

A retração salarial será enviada por decreto pelo governo. Outro ponto polêmico é a prorrogação da discussão salarial para chegar a 100% do piso nacional da categoria. Está prevista para 2022 o cumprimento total e a ideia é fazer com que as negociações só terminem em 2025 – a cada ano, um percentual é aplicado na remuneração do professor, para se chegar aos 100%.

Líder do governo na Casa de Leis, o deputado Barbosinha (DEM), defende que as mudanças fará com que o governo economize até R$ 130 milhões por ano e estimule concurso para profissionais da área.

 

0008 el guapo 710

Fonte: Mídia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
21/02/2020 - ESTADO - Heleno sugere a Bolsonaro colocar povo na rua para enfrentar “chantagem” do Congresso21/02/2020 - ESTADO - Laudo da Sesau confirma água contaminada e Detran-MS responde a processo sanitário21/02/2020 - ESTADO - O Democratas Estadual de MS e o Diretório Municipal de Dourados realizam encontro de lideranças21/02/2020 - ESTADO - PRF apreende R$ 300 mil em mercadorias contrabandeadas na BR-16321/02/2020 - ESTADO - AGENDONA: Confira o que vai rolar em Campo Grande no Carnaval 202021/02/2020 - ESTADO - Sexta-feira de calor e chuva de verão em Mato Grosso do Sul21/02/2020 - ESTADO - Que tal uma prainha neste Carnaval? Descubra a beleza das praias de água doce de MS21/02/2020 - ESTADO - Carnaval: saiba como ficam os serviços públicos no feriado21/02/2020 - ESTADO - Dicas para aproveitar o carnaval de maneira saudável21/02/2020 - ESTADO - Milagres do Carnaval é tema de campanha deste ano do Detran-MS21/02/2020 - ESTADO - Operação Carnaval: evite voltar para casa a pé; DOF dá dicas de segurança20/02/2020 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 265420/02/2020 - NACIONAL - Maia rebate ministro Augusto Heleno sobre críticas ao Congresso20/02/2020 - ESTADO - Contra ICMS de Reinaldo, MBL prepara carreata para sexta em Campo Grande20/02/2020 - ESTADO - MPMS proíbe associação de municípios de gastar com parentes de prefeitos 20/02/2020 - ESTADO - Após impasse, Detran-MS contrata empresa de segurança por R$ 3,2 milhões20/02/2020 - ESTADO - Reinaldo Azambuja tira R$ 7,8 milhões de hospitais em Três Lagoas e Dourados para o HRMS20/02/2020 - ESTADO - G11 indica deputados e CCJR é formada 15 dias após volta da Assembleia20/02/2020 - ESTADO - Fora da CCJR, Catan cita ‘quebra de compromisso’ e deixa G11 da Assembleia20/02/2020 - ESTADO - Marun discute segurança na fronteira de MS com autoridades e administração de Itaipu