Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ESTADO - Governador sanciona lei que proíbe canudos de plástico no comércio em MS

18 de julho de 2019

Estabelecimentos devem trocar plástico por canudos comestíveis ou biodegradáveis

Três semanas após aprovação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, a lei que proíbe o fornecimento de canudos plásticos foi sancionada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). A lei foi publicada nesta quinta-feira (18) em Diário Oficial e passa a valer em 30 dias.

Fica proibido em todo o estado o fornecimento de canudos de plástico aos clientes de hotéis, restaurantes, bares, padarias, conveniências, clubes noturnos, salões de dança e eventos musicais.

Os canudos de plástico devem ser substituídos por material comestível ou biodegradável. Os comerciantes têm o prazo de 12 meses para substituir os canudos e a lei começa a valer dentro de 30 dias. A fiscalização e a aplicação serão realizadas pelos órgãos competentes.

O governador vetou um artigo da lei proposta pelo deputado Pedro Kemp (PT), que dispõe sobre penalidades para quem não cumprir a lei. Inicialmente, o projeto de lei previa advertência, multa e suspensão de licença de funcionamento em caso de descumprimento.

O governador considera que já existe uma Lei Federal que tipifica como crime a poluição de qualquer natureza. Também há uma Lei Estadual que estabelece infrações e penalidades pelo descumprimento das normas ambientais estaduais, o que já possibilita infração e penalidade.

14 votos a 3
O projeto de lei foi votado e aprovado na Assembleia no dia 27 de junho. Foram 14 votos a favor e três contrários. Durante o debate, o deputado Pedro Kemp (PT), autor do projeto, informou que a proposta foi inspirada em leis vigentes em outros estados do país e que tem como objetivo preservar o meio ambiente. “O projeto não saiu da minha cabeça. As pessoas me questionam por que não proibir sacos plásticos, mas o objetivo é promover educação ambiental”, discursou.

A proibição não incomodou donos de lanchonetes e clientes da Capital. Para a maioria, a conservação do meio ambiente está em primeiro lugar. Ainda assim, há quem reclame da dificuldade para tomar um milkshake, por exemplo, sem o canudo.

Já entre as pessoas com deficiência, a mudança pode trazer desconforto, já que pode impactar a rotina de quem precisa do canudo para beber líquidos. A jornalista e ativista dos direitos da pessoa com deficiência, Sarah Santos, explica que no caso de autistas, canudos feitos de outros materiais, como o acrílico podem causar náuseas.

“[No caso de] pessoas com paralisia, elas babam muito e não dá para usar o canudo de papel. Pode existir uma alternativa sustentável para cada pessoa com deficiência, mas a nossa briga é por não terem nos inserido na narrativa deste projeto. Por não terem considerado que existe uma parcela da população que utilizam os canudos de plástico por necessidade, não luxo”, diz.

 

 

Fonte: Mídia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
23/08/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 259723/08/2019 - Nessa sexta-feira (23/08), em comemoração ao “Dia do Soldado”23/08/2019 - Polícia Militar prende homem por receptação de celular furtado em Paranaíba23/08/2019 - ESTADO - Governo de MS muda lei estadual e ‘recebe’ trecho de rodovia que vai privatizar23/08/2019 - ESTADO - Governo de MS altera lei e órgãos essenciais devem prestar atendimento em Libras23/08/2019 - INTERNACIONAL - Rússia envia seu primeiro robô humanoide ao espaço23/08/2019 - GERAL - Imigrantes investiram R$ 1,5 bi no Brasil em sete anos23/08/2019 - POLÍTICA - Países usam incêndios para tentar prejudicar o Brasil, diz Bolsonaro22/08/2019 - EDITAL DA ESCOLA ESTADUAL MANOEL GARCIA LEAL22/08/2019 - INTERNACIONAL - EUA querem saída de Maduro e Juan Guaidó diz que regime se contradiz22/08/2019 - ECONOMIA - Privatização da Eletrobras não prevê "ação de ouro", diz ministro22/08/2019 - LICENÇA AMBIENTAL DIESELBRAS 22/08/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 259422/08/2019 - ESTADO - Projetos do MS serão apresentados no Fórum Nacional de Habitação em Foz do Iguaçu22/08/2019 - GERAL - Traficante tenta esconder droga em tanque de combustível de caminhão, mas acaba preso22/08/2019 - PARANAÍBA - Vacina BCG passa por adequação em Paranaíba22/08/2019 - GERAL - Vereadores de BH aprovam pedido de indiciamento da Vale em CPI22/08/2019 - POLÍTICA - Câmara aprova projeto que amplia posse de arma em propriedade rural21/08/2019 - Paranaíba - “Operação Bairro Seguro”21/08/2019 - Polícia Militar e profissionais integrantes da “Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica” realizam blitz alusiva à campanha “Agosto Lilás” em Paranaíba