Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

Estado - MS é o sexto do país com menor número de mortes violentas intencionais

11 de setembro de 2019

 

Campo Grande (MS) – Dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta terça-feira (10.9), apontam que Mato Grosso do Sul está entre os estados da Federação que apresentam queda nos índices referentes aos crimes violentos letais intencionais (homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte) no ano de 2018. Conforme as estatísticas divulgadas o Estado registrou 483 mortes violentas, o que representa uma queda de 15,4% em relação a 2017.

Os números publicados validam as estáticas já publicadas pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) em janeiro de 2019, apontando uma redução de 16,4% em relação ao número de vítimas e ocorrências de homicídios dolosos.  Já em relação às ocorrências de lesão corporal seguida de morte, os índices apontam uma redução ainda maior, de 37,2. No caso dos latrocínios – roubo seguido de morte -, apresentaram queda de 3%.

Ao comentar a pesquisa, o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, avalia os bons índices obtidos como resultados das ações das instituições policiais, desenvolvidas diuturnamente por profissionais comprometidos em proporcionar uma maior sensação de segurança para o povo sul-mato-grossense. “São dados bastante positivos para o Estado que tem como uma das principais prioridades da atual administração a área segurança pública, que recebeu recentemente mais de R$ 130 milhões de investimentos, além da valorização profissional. Mesmo diante da crise financeira de todo o Brasil, aqui temos os salários pagos em dia e as promoções sendo realizadas”, disse o secretário.

Quando o assunto é resolução de crimes, Mato Grosso do Sul é o Estado que mais elucida homicídios no Brasil, definindo a sua autoria, materialidade e prisão do envolvido. O índice é superior a 73% e se iguala à taxa de resolução dos órgãos de segurança dos países de primeiro mundo, conforme pesquisa do Instituto Sou da Paz.

Segundo levantamento da Polícia Civil em relação ao ano de 2018, por exemplo, dos crimes contra à vida, entre eles está o feminicídio com 100% dos casos esclarecidos.  Na sequência os latrocínios, que chega à casa dos 75% e os homicídios com mais 70%. Para se ter uma ideia dos 79 municípios que compõem o Estado, 23 solucionaram todos os casos, ou seja, chegaram a 100%.

Já outros 17 estão com mais de 60% desse tipo de crime elucidado, entre elas às cidades mais populosas de MS como Três Lagoas (94,1%), Dourados (71,7%), Campo Grande (65%) e Corumbá (62,1%). É importante destacar que o percentual pode crescer ainda mais no decorrer do ano, visto que se um caso ocorrido no ano passado seja solucionado no decorrer de 2019, ele fica computado de acordo com a data da ocorrência.

Fonte: Portal do MS


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
18/09/2019 - GERAL - Funcionários dos Correios suspendem greve18/09/2019 - ECONOMIA - ANP diz que está atenta a cobranças abusivas de combustíveis18/09/2019 - EDUCAÇÃO - Parceria com Suécia estimula participação de meninas na área de exatas18/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260218/09/2019 - Estado - Detran-MS explica sobre as novas regras para obter a Autorização para Conduzir Ciclomotor18/09/2019 - Estado - Depois de calor recorde, estiagem pode bater média histórica dos últimos dez anos em MS18/09/2019 - Estado - Governo Presente desembarca na região Norte nesta quinta18/09/2019 - Estado - Bancada federal de MS quer destravar investimentos para implantação da Rota Bioceânica 17/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260117/09/2019 - “Precisamos desjudicializar e os Cartórios são a solução para isso”, defende senadora Soraya Thronicke.17/09/2019 - POLÍTICA - Governo reduz tarifa de importação de equipamentos médicos17/09/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260017/09/2019 - Estado - Incêndio em Refúgio Caiman começa a diminuir após seis dias17/09/2019 - Estado - Delcídio está pronto para disputar, diz Roberto Jeferson sobre candidatura em Campo Grande17/09/2019 - Estado - Campo Grande adia licitação e vai prorrogar contratos de R$ 44 milhões do tapa-buraco17/09/2019 - Estado - BID quer firmar novas parcerias com Mato Grosso do Sul17/09/2019 - Estado - Semana Nacional de Trânsito terá simuladores de embriaguez e impacto no Estado17/09/2019 - Estado - Atendimento aos migrantes fica mais ágil com sistema desenvolvido por servidores16/09/2019 - INTERNACIONAL - Ataques na Arábia Saudita provocam alta nos preços do petróleo16/09/2019 - Deputado João Henrique participa de Caminhada da Inclusão