Notícias

2003 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 

ANTT alerta para cuidados na hora de escolher transporte terrestre

28 de dezembro de 2007

Neste período de festas de fim de ano e férias, a demanda pelos transportes terrestres aumenta e com isso, muitas vezes o usuário não tem a cautela de verificar se realmente o veículo está devidamente autorizado para fazer esse tipo de transporte.

A observação é do superintendente de Serviços de Transportes de Passagens da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), José Antônio Schimidt, ao comentar o hábito de muitos usuários de viajar no chamado transporte clandestino, que geralmente não se submete à fiscalização e nem sempre transita dentro das normas de segurança.

“A Agência sempre faz um apelo para o usuário certificar-se de que o transporte no qual ele pretende viajar está devidamente cadastrado. O grau de segurança de um ônibus que faz um transporte regular é infinitamente maior do que o clandestino”, disse o superintendente, em entrevista ao programa Revista Brasil, da Radio Nacional.

Segundo Schimidt, antes dos ônibus saírem do terminal, uma equipe de fiscalização da ANTT faz uma vistoria de tudo que é obrigatório em termos de segurança, como pneus e extintor de incêndio. Nos transportes clandestinos não existe a mesma preocupação, o que não garante a segurança aos passageiros.

A agência tem um corpo de fiscais, com 250 profissionais espalhados pelo Brasil. Scimidt reconheceu que o número é insuficiente para cobrir toda a malha rodoviária, mas ele informou que a ANTT tem convênios para auxiliar na fiscalização, verificando os transportes regulares e combatendo a clandestinidade. O convênio principal é com o Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

“Ocorre que a fiscalização tem seus determinados pontos e os transportes clandestinos mudam a rota para fugir da fiscalização.”

Para o superintendente, o que leva os passageiro a escolherem os trasportes irregulares é a questão do valor cobrado, que é inferior. “Se nós fizermos uma comparação entre um transporte regular, que está sujeito a uma série de exigências legais, as vezes a tarifa cobrada é superior a um pacote feito por um veículo em que não tem esses compromissos e muitas vezes existe até sonegação.”

Os usuários de trasportes terrestres podem verificar se o veículos que vai contratar está devidamente cadastrado na ANTT, na página da Internet, www.antt.gov.br.

Fonte: Jornal Tribuna Livre Online


Comentários










Digite o código abaixo:

Trocar imagem


Essa notícia ainda não foi comentada.


« anterior [1] 2 3 4 5 6 7 8 próximo »
16/10/2019 - GERAL - Belgo Arames associa-se à ONG Panthera Brasil para preservação da onça-pintada (Panthera onca) no Pantanal16/10/2019 - Senador Nelsinho Trad já recebeu 809 solicitações de emendas para 202016/10/2019 - Senadora Soraya Thronicke é considerada a melhor parlamentar de MS16/10/2019 - GERAL - Santuário de Elefantes de MT se prepara para receber nova hóspede16/10/2019 - POLÍTICA - Indenização por desastre com barragens não é renda, define projeto16/10/2019 - GERAL - Petrobras retira mais de 200 toneladas de resíduo oleoso de praias16/10/2019 - Estado - Bancada federal de MS define onde serão aplicados os R$ 247,6 milhões em emendas para 202016/10/2019 - GERAL - Operação aplicou quase R$ 100 milhões em multas na Amazônia16/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261416/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261216/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261016/10/2019 - Estado - Concurso da UEMS: Inscrições vão até 25 de outubro16/10/2019 - Estado - Projetos de alunos de escolas estaduais conquistam prêmios em feiras de ciência e tecnologia16/10/2019 - Estado - Emprego: Funtrab oferta 169 vagas para diversos níveis de escolaridade na Capital16/10/2019 - Estado - Outubro Rosa 2019 tem foco na prevenção15/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261115/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 260715/10/2019 - EDITAL DE PROCLAMAS N° 261315/10/2019 - Estado - Primavera é estação com maior incidência de tempestades; Confira dicas da Defesa Civil para ocorrências15/10/2019 - Estado - Iagro define calendário de vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso do Sul