Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

POLÍTICA - Senado aprova PEC que prorroga prazo de quitação de precatórios

10 de outubro de 2019

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (9) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 95/2019, que prorroga até 2028 o prazo para estados, Distrito Federal e municípios quitarem seus precatórios dentro de um regime especial de pagamento. Atualmente, o prazo previsto é até 2024. Aprovada em dois turnos na Casa, a matéria segue para análise da Câmara dos Deputados.

Um acordo entre as lideranças garantiu que a PEC não precisasse cumprir todos os prazos regimentais. O plenário aprovou a proposta, de forma unânime, com 56 votos favoráveis em primeiro turno e com 55 em segundo. A proposta, que busca aliviar a situação econômica desses entes federados, foi aprovada ontem (8) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e enviada em regime de urgência para o Plenário. A medida faz parte das medidas do novo pacto federativo, destinado a socorrer as finanças de estados e municípios.

O texto prevê que o pagador lance mão de depósitos judiciais sem que sejam usados previamente recursos ordinários do orçamento e admite também o uso de recursos próprios para a quitação dos débitos de precatórios.

Além de excluir do texto os precatórios de pessoas físicas - cuja natureza é alimentar - e tirar o engessamento do teto de gastos previstos na lei que trata do Plano de Auxílio aos Estados e ao Distrito Federal, a proposta excluiu do limite de despesas o pagamento de precatórios também quando feito com recursos extraordinários obtidos com saques de depósitos judiciais.

Na prática, o limite para os estados é um teto para o crescimento das despesas primárias correntes à taxa de inflação medida pela variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) por dois exercícios financeiros. Quando não cumprido o limite, os estados enfrentam sanções, como a revogação do prazo adicional de pagamento de dívidas junto à União.

 

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
16/10/2019 - GERAL - Petrobras retira mais de 200 toneladas de resíduo oleoso de praias16/10/2019 - Estado - Bancada federal de MS define onde serão aplicados os R$ 247,6 milhões em emendas para 202016/10/2019 - GERAL - Operação aplicou quase R$ 100 milhões em multas na Amazônia16/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261416/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261216/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261016/10/2019 - Estado - Concurso da UEMS: Inscrições vão até 25 de outubro16/10/2019 - Estado - Projetos de alunos de escolas estaduais conquistam prêmios em feiras de ciência e tecnologia16/10/2019 - Estado - Emprego: Funtrab oferta 169 vagas para diversos níveis de escolaridade na Capital16/10/2019 - Estado - Outubro Rosa 2019 tem foco na prevenção15/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261115/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260715/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261315/10/2019 - Estado - Primavera é estação com maior incidência de tempestades; Confira dicas da Defesa Civil para ocorrências15/10/2019 - Estado - Iagro define calendário de vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso do Sul15/10/2019 - Estado - Produtores rurais devem atualizar cadastro da agropecuária e de estoque de animais15/10/2019 - Estado - Dia começa fresco, mas calor chega aos 38°C durante a tarde15/10/2019 - Estado - Proler aposta em troca de experiências e projetos positivos para debater incentivo à leitura na infância14/10/2019 - POLÍTICA - Supremo retoma discussão sobre possíveis candidaturas sem partido14/10/2019 - INTERNACIONAL - Tufão Hagibis causa dezenas de mortes no Japão