Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ESPORTE - Cruzeiro perde para o Vasco em São Januário e se afunda na zona de rebaixamento

03 de dezembro de 2019

 

A tentativa do Cruzeiro de escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro se tornou mais complicada nesta segunda-feira. Em São Januário, na conclusão da 36ª rodada, perdeu por 1 a 0 para o Vasco, que marcou com Guarín logo nos minutos iniciais. Assim, o time mineiro não depende mais das suas forças para evitar a queda.

A derrota manteve o Cruzeiro com 36 pontos, na 17ª colocação, a dois do Ceará, o primeiro clube fora da zona de rebaixamento. Como Avaí e Chapecoense já caíram, as duas quedas restantes estão entre o clube mineiro, o cearense e o CSA, que está com 32 e chances remotas de escapar da degola.

O Cruzeiro voltará a jogar na quinta-feira, quando vai visitar o Grêmio. Já no domingo, encerrará a sua participação no Brasileirão contra o Palmeiras, no Mineirão. Mas corre o risco de cair ainda no meio de semana.

A vitória levou o Vasco aos 47 pontos, em 12º lugar, próximo da classificação à Copa Sul-Americana de 2020. Nas rodadas finais, o time visitará o Bahia, na Fonte Nova, e receberá a Chapecoense, domingo.

O JOGO – Com São Januário lotado pelo seu torcedor, o Vasco não se importou com a tensão do Cruzeiro, que estreou o técnico Adilson Batista. Ainda que o início da partida tenha sido marcada por alguns lances ríspidos, logo se impôs e abriu o placar na sua primeira oportunidade. Foi aos nove minutos, quando Andrey, a surpresa na escalação do técnico Vanderlei Luxemburgo, arrancou em contra-ataque e rolou Guarín, que chutou forte e rasteiro da grande área, fazendo 1 a 0.

O Vasco tinha a partida sob controle e a sua situação poderia ter ficando ainda melhor quando o árbitro Wilton Pereira Sampaio marcou pênalti para a equipe carioca após disputa de Marrrony com Cacá. Mas quando Pikachu já estava preparado para executar a cobrança, o lance foi revisado no VAR, com o pênalti sendo cancelado.

O alívio parece ter dado um respiro ao Cruzeiro, que, mesmo desorganizado, cresceu no fim do primeiro tempo e teve duas oportunidades para empatar o jogo. Na primeira delas, aos 34 minutos, Joel não conseguiu completar para as redes um chute cruzado de Ederson. Já aos 40, Ariel Cabral cabeceou com perigo e para fora após cobrança de escanteio de Egídio.

A reação no fim do primeiro tempo não evitou que Adílson mudasse o time após o intervalo, com as entradas de Fred e Marquinhos Gabriel nos lugares de Ederson e Joel. Só que o time seguiu tendo dificuldades, tomando decisões erradas, pelo nervosismo dos seus jogadores.

O Cruzeiro, eventualmente, conseguia chegar com perigo, como em um cabeceio de Fred defendido por Fernando Miguel aos 14 minutos, e em uma perigosa cobrança de falta de Egídio aos 20.

Para isso, também pesava a queda de rendimento do Vasco, especialmente na marcação do seu meio-campo, que dava mais espaços, embora, quando tinha a posse de bola, Guarín distribuía o jogo com qualidade, o que rendia chances eventuais. Só que o recuo do time da casa rendeu pressão do time mineiro nos minutos finais.

Na melhor chance, aos 40, Fred recebeu na área, girou deu passe para Marquinhos Gabriel, que chutou mal e cruzado. Ezequiel ainda se jogou na direção da bola para tentar desviá-la, mas não teve êxito. Assim, o Cruzeiro se afundou na zona de rebaixamento do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 x 0 CRUZEIRO

VASCO – Fernando Miguel; Yago Pikachu, Henríquez, Leandro Castan e Henrique; Richard (Fellipe Bastos), Guarín e Andrey; Rossi, Ribamar (Tiago Reis) e Marrony (Bruno Gomes). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CRUZEIRO – Fábio; Orejuela, Cacá, Léo e Egídio; Henrique, Ederson (Marquinhos Gabriel) e Ariel Cabral; Pedro Rocha (Ezequiel), Joel (Fred) e David. Técnico: Adilson Batista.

GOL – Guarín, aos nove minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO).

CARTÕES AMARELOS – Richard, Ederson, Rossi, Guarín, Marquinhos Gabriel e Fred.

RENDA – R$ 567.032,00.

PÚBLICO – 19.314 pagantes (19.796 presentes).

LOCAL – São Januário, no Rio (RJ).

Fonte: Midia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
13/12/2019 - ESTADO - Indígena é preso após polícia flagrar plantação de maconha em aldeia13/12/2019 - ESTADO - Justiça Federal vai decidir destino de empresário ligado a esquema de milícia13/12/2019 - ESTADO - Aprovada: confira o que muda na aposentadoria dos servidores com a PEC de Reinaldo13/12/2019 - ESTADO - IFMS oferece 670 vagas em cursos gratuitos de Inglês, Espanhol e Libras13/12/2019 - NACIONAL - Filha de Lula é nomeada em gabinete no Senado13/12/2019 - NACIONAL - Bolsonaro: coloco no ‘pau de arara’ ministros que se envolverem em corrupção12/12/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 263311/12/2019 - ESTADO - LOA de 2020 é aprovada pelos deputados de MS com 136 emendas11/12/2019 - ESTADO - Operação Vila Brasil: Gaeco cumpre mandados para investigar peculato e fraude em MS11/12/2019 - FAMOSOS - Claudia Rodrigues manda recado para fãs e desmente boatos de morte11/12/2019 - ESTADO - Confira mudanças na previdência de MS após PEC aprovada com nova emenda11/12/2019 - NACIONAL - Com abertura do mercado, algum efeito colateral acontece no Brasil, diz Bolsonaro11/12/2019 - NACIONAL - MEC amplia carga horária EAD de cursos superiores presenciais para até 40%10/12/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 263510/12/2019 - ESTADO - Com máxima de 32°C chuvas continuam nesta terça-feira em MS10/12/2019 - ESTADO - Leilão da MS-306 mostra confiança do capital privado no Estado, destaca Reinaldo Azambuja10/12/2019 - ESTADO - Alerta de tempestade é emitido para 58 cidades de Mato Grosso do Sul09/12/2019 - ESTADO - R$ 152 milhões: Justiça mantém investigação da Polícia Federal sobre propina no Detran-MS09/12/2019 - ESTADO - Muitas serão acatadas, adianta Reinaldo sobre emendas à PEC da Previdência09/12/2019 - ESTADO - Médica que não comparecia a plantões no HU de Dourados terá que devolver R$ 77,5 mil