Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

POLÍTICA - Supremo retoma discussão sobre possíveis candidaturas sem partido

14 de outubro de 2019

Dois anos após ter discutido o tema em plenário, o Supremo Tribunal Federal (STF) volta a colocar em pauta a possibilidade de autorizar candidaturas independentes, ou seja, sem a necessidade de filiação a um partido. Agora, o assunto será debatido por meio de uma audiência pública.

A audiência foi marcada para 9 de dezembro pelo ministro Luís Roberto Barroso, relator do recurso de um postulante a prefeito do Rio de Janeiro que teve sua candidatura negada pela Justiça Eleitoral nas eleições de 2016. Especialistas e entidades podem procurar o Supremo e se inscrever até 1º de novembro para participar como expositores.

O caso foi discutido em plenário em outubro de 2017, quando os ministros aprovaram a repercussão geral do assunto. A decisão abriu uma brecha para que o Supremo possa considerar constitucional as candidaturas sem partido, estabelecendo uma tese que autorize os tribunais eleitorais a deferirem os registros de candidatura.

A questão de fundo está em saber se o STF pode interpretar a Constituição, que prevê a filiação partidária como condição para a elegibilidade, de acordo com convenções internacionais das quais o Brasil é signatário, como o Pacto de San José da Costa Rica, que não prevê a necessidade de filiação partidária para o pleno exercício de direitos políticos.

Com pareceres jurídicos contrários às candidaturas avulsas emitidos pelo Tribunal Superior Eleitoral, o assunto ficou fora da pauta do Supremo em 2018, ano de eleições majoritárias, mas volta agora aos holofotes a tempo para o registro de candidaturas para as eleições municipais de 2020, cujo prazo deve ser aberto em junho do ano que vem.

Entre os tópicos a serem debatidos, Barroso elencou: os aspectos positivos e negativos da adoção de candidaturas avulsas; os impactos da adoção de tais candidaturas sobre o princípio da igualdade de chances, sobre o sistema partidário e sobre o regime democrático; as dificuldades práticas, normativas, políticas ou de qualquer outra ordem relacionadas à implementação das candidaturas avulsas.

“Tais questões extrapolam os limites do estritamente jurídico, demandando conhecimento interdisciplinar a respeito de aspectos políticos, eleitorais e administrativos relacionados à matéria”, escreveu Barroso no despacho em que marcou a audiência pública.

Apesar do assunto receber o impulso de Barroso no Supremo, qualquer decisão sobre o tema depende de que o caso seja incluído na pauta de julgamentos do plenário, o que não tem previsão para acontecer. A agenda de discussão é organizada pelo presidente do Supremo, atualmente o ministro Dias Toffoli.

O debate em plenário de um recurso sobre candidaturas avulsas não tem a simpatia de todos os ministros do Supremo. Quando o assunto foi levado a julgamento pela primeira vez, em 2017, quatro ministros votaram contra o pleno analisar o tema por essa via: Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello.

 

Fonte: Agência Brasil


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
26/05/2020 - EDITAL DE PROCLAMAS N°268226/05/2020 - COVID-19 - Saúde informa 18º óbito por coronavírus em Mato Grosso do Sul26/05/2020 - POLICIAL - Mulher denuncia família que a maltrata e obriga a morar em banheiro26/05/2020 - ESTADO - Prefeitos de cidades ‘teimosas’ resistem a lockdown que Governo de MS estuda para frear surtos de coronavírus26/05/2020 - POLICIAL - Quadrilha presa com 3,4 toneladas de maconha usava oficina como depósito26/05/2020 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 268026/05/2020 - POLICIAL - Como o namoro de 2 anos levou Katiuce à morte com 18 facadas26/05/2020 - POLICIAL - Dois são presos quando tentavam jogar drogas e celulares para dentro de presídio25/05/2020 - PARANAÍBA - Adolescente foge após ser flagrado invadindo residência no jardim Primavera25/05/2020 - PARANAÍBA – Jovem de 20 anos faz festa com som alto e convidados e é levada para delegacia25/05/2020 - PARANAÍBA – Mulher volta de viagem e descobre que casa foi invadida e que a TV foi levada25/05/2020 - PARANAÍBA - PARANAÍBA – Mulher se nega a praticar relações sexuais com namorado e acaba sendo agredida25/05/2020 - POLICIAL - Mulher é submetida a quase uma hora de agressões e ameaças de morte pelo ex-marido25/05/2020 - POLICIAL - Mulher é presa por matar o sobrinho com tiro na cabeça após ele ameaçar a avó25/05/2020 - ESTADO - Em novo recorde, MS tem mais 99 doentes em 24 horas e atinge 1023 casos de coronavírus25/05/2020 - ESTADO - Com 5ª maior incidência de coronavírus do Brasil, MS terá lockdown severo em cidades ‘teimosas’25/05/2020 - EDITAL DE PROCLAMAS N°268125/05/2020 - EDITAL DE PROCLAMAS N°267825/05/2020 - PARANAÍBA – Homem baleado por “Boi” apresenta melhora e já respira sem ajuda de aparelhos25/05/2020 - PARANAÍBA - Secretário de finanças destaca queda na arrecadação no Município