Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

Estado - Corrêa promete providências contra Trutis: ‘pessoa mal educada não tem resposta’

06 de novembro de 2019

 

“Pessoa mal educada não tem resposta”. É com essa frase que o deputado estadual e presidente da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), Paulo Corrêa (PSDB), inicia seu posicionamento contra as críticas mal digeridas feitas pelo deputado federal Loester Trutis (PSL), que chamou os parlamentares da Casa de bunda moles.

As críticas foram feitas após a ALMS não abrir CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar possíveis irregularidades cometidas pela concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica no Estado, a Energisa.

“O Trutis quer polemizar. A carapuça não serviu, mas ele se refere a Assembleia, então tomaremos providências judiciais cabíveis, até o fim”, diz Corrêa, sem adiantar quais serão as medidas. “Quando estiverem prontas vamos oficializar e anunciar. Pode ser na esfera criminal, cível ou denúncia na Comissão de Ética da Câmara Federal”.

O chefe do Legislativo sul-mato-grossense ainda reclama da postura tomada por Trutis desde que assumiu o cargo de deputado federal. Recentemente ele também se envolveu em confusão com vereadores de Campo Grande, trocando farpas mais especificamente com o vereador Delegado Wellington (PSDB), tudo à distância, pela internet.

“Isso não resolve nada. A gente se dá ao respeito para merecer respeito. A cobrança tem que ser uma crítica educada”, destaca Corrêa, ao falar da forma de agir de Trutis, que gravou vídeo em frente à ALMS se referindo aos deputados como bunda moles.

Sobre uma possível pessoa que já está em Brasília (DF) para denunciar Trutis na Comissão de Ética, Corrêa diz que o ato não partiu da Assembleia. “Quando for para levar, eu faço questão de entregar em mãos”, diz, completando em seguida.

“Nós aqui trabalhamos, não sei o que ele está fazendo lá sobre a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Não vi nada de resultado nesse sentido. CPI tem que ter oito assinaturas para chegar na mesa e um fato determinado para ser aberta”.

Além disso, ele ainda diz que os deputados estão pasmos com a situação. “Eles não acharam que teria uma pessoa com tanta má educação assim”, finaliza o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. 

Fonte: Midia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
21/02/2020 - ESTADO - Heleno sugere a Bolsonaro colocar povo na rua para enfrentar “chantagem” do Congresso21/02/2020 - ESTADO - Laudo da Sesau confirma água contaminada e Detran-MS responde a processo sanitário21/02/2020 - ESTADO - O Democratas Estadual de MS e o Diretório Municipal de Dourados realizam encontro de lideranças21/02/2020 - ESTADO - PRF apreende R$ 300 mil em mercadorias contrabandeadas na BR-16321/02/2020 - ESTADO - AGENDONA: Confira o que vai rolar em Campo Grande no Carnaval 202021/02/2020 - ESTADO - Sexta-feira de calor e chuva de verão em Mato Grosso do Sul21/02/2020 - ESTADO - Que tal uma prainha neste Carnaval? Descubra a beleza das praias de água doce de MS21/02/2020 - ESTADO - Carnaval: saiba como ficam os serviços públicos no feriado21/02/2020 - ESTADO - Dicas para aproveitar o carnaval de maneira saudável21/02/2020 - ESTADO - Milagres do Carnaval é tema de campanha deste ano do Detran-MS21/02/2020 - ESTADO - Operação Carnaval: evite voltar para casa a pé; DOF dá dicas de segurança20/02/2020 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 265420/02/2020 - NACIONAL - Maia rebate ministro Augusto Heleno sobre críticas ao Congresso20/02/2020 - ESTADO - Contra ICMS de Reinaldo, MBL prepara carreata para sexta em Campo Grande20/02/2020 - ESTADO - MPMS proíbe associação de municípios de gastar com parentes de prefeitos 20/02/2020 - ESTADO - Após impasse, Detran-MS contrata empresa de segurança por R$ 3,2 milhões20/02/2020 - ESTADO - Reinaldo Azambuja tira R$ 7,8 milhões de hospitais em Três Lagoas e Dourados para o HRMS20/02/2020 - ESTADO - G11 indica deputados e CCJR é formada 15 dias após volta da Assembleia20/02/2020 - ESTADO - Fora da CCJR, Catan cita ‘quebra de compromisso’ e deixa G11 da Assembleia20/02/2020 - ESTADO - Marun discute segurança na fronteira de MS com autoridades e administração de Itaipu