Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

ESTADO - STF dá 10 dias para deputados e Reinaldo falarem sobre redução no salário de professores

09 de agosto de 2019

Fetems entrou com uma ADIN contra lei apresentada pelo governo e aprovada pelos deputados

O STF (Supremo Tribunal Federal) deu prazo de 10 dias para o Governo de Mato Grosso do Sul e a Assembleia Legislativa se manifestarem sobre a ação, movida pela Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação Pública de MS), contra a lei que diminuiu o salário dos professores contratados.

De praxe, a medida antecede o julgamento, por parte do Supremo, da ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) apresentada pela Federação. As duas instituições são citadas porque o projeto partiu do Estado e a aprovação dele ocorreu no Legislativo estadual.

A ação é contra a Lei Complementar nº 266/2019, aprovada em julho, e questiona o artigo 17-B, que trata da remuneração a ser paga para o professor convocado, aquele que não passa por concurso público. Os professores pediam urgência no julgamento, mas o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, concluiu que o caso ‘não se enquadra na previsão do artigo 13’, que trata de situações que são de competência do presidente o julgamento de questões urgentes nos períodos de recesso ou férias.

Na Assembleia Legislativa, a proposta recebeu 14 votos favoráveis e 7 contrários. A medida também alonga o reajuste dos professores concursados de 2022 para 2025. A lei foi sancionada no dia seguinte à aprovação e os convocados passarão a receber 32,5% a menos que quem passou por concorrência pública.

 

Fonte: Midia max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
02/07/2020 - ESTADO - Linhas de crédito emergenciais devem beneficiar 3 mil pequenos empresários de MS02/07/2020 - ESTADO - MS completa cinco meses de ações contra a crise do novo coronavírus02/07/2020 - ESTADO - MS completa cinco meses de ações contra a crise do novo coronavírus02/07/2020 - CORONAVÍRUS - Brasil registra 1.057 mortes por coronavírus em 24h; total de óbitos vai a 60.71302/07/2020 - ELEIÇÕES - Adiamento da eleição demonstra capacidade de ‘diálogo institucional’, diz Barroso01/07/2020 - POLÍCIA - ‘Só chorei a noite toda’, diz mãe de jovem sequestrada01/07/2020 - CORONAVÍRUS - Em novo recorde, MS tem 711 positivos em 24 horas e atinge 86 mortes por coronavírus01/07/2020 - POLÍCIA - Dançarino é condenado por 4 estupros e chegou a ter filho com uma das vítimas01/07/2020 - ESTADO - Em MS, pai que tentou ‘devolver’ filho afetivo, terá que continuar sendo pai01/07/2020 - POLÍCIA - Mulher é encontrada morta seminua em matagal e polícia procura por assassino01/07/2020 - POLÍCIA - Idoso morre soterrado a três metros de profundidade durante escavação de fossa01/07/2020 - ESTADO - Mil cestas básicas começam a ser entregues às famílias cadastradas pelo MPE que trabalham com reciclagem 01/07/2020 - DETRAN - Julho é mês de licenciar veículos com placas finais 5 e 601/07/2020 - ESTADO - Nova frente fria derruba temperaturas na primeira semana de julho30/06/2020 - PARANAÍBA – Bioquímico tira dúvidas sobre testes rápidos do Covid-1930/06/2020 - PARANAÍBA – Comércio fica liberado nos finais de semana30/06/2020 - EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA APAE DE PARANAÍBA30/06/2020 - ENTRETENIMENTO - Lives de terça têm Sandra de Sá, Gabeu, Porchat, Teresa Cristina e mais 30/06/2020 - POLÍCIA - Mãe é presa por organizar festa de aniversário clandestina e oferecer bebidas a adolescentes30/06/2020 - POLÍCIA - Acusada de traição, mulher é espancada e ameaçada de morte pelo ex