Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 

ESTADO - MPF recomenda a governador veto a lei que garante vaga em universidade apenas a moradores de MS

29 de junho de 2020

 

 

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambula (PSDB) na última sexta-feira (19), que vete o Projeto de Lei 311/2019, aprovado pela Assembleia Legislativa do estado na quinta (18), que reserva 10% das vagas nos cursos de graduação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) aos candidatos que morem no estado por, no mínimo, dez anos ininterruptos. Para o MPF, o projeto é inconstitucional e contrário à jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF), pois “viola direitos básicos dos cidadãos brasileiros, o princípio da igualdade e a vedação à discriminação pela procedência ou origem”. A resposta deve ser encaminhada ao MPF no prazo de dez dias.

A recomendação destaca que o projeto confere vantagem competitiva apenas em virtude da origem geográfica do aluno, benefício que alunos de outros estados não possuem. Este critério confere vantagem inclusive ao aluno do sistema privado de ensino de MS, além de discriminar entre cidadãos com mais de 10 anos de residência no estado, e, portanto, aptos às vagas reservadas, e outros com menos que esse período, para fins de ingresso na UEMS.

Em caso de não acatamento da Recomendação e sanção da lei, o procurador-geral da República deve ser acionado, já que cabe a ele pode propor ação direita de inconstitucionalidade junto ao Supremo Tribunal Federal.

Assessoria de Comunicação Social
Procuradoria da República em Mato Grosso do Sul
(67) 3312-7265 / 7283
Atendimento a jornalistas via SAJ

twitter.com/mpf_ms
www.mpf.mp.br/ms

 

Fonte: Midia Max


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
08/07/2020 - PARANAÍBA - "Marias do Agro" realizam leilão e fortalecem presença feminina no campo08/07/2020 - PARANAÍBA - Sem a tradicional Barraca do Pastelão, lar de idosos passa dificuldades08/07/2020 - PARANAÍBA - Vigilância implanta barreira sanitária na saída para Inocência08/07/2020 - PARANAÍBA - Escola Objetivo realiza lives educativas para toda a comunidade08/07/2020 - PARANAÍBA – Mulher usa avó de preso para entrar em penitenciária com cocaína08/07/2020 - POLÍCIA - Mulher denuncia e marido é preso após ser flagrado estuprando menina de 9 anos08/07/2020 - POLÍCIA - Jovem é espancada e arremessada contra carro por marido durante a madrugada08/07/2020 - ESTADO - Indiciado por corrupção pela PF, Reinaldo Azambuja é alvo de mais um pedido de impeachment07/07/2020 - PARANAÍBA - Tenente dos bombeiros fala sobre resgate de motociclista 07/07/2020 - PARANAÍBA - Dam conclui inquérito de tentativa de estupro07/07/2020 - PARANAÍBA - Produtor da raça canchim fica satisfeito com leilão07/07/2020 - PARANAÍBA - Leilão da raça canchim foi sucesso07/07/2020 - PARANAÍBA - Deputado Vander Loubet visita Município e fala sobre recursos que conseguiu para a cidade07/07/2020 - CORONAVÍRUS - Mato Grosso do Sul tem 128 mortes por coronavírus e 10.687 confirmados07/07/2020 - POLICIA - Homem é preso por matar bebê de 2 meses após descobrir que não era sua filha biológica07/07/2020 - POLÍCIA - Homem se nega a manter relações sexuais com ‘Boy’ e acaba esfaqueado na madrugada07/07/2020 - POLÍCIA - Filho ameaça a própria mãe com faca, se machuca ao fugir e termina preso em MS07/07/2020 - CORONAVÍRUS - Brasil tem 65,4 mil mortes causadas pela covid-1906/07/2020 - PARANAIBA - Prefeitura anuncia contratação de empresas para variados produtos e serviços06/07/2020 - PARANAÍBA - Homem abastece e foge sem pagar por combustível