Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

NACIONAL - Ministério da Saúde recomenda que viajante internacional fique em casa por 7 dias ao chegar ao Brasil

13 de março de 2020


Alerta vale também para os que não têm sintomas de Covid-19. Pasta orienta, também, que grandes eventos devem ser cancelados ou adiados. Veja lista completa de recomendações.

 

Ministério da Saúde recomendou, nesta sexta-feira (13), que viajantes internacionais que cheguem ao Brasil fiquem em isolamento domiciliar por 7 dias, mesmo que não tenham sintomas de Covid-19. A pasta orienta, também, que grandes eventos sejam cancelados ou adiados.

Segundo o ministério, viajantes internacionais devem procurar uma unidade de saúde se, durante esse isolamento, tiverem falta de ar (dispneia), ou febre com tosse. No caso de falta de ar, deverá ser procurada uma unidade de referência.

 

As pessoas com sintomas devem ficar em isolamento domiciliar por até 14 dias. Na quinta-feira (12), a pasta anunciou que pessoas que tiverem contato com infectados pelo vírus também poderiam ser colocadas em isolamento, conforme recomendação médica.

A possibilidade de quarentena, que é a restrição de movimento decretada oficialmente por uma autoridade, seria a última medida adotada por cada gestão local, se houver 80% de ocupação dos leitos de UTI disponíveis para a resposta ao Covid-19. Essa decisão deve ser avaliada e adaptada conforme o local.

Se as ações propostas não forem adotadas, é possível que o número de casos no país dobre a cada três dias, segundo o Ministério da Saúde. Até quinta-feira (12), o Brasil tinha 77 casos confirmados, de acordo com a pasta, mas alguns ainda não haviam entrado na contagem oficial.

 

"O objetivo não é impedir, é reduzir velocidade de transmissão para que o sistema de saúde consiga se manter ativo", explicou o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira.

 

Ele lembrou que, por conta da mudança de tempo, com a chegada do inverno na próxima semana, começará a sazonalidade de doenças respiratórias - entre elas o coronavírus. Por isso, medidas não farmacológicas - como evitar o contato entre as pessoas e lavar as mãos - deverão ser adotadas.

 

 

 

Fonte: G1


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
31/03/2020 - PARANAÍBA - Em Paranaíba, MPMS consegue liberação de recurso que vai viabilizar 10 novos leitos de UTI31/03/2020 - ESTADO - Falha no diagnóstico contribuiu para primeira morte por Covid-19 em MS, diz família31/03/2020 - ESTADO - Perda de olfato e paladar foram primeiros sintomas de Mariano31/03/2020 - NACIONAL - Sindicato pede medidas de proteção a funcionários de supermercados31/03/2020 - NACIONAL - País tem 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados31/03/2020 - ESTADO - Enfermeiros que atenderam 1ª vítima fatal por coronavírus em MS testaram positivo31/03/2020 - ESTADO - Mato Grosso do Sul tem primeiro óbito por coronavírus, 48 confirmados e monitora 38 suspeitos31/03/2020 - NACIONAL - Bolsonaro suspende aumento de preços de medicamentos31/03/2020 - NACIONAL - São Paulo tem uma morte a cada hora por coronavírus31/03/2020 - NACIONAL - Mais de 8,7 milhões de idosos já foram vacinados contra a gripe31/03/2020 - NACIONAL - Caminhoneiros receberão imunização contra a gripe em 130 postos espalhados por rodovias do país31/03/2020 - NACIONAL - Moro autoriza uso da Força Nacional pelo Ministério da Saúde31/03/2020 - INTERNACIONAL - 35% dos países da África têm mortes por Covid-19; especialistas alertam para possível 'hecatombe'31/03/2020 - NACIONAL - Saiba como proteger as crianças durante pandemia de covid-1931/03/2020 - INTERNACIONAL - ONU: números de covid-19 na Síria são apenas "o topo do iceberg"31/03/2020 - INTERNACIONAL - EUA tem mais de 3 mil mortes e 163 mil infectados por coronavírus31/03/2020 - EDITAL LICENÇA AMBIENTAL COMERCIO DE BEBIDAS E ALIMENTOS IRMÃOS SILVA LTDA30/03/2020 - PARANAÍBA - Movimento na cidade durante o dia 30/03/2020 - PARANAÍBA - Jovem é autuado por descumprir decreto municipal 30/03/2020 - ESTADO - Coronavírus: MS tem 8 novos casos confirmados, alcançando agora 44 pessoas