Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

ESTADO - Aprovada: confira o que muda na aposentadoria dos servidores com a PEC de Reinaldo

13 de dezembro de 2019

 

A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) apresentada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) que trata da reforma da previdência dos servidores estaduais foi aprovada em segunda votação na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (12). Por 20 votos favoráveis e 2 contrários, a proposta segue para ser sancionada apenas 16 dias depois de ter sido protocolada na Casa. Não houve manifestação de servidores durante a votação. (Confira abaixo as principais mudanças na previdência).

Após a aprovação, o deputado Lídio Lopes (Patriota) destacou a tranquilidade na aprovação. “Pela primeira vez, em se tratando de servidores, [aprovamos] com muita tranquilidade pra tramitar e votar”. O texto agora segue para ser sancionado pelo governo.

Pedro Kemp (PT) e Cabo Almi (PT) foram os parlamentares que votaram contra a proposta. Não votaram Paulo Corrêa (PSDB), por ser o presidente da Casa e o deputado João Henrique Catan (PL), que está de licença por ter se casado na quinta-feira (11).

Kemp usou a tribuna para ressaltar que a PEC gera insegurança jurídica no Estado. “Antes da votação da PEC, deveriam ter sido encaminhadas pelo Governo medidas para diminuir as despesas correntes. A proposta, do jeito, que está, gera alto grau de insegurança jurídica. Vários itens ficam abertos para serem definidos por lei ordinária ou complementar posterior. E para aprovar esse tipo de lei, basta ter maioria simples”, pontuou.

“Foi uma tramitação antidemocrática. Não teve audiência pública, consulta técnica, da Ageprev, não foi disponibilizada a metodologia usada nos cálculos de impacto financeiro e orçamentário para apresentar essa proposta”, criticou o petista.

Gerson Claro (PP) defendeu que não é preciso ser especialista para ver que é preciso mudar o sistema previdenciário. “Basta apenas a assistir televisão. França, Chile, Grécia e Espanha quebraram. O Brasil passou por reformas em 1988 e em 2003. O Governo do PT também fez reforma. Basta olhar o Rio de Janeiro. A verdade é que o Estado fica e que vai precisar da aposentadoria daqui a 50 anos. Nós vamos ficar na História de Mato Grosso do Sul”, declarou.

Mudanças

A PEC (Proposta de Emenda Constitucional) n.º 07/2019 alterando a previdência dos servidores de Mato Grosso do Sul recebeu uma emenda que aglutinou 19 das modificações sugeridas por deputados estaduais a uma aditiva criando apenas uma modificação no projeto original.

As alterações incluídas tratam de ‘erros de redação’ no projeto enviado pelo Governo, garantem benefícios como a aposentadoria compulsória já a partir dos 70 anos como ocorre atualmente, ao invés de apenas aos 75 propostos pelo Executivo, asseguram que os recursos da previdência não serão utilizados para outros fins, dentre outros. Confira as modificações feitas ao texto original.

Fonte: Midia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
24/01/2020 - ESTADO - Hospital Regional de Cirurgias amplia número de atendimentos para municípios da Grande Dourados24/01/2020 - ESTADO - Hospital Regional de Cirurgias amplia número de atendimentos para municípios da Grande Dourados24/01/2020 - ESTADO - Hospital Regional de Cirurgias amplia número de atendimentos para municípios da Grande Dourados24/01/2020 - ESTADO - Sedhast vai capacitar novos conselheiros tutelares de MS; inscrição já pode ser realizada24/01/2020 - ESTADO - Monitoramento eletrônico de tornozeleira do MS é referência nacional24/01/2020 - ESTADO - Inscrições abertas: UEMS oferta 2.163 vagas no Sisu 202024/01/2020 - ESTADO - Sexta-feira de sol entre nuvens e máxima de 34°C24/01/2020 - ESTADO - Refis: faça sua adesão e tenha até 95% de desconto sobre juros e multas23/01/2020 - ESTADO - Elucidado assassinato de Ingredi com relato de ações de terror e crueldade23/01/2020 - INTERNACIONAL - Após fuga em massa de membros do PCC, novo diretor é nomeado para presídio23/01/2020 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 264523/01/2020 - ESTADO - Casal organiza festa pelo Whats e acaba preso por fornecer bebidas a menina de 13 anos23/01/2020 - ESTADO - Sisu: Medicina na UFMS de Três Lagoas tem a maior nota de corte nas universidades do Estado23/01/2020 - PARANAÍBA - ‘Guerra’ contra o Aedes segue por avenidas do município23/01/2020 - PARANAÍBA - Empresa investirá mais de R$8 milhões em Paranaíba23/01/2020 - ESTADO - UFMS oferece 210 vagas em cursinho que prepara para vestibular e prova do Enem23/01/2020 - ESTADO - Corpo de menina de 13 anos é encontrado enterrado em lavanderia com mãos e pés amarrados em MS23/01/2020 - ESTADO - Showtec: investimento em pesquisa potencializa agronegócio e safra de soja deve superar 10 milhões de toneladas em MS23/01/2020 - ESTADO - Quinta-feira com possibilidade de chuva forte em algumas regiões do Estado23/01/2020 - ESTADO - IPVA 2020: desconto de 15% vale só até o final do mês de janeiro